Conexão Nerd: Teoria da Conspiração, por Ademir Pascale

Cena do filme Teoria da Conspiração POR ADEMIR PASCALE Hoje não irei comentar sobre colecionáveis ou heróis, mas sobre um filme, um li...

Mostrando postagens com marcador Desencantares para o esquecimento. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Desencantares para o esquecimento. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 23 de agosto de 2021

Entrevista com Geraldo Ramiere, autor do livro "Desencantares para o esquecimento" (Editora Viseu)


Geraldo Ramiere
(01/07/1981) é poeta e contista de Planaltina-DF, além de professor de História e produtor cultural. Escreve desde adolescente, com diversas obras publicadas em antologias/periódicos e premiado em concursos literários, sendo atualmente verbete no Dicionário de Escritores de Brasília de Napoleão Valadares. É membro da Academia Planaltinense de Letras, Artes e Ciências (APLAC), da Associação Cultural Tribo das Artes e benemérito da Academia Inclusiva de Autores Brasilienses (AIAB). Em 2021 publicou seu primeiro livro, Desencantares Para O Esquecimento (poemas), pela editora Viseu. Acredita numa literatura que liberta. 

ENTREVISTA: 

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário? 

Geraldo Ramiere: Sempre senti a literatura em mim, especialmente a poesia. Foi como aprender a andar ou falar, mas claro que a gente vai aprimorando ao longo dos anos. Mas como início mesmo posso dizer ter sido no começo da minha adolescência, escrevendo meus primeiros poemas e rascunhando algumas histórias. Na faculdade tive alguns textos literários divulgados num jornalzinho que editava com amigos. Minha estreia em livro foi em 2003, quando poesias minhas foram publicadas na Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneos Vol. 2 (Câmara Brasileira de Jovens Escritores) e na revista Poesia Para Todos (Edições Galo Branco). 

Conexão Literatura: Você é autor do livro "Desencantares para o esquecimento" (Editora Viseu). Poderia comentar? 

Geraldo Ramiere: Desencantares Para O Esquecimento é meu livro de estreia e reúne uma coletânea pessoal de poemas escritos ao longo de anos, dividido em duas partes que marcam períodos de escrita distintos em que poesia e prosa se misturam com uma musicalidade própria, com versos que se comunicam durante toda a obra. Nele ressoam questões literárias, pessoais, sociais, existenciais, dialogando através de variados estilos poéticos, melodias e memórias cultivadas durante uma vida inteira. Em Desencantares Para O Esquecimento os leitores terão-me nas mãos com toda poesia, de uma forma sensível e ao mesmo tempo intensa, onde livro-me, literalmente. 

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro? 

Geraldo Ramiere: O livro demorou mais tempo para ser concluído do que eu gostaria, mas acredito que foi justamente o que tinha de ser. Nele há 118 poemas distribuídos por 172 páginas (incluindo um prefácio escrito pelo meu amigo, ex-professor e poeta Antonio Victor) que foram escritos entre os anos de 2003 a 2020, somando quase vinte anos de poesia. É praticamente uma coletânea poética, costumo dizer, brincando. A matéria literária da qual Desencantares Para O Esquecimento se originou é minha vida pessoal em relação ao mundo em que vivo e o qual busco de algum modo transformar. 

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho que você acha especial em seu livro?  

Geraldo Ramiere: Citarei alguns versos do livro, deixando um gostinho de quero mais: Não escrevo poesia/ A poesia é quem em mim se escreve (Livro-me, pág. 22); Queimarei versos na primavera/ E com rimas inacabadas/ Semearei flores nas nuvens/ Ainda grávidas de tempestades (Agosto na Garganta, pág.48); Se a alma de fato existe Creio que ela tem/ A forma de um poema (Anatomia do Intocável, pág.135); Nada mais revolucionário/ Do que um beijo diante do ódio (Insurgir, pág.157); Sem mais pesos nem pesares/ Preparo o próximo passo/ Com a leveza dos que se perdoam/ E a certeza de quem é perdoado/ Ao passar pela poeira das estradas (Passo, pág.171). 

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário? 

Geraldo Ramiere: Para adquirir o meu Desencantares Para O Esquecimento basta acessar o site da editora Viseu (www.eviseu.com). Além da aquisição do livro, para conhecer um mais do meu trabalho sugiro ao leitor que conheça minha página literária Céus Subterrâneos (ceussubterraneos.blogspot.com), também disponível no facebook, onde publico meus textos. 

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

Geraldo Ramiere: Tenho dois livros de contos e uma novela infantil em fase de conclusão, além de estar rascunhando um novo livro de poemas que já tem título pronto: Céus Subterrâneos, mesmo nome da minha página literária. Pretendo publicar todos estes novos projetos no próximo ano (2022). 

Perguntas rápidas: 

Um livro: Dom Quixote, de Miguel Cervantes.    

Um (a) autor (a): Carol Araujo (minha esposa), autora de A Poesia é minha Oração.

Um ator ou atriz: Raquel Ely, atriz planaltinense.

Um filme: Conterrâneos Velhos de Guerra, de Vladimir Carvalho.

Um dia especial: Quando a pandemia acabar e podermos no abraçar como antes. 

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário? 

Geraldo Ramiere: Quero apenas agradecer à Revista Conexão Literatura por esta oportunidade de mostrar meu trabalho literário, reforçando que precisamos cada vez mais incentivar a literatura e a leitura em nosso país.

Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels