Autor(a) divulgue o seu livro, conheça o Pacote Divulgação Para Autores

Autor(a), saiba como divulgar o seu livro conosco, acesse: http://www.revistaconexaoliteratura.com.br/2020/09/autora-divulgue-o-seu-livro-co...

Mostrando postagens com marcador Diana Scarpine. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Diana Scarpine. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 26 de janeiro de 2022

ENTREVISTA COM ESCRITOR: Diana Scarpine e seus livros, por Cida Simka e Sérgio Simka


Fale-nos sobre você.
 

Sou uma mulher com deficiência física, nascida na cidade de Jequié-BA, apaixonada por literatura e por pesquisas na área da deficiência. Fiz graduação em Ciências Biológicas, mestrado em Enfermagem e Saúde e doutorado em Política Científica e Tecnológica, sempre estudando a deficiência ou temas relacionados a ela. Utilizo minhas vivências e o conhecimento que obtive com minhas pesquisas para criar histórias que visam não apenas entreter, mas também estimular a reflexão sobre as questões que permeiam o universo das pessoas com deficiência. 

ENTREVISTA: 

Fale-nos sobre seus livros. O que motivou a escrevê-los? 

Até o momento, publiquei dois contos, “(In)visível” e “Assim como você”, um conto estendido de suspense/terror (“O que a noite esconde”) e três romances: “Entrelace: Caminhos que se Cruzam ao acaso”, “Uma chance para recomeçar” e “As lágrimas em seus olhos”. No início deste ano, pretendo publicar o romance “As lembranças em nós”, que é a continuação de “As lágrimas em seus olhos”. Embora sejam diferentes, todos os meus livros e contos abordam as várias facetas de uma mesma temática: a deficiência. Isso tem uma relação direta com minha motivação para escrevê-los. Comecei a escrever aos 13 anos, pois não me sentia representada nos livros que lia. Tenho uma deficiência física e, naquela época, era raro encontrar livros com personagens com deficiência e, quando os encontrava, a deficiência era abordada como algo tão terrível que o personagem precisava se livrar magicamente da deficiência para ser feliz no final. Em meus livros, busco dar visibilidade e voz às pessoas com deficiência. 

Como analisa a questão da leitura no país? 

Essa é uma questão complexa. Historicamente, o Brasil não é um país com tradição de investimento maciço em educação e leitura. A pesquisa Retratos da Leitura no Brasil (resultados publicados em 2020) corrobora esse fato ao apontar que 52% da população brasileira é leitora. A pesquisa considerou leitor a pessoa que lê pelo menos 1 livro a cada 3 meses e apontou que houve a redução de 4% em relação à pesquisa anterior, publicada em 2015, que apontava que 56% da população brasileira era leitora. Os dados da pesquisa não são muito alentadores; mas desejo e tenho esperanças de que, um dia, o número de leitores brasileiros aumente e que o Brasil se torne um país onde todas as pessoas tenham acesso ao livro e que este passe a fazer parte da cesta básica. 

O que tem lido ultimamente? 

Estou terminando o romance nacional Pele Vermelha da escritora Michelle Castelli. 

Que dicas poderia fornecer a quem deseja ser um escritor? 

Leia bastante (um bom escritor é um bom leitor), pesquise sobre o que deseja escrever (uma boa pesquisa faz parte de um bom livro) e escreva sobre aquilo que conhece (mesmo que você não tenha vivenciado aquilo sobre o que vai escrever, a pesquisa lhe dará conhecimento para criar uma boa história). 

 

CIDA SIMKA

É licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Autora, dentre outros, dos livros O enigma da velha casa (Editora Uirapuru, 2016), Prática de escrita: atividades para pensar e escrever (Wak Editora, 2019), O enigma da biblioteca (Editora Verlidelas, 2020), Horror na biblioteca (Editora Verlidelas, 2021) e O quarto número 2 (Editora Uirapuru, 2021). Organizadora dos livros Uma noite no castelo (Editora Selo Jovem, 2019), Contos para um mundo melhor (Editora Xeque-Matte, 2019), Aquela casa (Editora Verlidelas, 2020), Um fantasma ronda o campus (Editora Verlidelas, 2020), O medo que nos envolve (Editora Verlidelas, 2021) e Queimem as bruxas: contos sobre intolerância (Editora Verlidelas, 2021). Colunista da revista Conexão Literatura.

SÉRGIO SIMKA

É professor universitário desde 1999. Autor de mais de seis dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a série Mistério, publicada pela editora Uirapuru. Colunista da revista Conexão Literatura. Seu mais recente trabalho acadêmico se intitula Pedagogia do encantamento: por um ensino eficaz de escrita (Editora Mercado de Letras, 2020) e seu mais novo livro juvenil se denomina O quarto número 2 (Editora Uirapuru, 2021).

Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA
clique sobre a capa

DO INCISIVO AO CANINO - BERT JR.

MAFRA EDITIONS

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

DIVULGUE O SEU LIVRO

FUTURO! - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels