Mostrando postagens com marcador Curso. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Curso. Mostrar todas as postagens

domingo, 8 de março de 2020

Curso de Escrita Criativa do Sesc Belenzinho ajuda jovens para o mercado de trabalho


Projeto Empregabilidade Jovem tem cursos, oficinas e bate-papos para instrumentalizar aqueles que procuram ingressar no mercado de trabalho

A partir do dia 14 de março de 2020, o Sesc Belenzinho recebe Ricardo Lísias no curso de Escrita Criativa para Jovens. Atividade acontece até 4 de abril, aos sábados às 11h, na Sala de Oficinas III da unidade. 

A prática da escrita criativa ampliou-se ao alcançar um público que não só está em busca das relações literárias da atividade, mas, também, de desenvolver habilidades de concentração e sair dos padrões textuais, podendo dar um trato mais elaborado às produções. Partindo disso, profissionais das mais variadas áreas de atuação encontraram na escrita criativa uma nova possibilidade de sair do senso comum e mergulhar em diferentes gêneros textuais, como poemas, crônicas, contos, romances e roteiros de cinema.

O curso do professor Ricardo Lísias desenvolve habilidades necessárias para o aprofundamento da capacidade de redação, por meio da prática, usando a crônica como gênero de análise principal, por sua característica central de aproximação e retrato da vida cotidiana.

Com quatro encontros, o curso se dá através de encontros divididos em duas partes metodológicas. Na primeira delas, Lísias apresenta uma discussão teórica sobre a escrita criativa, crônica e dicas de redação, passos que preparam os alunos para a segunda etapa, onde é feita a leitura e análise dos textos produzidos antes de cada aula.

A atividade integra o projeto Valorização Social do Sesc São Paulo, que propõe atividades que estimulam a compreensão das etapas de criação e produção em suas dimensões simbólicas e materiais, por meio do desenvolvimento de habilidades criativas e estímulo ao protagonismo, bem como o projeto Empregabilidade Jovem do Sesc Belenzinho, que instrumentaliza o jovem com cursos, oficinas e bate-papos na busca do primeiro emprego.

Ricardo Lísias é escritor, autor dos romances O céu dos suicidas, Divórcio, A vista particular, entre outros. Criou a Família Tobias, com a qual produz diversas obras em várias plataformas, como o e-book Delegado Tobias e o livro-objeto Inquérito Policial Família Tobias, assim como a peça Vou, com Meu Advogado, Depor sobre o Delegado Tobias onde atuou como dramaturgo e ator. É doutor em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (USP), com estágio de pós-doutorado na Unifesp.

ESCRITA CRIATIVA PARA JOVENS

Com Ricardo Lísias
De 14 de março a 4 de abril de 2020. Sábados, das 11h às 13h
Local: Sala de Oficinas III
Grátis mediante inscrição prévia presencial a partir de 6/3 (público geral)
Recomendação etária: indicado para maiores de 14 anos
Sesc Belenzinho
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000.
Belenzinho – São Paulo (SP)
Telefone: (11) 2076-9700

Estacionamento
De terça a sábado, das 9h às 22h. Domingos e feriados, das 9h às 20h.
Valores: Credenciados plenos do Sesc: R$ 5,50 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional. Não credenciados no Sesc: R$ 12,00 a primeira hora e R$ 3,00 por hora adicional.

Para espetáculos pagos, após as 17h: R$ 7,50 (Credencial Plena do Sesc - trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo). R$ 15,00 (não credenciados).

Transporte Público
Metro Belém (550m) | Estação Tatuapé (1400m)
Compartilhe:

quarta-feira, 4 de março de 2020

Camila Grillo e o curso Storytelling na prática, por Cida Simka e Sérgio Simka


Contar histórias está no imaginário dos seres humanos desde os primórdios da Humanidade. Embora as formas de se comunicar tenham mudado ao longo dos tempos, as histórias continuam fazendo parte da nossa contemporaneidade. E por que não aplicá-las ao universo das mídias digitais? Em tempos de tanta informação, pensar em maneiras inovadoras e criativas para o conteúdo da sua marca torna-se um meio eficaz para chamar a atenção e agregar valor na relação marca e pessoas. Pensando nisso, o objetivo desse curso é capacitar pessoas na criação de Storytelling voltada à estratégia de negócios que poderá ser aplicada nas mídias sociais, sites, blogs, podcasts e vídeos.
Carga horária: 3h – Investimento: R$ 250,00
Quando: dia 7/3/2020, sábado, das 9h às 12h
Metodologia: Aula expositiva com conteúdo teórico e exemplos práticos.
Público-alvo: pequenas e médias empresas, empreendedores, profissionais da área de comunicação, liberais e autônomos, bem como pessoas que desejam aprender técnicas de contar histórias dentro do universo da cibercultura.
Pré-requisito: ter conhecimentos prévios de mídias digitais.
Objetivo geral: apresentar informações sobre a importância da criação de narrativas em tempos de internet; apresentar os conceitos gerais de Storytelling, bem como a estrutura da criação de projeto e roteiro com foco na jornada do herói. Apresentar Storytelling na prática por meio de estudos de caso.
Camila Grillo – Mestre em Estudos Culturais pela Escola de Artes, Ciências e Humanidade da Universidade de São Paulo (EACH-USP), Especialista em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais (SENAC/SP), graduada em Comunicação Social – Jornalismo (UNIP). Formação técnica nos cursos de Habilitação Profissional de Ator (Fundação das Artes de São Caetano do Sul, FASCS, Brasil) e Processamento de Dados (Argumento Objetivo).
INSCRIÇÃO – Até 5/3 por e-mail: sielbra.educacao@gmail.com | Ou pelo whatsapp: (11) 95209-8596.
CERTIFICADO – concedido pela SIELBRA – Sociedade Internacional de Educação Líbano-Brasileira
Mais informações sobre o curso: http://sielbra.com.br/?p=851

CIDA SIMKA
É licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Autora, dentre outros, dos livros O enigma da velha casa (Editora Uirapuru, 2016), Prática de escrita: atividades para pensar e escrever (Wak Editora, 2019) e O enigma da biblioteca (Editora Verlidelas, 2020). Organizadora dos livros: Uma noite no castelo (Editora Selo Jovem, 2019), Contos para um mundo melhor (Editora Xeque-Matte, 2019), Aquela casa (Editora Verlidelas, 2020) e Um fantasma ronda o campus (Editora Verlidelas, 2020). Integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC e colunista da Revista Conexão Literatura.

SÉRGIO SIMKA
É professor universitário desde 1999. Autor de mais de seis dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a série Mistério, publicada pela Editora Uirapuru. Membro do Conselho Editorial da Editora Pumpkin, integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC e colunista da Revista Conexão Literatura.
Compartilhe:

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Sesc Belenzinho recebe vivência de RPG Live Action e curso sobre RPG e Literatura


Jogos consistem na interpretação em tempo real de personagens

Nos dias 15 e 16 de fevereiro de 2020, o Sesc Belenzinho promove a atividade LARP: Histórias Extraordinárias, com o grupo Confraria das Ideias. Atividade gratuita acontece sábado e domingo às 14h na Sala de Espetáculos II da unidade.

Histórias Extraordinárias é um LARP de terror psicológico e suspense baseado na obra homônima de Edgar Allan Poe (1809-1849), que reúne contos lançados pelo autor entre 1833 e 1845 como O Gato Preto e A Carta Roubada, e elementos das histórias de H.P. Lovecraft a fim de explorar características marcantes nas obras desses autores, como o medo do desconhecido, o limite entre a realidade e o fantástico e a insanidade.

O público é convidado a se caracterizar e viver personagens com perfis preestabelecidos pelo grupo Confraria das Ideias, tendo que tomar decisões baseadas na personalidade e particularidades da figura interpretada. A imaginação e imersão no jogo ditam o tom da narrativa que está sujeita a desfechos inesperados. 

Ambientada no século XIX, esse LARP acontece em um baile de máscaras da alta sociedade europeia das últimas décadas do século. Nem mesmo em uma ocasião de comemoração e diversão entre os convidados pode evitar o ambiente de penumbra, repleto de mórbidas curiosidades e segredos sombrios.

Conhecido principalmente pelos jogos de mesa como Dungeons & Dragons da década de 1970, o RPG (Role Playing Game) é uma prática no qual jogadores, sob diversas regras, constroem uma narrativa colaborativa ao assumir o papel de personagens. Já o LARP, ou Live Action Role Playing Game (jogo de interpretação ao vivo, em tradução livre), é a prática de interpretar esses personagens na vida real, em um ambiente adaptado em que os jogadores portam acessórios e roupas customizadas que remetem aos elementos da história a ser seguida.

Confraria das Ideias é um grupo que utiliza o LARP como instrumento para desenvolver o senso-crítico, promover cultura, inclusão social, despertar o interesse pela leitura, aperfeiçoar a prática do LARP, entre outros. Foi fundada em 1999 e formalizada como ONG em 2007 tendo, ao dos anos, organizado diversos eventos culturais relacionados à prática do LARP.

OUTRAS OPÇÕES DE RPG NA PROGRAMAÇÃO DO SESC BELENZINHO

Para aqueles que buscam conhecer o universo do RPG, há ainda na programação duas outras atividades: o curso RPG e Literatura e a vivência Jogos de Tabuleiro.

O curso RPG e Literatura, ministrado por Victor Rodrigues, parte de uma breve descrição geral do mundo onde a história acontece e, junto a exercícios de escrita, os participantes desenvolvem os esboços das personagens a serem interpretados. Victor, o narrador, busca uma aproximação dessas personalidades, sugerindo pontos em comum a partir do prólogo dado, para desenhar o roteiro da crônica.

As sessões de jogo são acompanhadas de intervenções para a produção de textos que auxiliem na compreensão das personagens por parte do grupo, dando solidez às relações. Além disso, o narrador conta com convidados que possam enriquecer o enredo, a partir da identificação com a história desenvolvida. Curso é gratuito e acontece de 15 de fevereiro a 25 de abril de 2020.

Victor Rodrigues é poeta, educador e artista de spoken word. Publicou a série de livretos Praga de Poeta, Sinceros Insultos e Aprender Menino. Conduz oficinas de escrita criativa desde 2011 em escolas, centros culturais, bibliotecas e espaços autônomos. Além de ministrar palestras e workshops, propõe rodas de conversa a partir da poesia e trabalha na formação lúdica e literária de professores.

Já a vivência Jogos de Tabuleiro, com o coletivo RPG & Cultura, permite que o público seja introduzido a diferentes jogos de tabuleiro e instigado a participar de partidas. Além dos jogos de tabuleiros, ainda há aqueles de cartas e partidas de RPG.

RPG & Cultura é um projeto criado por jovens da Zona Sul de São Paulo, com o objetivo principal de promover os Role Playing Games - em especial os RPGs de Mesa - e a Cultura Geek no geral. Esta promoção pode se dar através de diversas ações, como Vivências de RPG e afins, Oficinas de Capacitação, Palestras, Eventos e Encontros.

LARP: HISTÓRIAS EXTRAORDINÁRIAS
Dias 15 e 16 de fevereiro de 2020. Sábado e domingo, às 14h
Local: Sala de Espetáculos II (30 lugares)
Grátis, mediante retirada de senha com 30 minutos de antecedência
Recomendação etária: livre

RPG E LITERATURA
Com Victor Rodrigues
De 15 de fevereiro a 25 de abril de 2020. Sábados, às 14h30
Local: Sala de Oficinas III (vagas limitadas)
Grátis, mediante inscrições presenciais no Espaço de Tecnologias e Artes (1º pavimento)
Recomendação etária: 12 anos

JOGOS DE TABULEIRO
Até 16 de fevereiro de 2020. Sexta a domingo, às 14h
Local: Hall das Oficinas
Grátis.
Recomendação etária: livre

Sesc Belenzinho
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000.
Belenzinho – São Paulo (SP)
Telefone: (11) 2076-9700

Estacionamento
De terça a sábado, das 9h às 22h. Domingos e feriados, das 9h às 20h.
Valores: Credenciados plenos do Sesc: R$ 5,50 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional. Não credenciados no Sesc: R$ 12,00 a primeira hora e R$ 3,00 por hora adicional.
Para espetáculos pagos, após as 17h: R$ 7,50 (Credencial Plena do Sesc - trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo). R$ 15,00 (não credenciados).

Transporte Público
Metro Belém (550m) | Estação Tatuapé (1400m)
Compartilhe:

sábado, 3 de agosto de 2019

XXVII Curso de Biblioterapia: Bases Conceituais, Práticas e Acervo, com Cristina Seixas


O XXVII curso em agosto será realizado na Casa Cultural Lago de Histórias, no Rio de Janeiro, dias 24 e 25. Para psicólogos, arteterapeutas, bibliotecários, educadores, profissionais da área da saúde, estudantes, contadores de histórias e todos que enxergam a potência dos livros em cuidar e transformar pessoas.

Entre os objetivos das aulas estão semear e potencializar a dimensão terapêutica da literatura, compartilhar acervo biblioterapêutico, disseminar as bases conceituais e o método na prática e, claro, criar uma rede de pessoas interessadas no tema para promover trocas contínuas.

A Biblioterapia é uma prática pouco conhecida no Brasil e no mundo, mas amplamente utilizada na Inglaterra, que implantou políticas públicas de cuidado através de rodas de leitura e prescrição literária para grupos diversos, com excelentes resultados comprovados cientificamente.

Segundo Cristiana Seixas, a pluralidade literária aplicada de forma dedicada para cuidar contribui de formas diversas: ao nomear angústias, ao promover um espelhamento interno, ao abrir para o diálogo por encontrar afinidade de ideias e sentimentos, ao desconstruir crenças e linguagens cristalizadas, ao expandir perspectivas e possibilidades de ser.

E continua: Prática pouco

conhecida no Brasil e no mundo, mas amplamente utilizada na Inglaterra, que implantou políticas públicas de cuidado através de rodas de leitura e prescrição literária para grupos diversos, com excelentes resultados comprovados cientificamente.

E continua: "há trechos ou obras literárias que atuam como movimentos de ressonância e repercussão. Ressonância, pois penetram mais profundamente e despertam imagens apagadas e repercussão pelo impacto gerador de uma urgência de expressão".

O processo parte da escuta, do oferecimento de trecho ou livro criteriosamente selecionado e abre espaço para a pessoa sentir e narrar o que é evocado pela leitura.

É interdisciplinar e pode ser aplicada a diferentes áreas do saber como: psicologia, literatura, educação, saúde, cultura, contação de histórias, biblioteconomia, arteterapia, dentre outras, de forma individual ou coletiva.

As aulas acontecem das 9h às 16h, na R. Marcehal Cantuaria, 18, na Urca.
Compartilhe:

terça-feira, 25 de setembro de 2018

Machado de Assis é tema de dois encontros no Rio de Janeiro


O curso acontece na Lago de Histórias, dias 6 e 20 de outubro, e faz paralelo entre a obra do escritor e a sociedade brasileira atual

A sociedade brasileira é fruto de eventos históricos diversos que foram retratados e problematizados no século XIX na obra de Machado de Assis. A afirmação é da professora Eva Leones, para quem essa sociedade apresenta uma série de questões relacionadas ao modo como, enquanto brasileiros de diferentes classes e matizes culturais e sociais, nos relacionamos uns com os outros.

Machado de Assis é tema do curso O Brasil de Machado de Assis, na Casa Cultural Lago de Histórias, na Urca, nos sábados 6 e 20 de outubro, das 9h30 às 15h30, e busca estabelecer relações entre a produção do autor e sua interpretação do país e da literatura brasileira. Por ter sido um dos escritores e intelectuais mais conhecidos e influentes de seu tempo e por ter vivido na pele as muitas agruras sofridas pela população pobre e marginalizada antes de se tornar um autor de sucesso, o escritor foi capaz de produzir um retrato do país e colocar em evidência as hipocrisias e preconceitos de nossa sociedade.

“O processo de dizimação ou de conversão dos povos indígenas, que é mostrado, ainda que de modo indireto no poema 'Potira', constante de Americanas, e o sistema de produção econômica e de riquezas baseada em mão de obra escrava (com o correspondente comércio de pessoas ou transformação dessas pessoas em mercadoria) representam algumas das contradições de um país que, na teoria, queria ser liberal e capitalista e foram tema de diversos textos de Machado”, exemplifica Eva, afirmando que tais contradições impediram e continuam impedindo nosso desenvolvimento.

A partir da leitura de contos e trechos de romances - passando pela abordagem de poemas, crônicas, peças de teatro e exercícios de crítica literária - escritos pelo autor, serão estudados, entre outros, os seguintes temas: o lugar de Machado no Romantismo e no Realismo; a ironia machadiana frente ao cientificismo e ao evolucionismo importados da Europa - responsáveis por certo bovarismo brasileiro; os ensaios de transgressão da mulher na sociedade patriarcal; e as relações de poder na sociedade escravocrata. 

A Casa Cultural Lago de Histórias fica na R. Marechal Cantuária, 18 – Sobrado, na Urca.

Inscrições pelo contato@lagodehistorias.com.br

Investimento: R$ 440,00. Será distribuído material para leitura, além de mais cinco horas de aulas em áudio e em audiovisual, complementares às aulas presenciais.
Compartilhe:

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Para escritores, jornalistas, publicitários e blogueiros: Método Intuitivo de Escrita Criativa Para Todo e Qualquer Texto


SOBRE O CURSO:

Curso do método Escrita Total de redação espontânea e escrita criativa, conduzido por seu criador, professor Edvaldo Pereira Lima.
Método prazeroso, intuitivo, baseado em avanços de vanguarda em estudos da criatividade. Abordagem transdisciplinar com contribuições de áreas como a psicologia humanista, a neurologia, a teoria literária, o Jornalismo Literário.

Essencialmente prático, com suporte conceitual e teórico.

Ótimo para profissionais da comunicação, escrita e para quem deseja  ganhar soltura ao escrever.

Três técnicas-mãe, mais técnicas complementares.
Exemplos.
Exercícios.
Material inspirador adicional.
Textos de suporte.
12 videoaulas.
Fórum por email ou na plataforma para interação de reforço de aprendizagem.
Webinars programados ocasionalmente.


SAIBA MAIS E MATRICULE-SE AGORA MESMO: CLIQUE AQUI.
Compartilhe:

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Para escritores, jornalistas, publicitários e blogueiros: Método Intuitivo de Escrita Criativa Para Todo e Qualquer Texto


SOBRE O CURSO:

Curso do método Escrita Total de redação espontânea e escrita criativa, conduzido por seu criador, professor Edvaldo Pereira Lima.
Método prazeroso, intuitivo, baseado em avanços de vanguarda em estudos da criatividade. Abordagem transdisciplinar com contribuições de áreas como a psicologia humanista, a neurologia, a teoria literária, o Jornalismo Literário.

Essencialmente prático, com suporte conceitual e teórico.

Ótimo para profissionais da comunicação, escrita e para quem deseja  ganhar soltura ao escrever.

Três técnicas-mãe, mais técnicas complementares.
Exemplos.
Exercícios.
Material inspirador adicional.
Textos de suporte.
12 videoaulas.
Fórum por email ou na plataforma para interação de reforço de aprendizagem.
Webinars programados ocasionalmente.


SAIBA MAIS E MATRICULE-SE AGORA MESMO: CLIQUE AQUI.
Compartilhe:

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Filosofia e Literatura em oficina no Rio de Janeiro

Aulas acontecem no mês de maio no Espaço Cultural Lago de Histórias

Alguém definiu que a filosofia que não é útil na vida prática pode ser jogada no lixo, uma vez que filósofos são como amigos. São os amigos Gilles Deleuze, Michel Foucault e Octávio Paz, acompanhados de Clarice Lispector, Guimarães Rosa, entre outros, que norteiam a Oficina Literatura & Filosofia, no Espaço Cultural Lago de Histórias, em maio, com a psicóloga e poeta Luisa Benevides.

O objetivo das aulas é refletir sobre o processo de escrita em si usando como ferramentas textos filosóficos e literários. Questões que envolvem o solitário ofício do escritor: Por que cortar palavras? O que acontece quando escrevemos sem pensar? Planejar ou não planejar o texto? O que é o ritmo de um texto e como alcançá-lo? O que se passa quando atingimos uma experiência com a escrita? O que é, afinal, literatura e qual é a sua função? serão trabalhadas em quatro encontros.

Além da discussão desses textos de filosofia e de literatura previamente fornecidos aos participantes, serão propostos exercícios de escrita e a leitura compartilhada dos textos produzidos.

Para Luisa Benevides, é a curiosidade que ajuda o escritor a pensar diferente, fugir dos clichês e atingir uma autenticidade na escrita. “O fluxo de leitura deve ser incessante e voraz, incluindo não somente literatura, mas todo e qualquer livro que ajude a compreender e a sentir o que é ser humano”, explica, afirmando que é só através de muito estudo que teremos de fato algo de novo para contar, construindo personagens intrigantes e tramas sutis e sensíveis. “A filosofia, nesse sentido, é certamente uma grande aliada da literatura: as duas se debruçam sobre as mesmas questões, compartilham das mesmas alegrias e sofrem dos mesmos embaraços”.

As aulas acontecem na R. Marechal Cantuária, 18, a partir de 8/5, das 19h às 21h, sempre às terças-feiras, e vão até 29 do mesmo mês.

Informações e inscrições:
contato@lagodehistorias.com.br / (21) 3518-5549

Whatsapp – (21) 97631-6131
FB: @lagodehistorias
Instagram: @lago_de_historias
www.lagodehistorias.com.br
Investimento: 480,00 o curso todo
Compartilhe:

domingo, 1 de abril de 2018

Escrita Total - Método Intuitivo de Escrita Criativa Para Todo e Qualquer Texto

PARA QUEM:

Profissionais da comunicação – jornalistas, escritores, roteiristas, publicitários, especialistas de marketing, blogueiros.
Profissionais do desenvolvimento humano e da saúde interessados na escrita – terapeutas, psicólogos, coaches, educadores,  gestores de recursos humanos, médicos.
Profissionais de todas as áreas que precisam escrever mais e melhor.  Professores.  Estudantes.
Pessoas que  adoram ou querem adorar escrever ou têm algo importante para escrever, simplesmente. Pessoas que querem se conhecer e crescer pelo texto.
O curso não aborda gramática nem ortografia. Não é um curso de redação convencional, nem de português.  É um  voo da sua alma, do seu coração e da sua inteligência para os horizontes alcançáveis do seu ser.

SOBRE O CURSO:

Curso do método Escrita Total de redação espontânea e escrita criativa, conduzido por seu criador, professor Edvaldo Pereira Lima.
Método prazeroso, intuitivo, baseado em avanços de vanguarda em estudos da criatividade. Abordagem transdisciplinar com contribuições de áreas como a psicologia humanista, a neurologia, a teoria literária, o Jornalismo Literário.

Essencialmente prático, com suporte conceitual e teórico.

Ótimo para profissionais da comunicação e da escrita. Ótimo para quem deseja  ganhar soltura ao escrever. Ótimo para quem orienta pessoas em autodesenvolvimento. Ótimo para quem deseja usar o texto como instrumento auxiliar de processos de autoconhecimento e transformação.

Três técnicas-mãe, mais técnicas complementares.
Exemplos.
Exercícios.
Material inspirador adicional.
Textos de suporte.
12 videoaulas.
Fórum por email ou na plataforma para interação de reforço de aprendizagem.
Webinars programados ocasionalmente.

O curso focaliza a essência do processo de escrever, o que o professor denomina "a matrix do escrever".  É dessa matriz que se desdobram  naturalmente a aplicação do método e seus recursos para as mais diferentes modalidades de texto, de prosa a poesia, incluindo produções de ficção e não ficção.  Estão contemplados textos narrativos  e expositivos, assim como seus distintos formatos. Conto, novela, romance. Reportagem.  Textos biográficos - ensaio pessoal, memórias, autobiografia, biografia,narrativa de viagem -, produções ensaísticas, trabalhos acadêmicos e escolares, relatórios corporativos, argumento para cinema, rádio, televisão, produções para blogues e demais canais digitais.

Não é um curso de gramática ou ortografia, nem um curso tradicional de redação ou português. É um curso de vanguarda, criativo e inovador.


SAIBA MAIS E MATRICULE-SE AGORA MESMO: CLIQUE AQUI.
Compartilhe:

sábado, 17 de março de 2018

(Per)Cursos Possíveis: projeto realizado pelo Sesc Santo André oferece cursos e oficinas com longa duração

Narrativas Fotográficas  l  crédito: Nário Barbosa
Cursos voltados para iniciantes e veteranos preenchem a programação. Inscrições começam dia 21 de março

No primeiro semestre de 2018, o Sesc Santo André promove o (Per)Cursos Possíveis, uma série de cursos com práticas, técnicas e olhares variados que trabalham as relações entre artes e tecnologias. As atividades são voltadas para públicos de diversas faixas etárias e interesses, uma ótima oportunidade para descobrir aptidões, iniciar um hobby, ou mesmo aperfeiçoar técnicas artísticas, tecnológicas ou artesanais.
O (Per)Cursos Possíveis traz cursos com temáticas variadas e duração de até três meses. Com maior tempo de interação com os profissionais de cada oficina, os participantes têm a possibilidade de absorver conhecimentos teóricos que serão aplicados constantemente à prática, um processo de descobertas de vivências artísticas, troca de experiências, desenvolvimento de habilidades e projetos futuros. Os cursos exploram da interferência em fotografia à produção audiovisual, da discotecagem à marchetaria, da formação de modelo vivo a mochilas solares.
Nos encontros promovidos, os participantes, iniciantes ou não, poderão experimentar uma série de técnicas com novos processos e repertórios, fortalecendo o aprendizado ao exercitar novos percursos possíveis.  Os cursos acontecerão entre os meses de abril e julho, com inscrições na Central de Atendimento do Sesc Santo André: nos dias 21 e 22/03, somente para Credencial Plena e a partir do dia 23/03 para todos os públicos, conforme disponibilidade de vagas. Confira a programação completa dos cursos.

(Per)Cursos Possíveis
Programação
Olhares e Interferências, com Nário Barbosa
No Espaço Ateliê, de 03/04 a 24/04. Terças-feiras, das 19h às 21h.
Valores em R$ 20,00 (Inteira), R$ 10,00 (Meia-entrada) e R$ 6,00 (trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo ou dependentes com Credencial Plena).
Pré-requisitos: a partir de 16 anos.
Este curso tem como objetivo registrar e difundir a diversidade urbana, mais especificamente, do centro de Santo André, a partir de referências de fotógrafos de rua nacionais e internacionais. Com o advento das tecnologias, atualmente todos podem ser fotógrafos, independentemente de técnicas ou equipamentos, produzindo imagens a todo o momento e divulgando-as em suas redes sociais. O participante terá a oportunidade de conhecer um pouco mais a cidade, por meio de um olhar mais sensível, observando detalhes antes de fotografar.
Há mais de 20 anos atuando como fotojornalista, Nário Barbosa possui sólida experiência em registrar o cotidiano. Produz trabalhos de intervenção em fotografias de diversas maneiras, utilizando diferentes técnicas que revelam novos olhares. Já participou de exposições no Brasil, em importantes espaços, como Itaú Cultural, além de diversas galerias. Foi premiado em salões de Arte no exterior, como o “Salón Mercosur Internacional”, na Argentina e possui obras em diversas coleções particulares.

Processos de Criação Audiovisual: Entre a Performance e a Instalação,
com Caio Fazolin
No Espaço Ateliê, de 03/04 a 26/06. Terças-feiras, das 19h às 21h.
Valores em R$ 20,00 (Inteira), R$ 10,00 (Meia-entrada) e R$ 6,00 (trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo ou dependentes com Credencial Plena).
Pré-requisitos: a partir de 14 anos e conhecimentos básicos de informática.
Como tirar do papel o seu live audiovisual? Como produzir uma instalação multimídia? Como criar um videomapping? São essas perguntas que o curso pretende responder. Durante 12 encontros, o artista e programador Caio Fazolin apresenta e aborda o uso integrado de ferramentas audiovisuais assim como a interface física livre, Arduino. Os participantes serão convidados a desenvolver exercícios práticos com uma abordagem direta a temas como performance audiovisual, instalações multimídia e videomapping.
Caio Fazolin é artista audiovisual, programador e VJ (Micra), pesquisa linguagens computacionais e sua relação com a cultura. Bancos de dados, linhas de códigos e sistemas computacionais são a fonte para a pesquisa que se desdobra em performances audiovisuais generativas, instalações imersivas e interativas, e grandes projeções urbanas. Também atua como educador por meio de aulas e workshops de programação computacional para artistas e interessados.

Marchetaria em Bloco, com Rinaldo Ferruccio
No Espaço Ateliê, de 04/04 a 27/06. Quartas-feiras, das 19h às 21h30.
Valores em R$ 20,00 (Inteira), R$ 10,00 (Meia-entrada) e R$ 6,00 (trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo ou dependentes com Credencial Plena).
Pré-requisitos: a partir de 16 anos.
O curso instiga a criatividade e intuição artística dos participantes fazendo com que idealizem e produzam o máximo de peças, como bio-joias e utilitários, que conseguirem durante o curso. O objetivo é proporcionar-lhes relativa prática na operação de máquinas como lixadeira de cinta de bancada, serra de fita de bancada, lixadeira orbital, micro-retifica, furadeira, tábuas de lixa, entre outros apetrechos e equipamentos, além de técnicas variadas.
Rinaldo Ferruccio é artífice em madeira, iniciando aprendizados em Marchetaria Maciça em 1999. De lá para cá desenvolveu estilo próprio explorando formas orgânicas e assimétricas alinhadas às artes visuais. Atualmente, é orientador do curso de Marchetaria Maciça no SESC Pompeia, atua como fornecedor da loja do Museu de Arte Moderna de SP e mantem um box na Feira de Artes da Praça Benedito Calixto, onde também é membro da Comissão de Avaliação e Triagem de candidatos a expositores na Praça.

A Pintura e suas Técnicas, com André Ricardo
No Espaço Ateliê, de 05/04 a 28/06. Quintas-feiras, das 19h às 21h30.
Valores em R$ 20,00 (Inteira), R$ 10,00 (Meia-entrada) e R$ 6,00 (trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo ou dependentes com Credencial Plena).
Pré-requisitos: a partir de 16 anos.
O objetivo do curso é instrumentalizar os alunos em relação às múltiplas possibilidades expressivas da linguagem pictórica por meio da pintura e suas técnicas. Serão abordadas técnicas como caseína, têmpera e óleo, entre outras. A introdução prática dos diversos procedimentos será tangenciada pelo enfoque histórico, chamando a atenção para as origens e usos das técnicas ao longo da história e na obra de artistas contemporâneos.
André Ricardo é formado em Artes Visuais pela ECA - USP, tendo realizado intercâmbio de estudos na Universidade do Porto / Portugal. Já apresentou diversas exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior. Sua obra integra coleções públicas, entre as quais: Casa do Olhar Luiz Sacilloto – Santo André/SP e Museu de Arte de Ribeirão Preto/SP. Desde 2012, ministra cursos em diversos espaços culturais, incluindo os ateliês da rede SESC/SP.

Mochilas Solares: Energia Onde Você Estiver, com Karen Keppe e Camila Danieletto
No Espaço de Tecnologias e Artes, de 07/04 a 30/06. Sábados, das 14h às 17h.
Valores em R$ 20,00 (Inteira), R$ 10,00 (Meia-entrada) e R$ 6,00 (trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo ou dependentes com Credencial Plena).
Pré-requisitos: a partir de 16 anos.
Neste curso os alunos aprenderão como costurar e construir uma mochila com carregador solar. As aulas terão uma mistura de aprendizados diversos em tecnologias e artes, como tingimento de tecidos ecológicos orgânicos com pigmentos naturais, costura da mochila usando a máquina de costura, produção do circuito eletrônico composto por células solares, a montagem de um “banco de bateria” (powerbank) e, por fim, a construção final da mochila high tech sustentável.
Karen Keppe é artista, arte educadora e produtora cultural. Investiga as relações entre arte, performance e tecnologia e produz instalações e atividades ligadas ao tema desde 2007.
Camila Danieletto é formada em Moda, estudou em Londres e trabalhou em grandes marcas de São Paulo. Adora pesquisar e estudar novas formas de criar, hoje tem a marca CAMIE de produtos infantis e segue se reinventando.

Formação de Modelo Vivo, com Juliano Hollivier
Na Sala de Múltiplo Uso, de 06/05 a 01/07. Domingos, das 10h30 às 12h30.
Valores em R$ 20,00 (Inteira), R$ 10,00 (Meia-entrada) e R$ 6,00 (trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo ou dependentes com Credencial Plena).
Pré-requisitos: a partir de 18 anos e conhecimentos básicos de desenho.
O curso propõe a formação de modelos vivos conscientes e sujeitos da exposição de seus corpos. O objetivo é ampliar a consciência corporal dos interessados e prepará-los com informações relacionadas à exposição artística do corpo em sessões de desenho, pintura, escultura e fotografia.
Juliano Hollivier desenvolve desde 2007 um trabalho performático diferenciado como Modelo Vivo, onde agrega ao ofício a particularidade de sua expressão cênica. Pesquisa o corpo e suas expressões artísticas no processo criativo, além da anatomia humana e participação do modelo na formação de artistas. Propõe o olhar sobre o modelo vivo como sujeito participativo da mediação artística, e não somente como objeto de observação. Qualidade da atenção, presença e consciência são princípios que baseiam seu trabalho corporal e desembocam na autonomia e criatividade coletiva. É Pós-Graduado em Técnica Klauss Vianna pela PUC-SP.

Supercombo Bê-a-Byte
Além dos cursos oferecidos durante o (Per)Cursos Possíveis, o Sesc Santo André realiza o Supercombo Bê-a-Byte, uma série de quatro cursos independentes voltados para aqueles que buscam uma iniciação no universo das tecnologias digitais. As atividades são voltadas para o público da terceira idade que já possui domínio das novas tecnologias ou que pretende aprender como realizar diversas tarefas por meio de smartphones e computadores. Os cursos são gratuitos e os alunos podem optar por fazer apenas um ou mais cursos ao mesmo tempo.
Primeiros Bits: Letramento, com Fabio Souza
No Espaço de Tecnologias e Artes, de 03/04 a 26/06. Terças-feiras, das 15h às 17h.
Grátis.
Pré-requisitos: a partir de 60 anos.
Curso para iniciação ao computador com primeiros passos e principais recursos para uma independência na internet, além de uma introdução à comunidade do software livre, noções de privacidade na rede, liberdade de expressão, e compartilhamento de informação confiável.
Fábio Souza faz parte da equipe do Sesc na área de Tecnologias e Artes. É formado em Letras e trabalha com cursos de letramento digital há sete anos, além de desenvolver atividades para diferentes públicos unindo ferramentas digitais, arte e cultura.

Digitudo, com Adriano Calsone
No Espaço de Tecnologias e Artes, de 03/04 a 26/06. Terças-feiras, das 10h30 às 12h30.
Grátis.
Pré-requisitos: a partir de 60 anos. Preferencialmente trazer smartphone pessoal.
Como acessar o banco pela internet? Como chamar um UBER? Como utilizar o smartphone sem receios? Como usar um tablet para instalar e desinstalar um aplicativo? Como participar das redes sociais? Como se proteger das ameaças digitais? Como consultar os serviços de utilidade pública? Essas e outras dúvidas comuns sobre o universo das tecnologias móveis e da cultura digital serão discutidas neste curso, tendo por base as necessidades dos participantes.
Adriano Calsone faz parte da equipe do Sesc na área de Tecnologias e Artes. É educador e produtor editorial, com especialização em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais. Trabalha há dez anos com letramento digital.

Conectodos, com Adriano Calsone
No Espaço de Tecnologias e Artes, de 05/04 a 28/06. Quintas-feiras, das 10h30 às 12h30.
Grátis.
Pré-requisitos: a partir de 60 anos. Preferencialmente trazer smartphone pessoal.
Curso sobre as mídias digitais para pessoas que já conhecem os recursos computacionais, mas desejam aprimorar seus conhecimentos. Durante as aulas, os alunos conhecerão o universo da tecnologia móvel, da Web 3.0 e da cultura digital, tendo por base a transmissão de conhecimentos avançados.
Adriano Calsone faz parte da equipe do Sesc na área de Tecnologias e Artes. É educador e produtor editorial, com especialização em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais. Trabalha há dez anos com letramento digital.

Da Foto ao 3D: Iniciação à Produção de Conteúdo Digital
No Espaço de Tecnologias e Artes, de 05/04 a 28/06. Quintas-feiras, das 10h30 às 12h30.
Grátis.
Pré-requisitos: a partir de 60 anos. Familiaridade com recursos computacionais.
Para aqueles que já tiveram sua iniciação ou querem avançar em conhecimentos  de informática. A atividade oferece recursos variados de produção de conteúdo, de foto e vídeo à produção de pequenas peças com impressora 3D.
Fábio Souza faz parte da equipe do Sesc na área de Tecnologias e Artes. É formado em Letras e trabalha com cursos de letramento digital há sete anos, além de desenvolver atividades para diferentes públicos unindo ferramentas digitais, arte e cultura.

SESC SANTO ANDRÉ
Rua Tamarutaca, 302 – Vila Guiomar – Santo André
Telefone – (11) 4469-1311
Estacionamento (vagas limitadas): Credencial Plena – R$ 5 (R$ 1,50 por hora adicional) |
Outros – R$ 10 (R$ 2,50 por hora adicional).
Informações sobre outras programações:
sescsp.org.br/santoandre | facebook.com/SESCSantoAndre
Compartilhe:

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Literatura Russa com Eva Leones


Puchkin, Gogol, Dostoievski, Tolstoi, Tchekhov, Gorki, Bulgákov, entre outros, serão os autores estudados pela doutora em Teoria Literária e Literatura Comparada Eva Leones no curso Literatura Russa: Panorama Histórico, Político e Cultural que dará nos sábados  10/3, 14/4, 12/5 e 09/6, no Espaço Cultural Lago de Histórias, na Urca.

O propósito do curso é traçar um panorama da literatura russa, desde seus primórdios, com destaque para os séculos XIX e XX e enfatizar as relações desses autores com a literatura ocidental e com a formação, o fortalecimento e a crítica da sociedade russa (posteriormente soviética).

Módulo I:

A formação do país e a força da literatura oral
O onipresente, heroico e inquieto Aleksandr Puchkin
A literatura e a deformação fantástica do real em Nicolai Gogol

Módulo II:
Turguêniev e Leskov: Os conflitos de gerações e os perigos do niilismo
Os subterrâneos das consciências na literatura paródica e carnavalizada de Dostoiévski
Cada um e todos: a moral, a pedagogia e a vocação épica da obra de Tolstoi

Módulo III:

Tchekhov e Gorki: universos mínimos, grandes esperanças
O cometa Maiakovski: teatro e poesia da/na vanguarda revolucionária
Búnin e Bábel: batalhas, exílios, silêncio e silenciamento.

Módulo IV:
Anna Akhmátova: poesia e resistência, poesia e tradição
Contradições, rebeldia e paródia na distopia soviética: Zamiatin e Bulgákov
Resistências, reaberturas e recomeços: Soljenítzin e Svetlana Aleksiévitch

Informações e inscrições:
contato@lagodehistorias.com.br / (21) 3518-5549

Whatsapp – (21) 97631-6131
FB: @lagodehistorias
Instagram: @lago_de_historias
www.lagodehistorias.com.br

Editora e Espaço Cultural Lago de Histórias
Rua Marechal Cantuária, 18/sobrado – Urca
Compartilhe:

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Curso de Colorização Digital Para Quadrinhos


INSCREVA-SE NO CANAL "CONEXÃO NERD"---->

Compartilhe:

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

A Arte de Contar Histórias

O curso será realizado na nova sede da Aletria, localizada na Praça Comendador Negrão de Lima, 81-D, Floresta, BH/MG.

Turma A: terças, das 19 às 22h, de 16 de agosto a 22 de novembro de 2016

Turma B: quintas, das 16 às 19h, de 18 de agosto a 17 de novembro de 2016

Programa

1. Preparação para a entrada no universo das narrativas orais

2. Raízes do Conto Popular, Tradição Oral Brasileira e História da Narrativa no Ocidente

3. Técnica de memorização do conto tradicional

4. Exercícios de respiração, voz, corpo e ritmo

5. Performance do Contador de Histórias

6. O repertório do Contador de Histórias

7. Elaboração do espetáculo de encerramento

Investimento

R$ 819,00 (podendo ser divido em 3 parcelas de R$ 273,00) + taxa de matrícula no valor de R$ 100,00.

Observação: a primeira parcela deve pagar no ato da matrícula.

Pagamentos à vista tem 10% de desconto (exceto no valor da matrícula).

Certificado e apostila incluídos. Será conferido certificado ao aluno presente em 70% das aulas.


Informações e inscrições: (31) 3296-7903 ou aletria@aletria.com.br
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels