Autor(a) divulgue o seu livro, conheça o Pacote Divulgação Para Autores

Autor(a), saiba como divulgar o seu livro conosco, acesse: http://www.revistaconexaoliteratura.com.br/2020/09/autora-divulgue-o-seu-livro-co...

Mostrando postagens com marcador Dias difíceis. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Dias difíceis. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 25 de março de 2022

Conheça o livro "Dias Difíceis", do autor Ivair Gomes


Se você acredita que o mundo em que vivemos é regido por forças ocultas, deve ler esse livro, e se não acredita, também deve ler, para saber que não se trata apenas de acreditar, os fatos estão por aí, lá fora, soltos.

PARA SABER MAIS: CLIQUE AQUI.

Compartilhe:

quinta-feira, 24 de março de 2022

Entrevista com Ivair Antonio Gomes, autor do livro "Dias difíceis"


Ivair Antonio Gomes nasceu em Campinas do Sul- RS, e viajou por várias cidades quando pequeno, junto de sua família. Conheceu várias cidades do sul do Brasil e do Sudeste, morou no Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo e reside em Florianópolis desde 1989.

Já foi bóia-fria, instalador de móveis, balconista de bar, trabalhou em carvoaria, ajudante de supermercado, feirante, dono de livraria de livros usados “sebo”. Ivair foi o fundador do Sebo Rani, o primeiro sebo digital de Florianópolis.

Ivair tem as seguintes obras publicadas: “Dias Difíceis”, “Morte em Dezembro”, “O coração sujo de Jerry Drago”, “O porteiro”, “Morte no camping e outros contos que não de morte” e “O viajante e o Explorador”. Você encontra essas obras no site da amazon.com.br.

Inclusive com livros físicos. 

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

Ivair Antonio Gomes: Eu comecei a ler antes de entrar na escola. Meu pai trabalha em usina hidrelétrica então nos mudávamos constantemente. Ao entrar na escola com 07 anos, (naquela época não existia pré, nem infantil) eu já sabia ler, através dos quadrinhos da EBAL, onde tinha dois lados, de um gibi me lembro bem: De um lado ‘Poderosa Isis” e do outro lado “Mulher Maravilha”. E assim foi minha vida. Por onde ia, tinha sempre um gibi, ou bolsilivro comigo. O primeiro livro, livro mesmo, que li, foi ‘Os três mosqueteiros” de Alexandre Dumas. Daí não parei mais. Aos 15 anos de idade eu contava com mais de 3 mil gibis. Tinha de tudo um pouco. Trabalhava como boia-fria, na roça, desde os 12 anos, e tudo que ganhava, sempre sobrava para comprar um gibi. Escrevia alguns poemas dos 15 até os 18 anos. Depois comecei a escrever pequenos contos que guardava comigo, em folhas e papéis amarelados pelo tempo, escondidos no porão da memória, que alguém jogou fora e nunca mais vi. Em 1997 participei de um grupo de escrita pelo antigo IRC. Depois, ajuntei tudo e de um conto surgiu Dias Difíceis, que lancei pela editora Papel Virtual, em 2000. Era minha primeira experiência. Foi tudo muito horrível. Editora disse que tinha pago estande para lançamento no Shopping Beira-mar em Florianópolis. Não pagou nada! Na hora lá, eu e mais 06 autores, procuramos algum lugar, em algum estande para podermos colocar nossos livros a venda. Experiência Tenebrosa. A parte da Editora foi surreal. 

Conexão Literatura: Você é autor do livro "Dias difíceis". Poderia comentar? 

Ivair Antonio Gomes: Dias Difíceis, nasceu de uma intensa pesquisa que fiz referente ao medo e superstições que cercam os finais de séculos na história humana. Vai acontecer isso, vai acontecer aquilo. E me aprofundei na psique dos grandes “assassinos seriais’ do Brasil. Mergulhei fundo. Na época lia de tudo, jornal, revista, livros “que sobre o brasil não tinha quase nada”, depois veio a Ilana Kasoy , ainda bem. Mas confesso que por várias vezes, a cabeça entrava em choque com tudo que eu lia. E assim eu compus Dias Difíceis. Um personagem, que é um ex-padre que hoje trabalha em um departamento especial, que só existe em São Paulo, é chamado para ajudar a descobrir porque estão acontecendo tantos desaparecimentos de crianças na grande Florianópolis. No livro fiz muita pesquisa sobre espiritismo, catolicismo, e coisas pertencentes a seitas e crenças.

Conexão Literatura: Como é o seu processo de criação? Quais são as suas inspirações?

Antonio Gomes: O processo de criação eu tenho tentado mudar. Eu escrevo por compulsão. Os meus personagens conduzem a história. Não tenho personagens bonitos, pomposos, glamurosos. São gente como a gente. Sofrem, sonham. Erram, acertam. Hoje sei que existem muitas regras e formas de escrita, mas até o momento de Dias Difíceis eu não seguia regra alguma. Como disse, o livro começou a ser escrito em 1997, após um conto, daí tentei a sorte em 2000, e voltei com nova edição em 2014. E agora em 2021 com a Terceira edição, com mais cuidado ao escrever.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do seu livro especialmente para os nossos leitores? 

Ivair Antonio Gomes: “ pag. 188 — Meu pai me levará. Meu destino é vagar por esse mundo e levar um pouco da luz divina. E agora minha missão se faz necessária aqui.

Marcelo escreveu ao mesmo tempo que leu outra pergunta.

— Qual o teu trabalho?

— Eu carrego avisos divinos. Eu levo graça e sorte a quem me ouve. Não divulgo meu trabalho, divulgo as obras de Deus. E se por acaso ele me as revela eu as tenho de revelar também.

— Deixe-me ver se entendi. Você tem visões? Vê o futuro?

— Eu vejo o que o Senhor me permite ver. — parecia ter dado um sorriso no rosto sem expressão — Sinto ironia em sua voz! Fala isso com ironia e descrédito. Acaso duvidas das palavras de meu Deus e senhor?

— Desculpe! Não queria ofendê-lo!

— Eu entendo! Agora não há nada que me ofenda. Mas... porque estou no escuro... por que não vejo seu rosto...

— Você está internado em um hospital psiquiátrico. Não se lembra?

— Hospital? Onde?

— Na Colônia Santana.

— Não! Digo, em que cidade?

— Florianópolis.

— Froriano... Adondes fica essa cidade?

— Como aonde? — o médico voltou o olhar para Marcelo após ver a resposta no papel — Onde ele pensa que está?

Marcelo fez a pergunta.

— Nas terras de Dom Alejandro De Figueiras e Caetano, marques da Catalúnia.

Os dois homens se entreolharam.

Marcelo escreveu rapidamente no papel.

— Em que ano? — leu.

— No ano de um mil seiscentos e vinte e cinco da graça de Nosso Senhor Jesus Cristo.

— Incrível! Isso é Incrível! – comemorou Marcelo.

— Esse homem está doente... Que provas podemos ter de que não está fingindo? Acho que não está funcionando. — cortou o médico.

— Creio que está falando a verdade!!

— Se for mesmo a verdade... então... estamos a um passo de uma grande descoberta.

— O que faz nas terras de Dom Alejandro! — perguntou Marcelo voltando a atenção ao paciente.

— Eu vim para quebrar as forças ocultas que operam no local, através das bruxas e seus sacrifícios maléficos para o ser bestial. Vim a mando de nosso Pai Eterno para sua honra e sua glória.”

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário? 

Ivair Antonio Gomes: Tenho minha página na amazon.com.br, como autor, lá estão todas as minhas obras. Mas tenho página no Facebook, no Instagram, Twitter. Apesar de saber usar um pouco mais o Facebook. 

Conexão Literatura: Quais dicas daria para os autores em início de carreira?

Ivair Antonio Gomes: Não desistam. Não é fácil. Mas não desistam. O corredor só ganha a medalha no final da corrida. 

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

Ivair Antonio Gomes: Sim! Vários. Mas temos trabalhos paralelos que nos fazem ir mais devagar. Tenho dois livros de mistérios policiais, ‘O quinto Homem” e “Mistério em Portugal”, depois tenho mais duas fantasias espaciais, “Alminar” e “Os Sete”... os nomes ainda são provisórios.

Perguntas rápidas:

Um livro: Servidão Humana, Somerseth Maughan.

Um ator ou atriz: Angelina Jolie, pela beleza, pela força e coragem e pelo que representa no mundo.

Um filme: “Inimigo Meu” de 1985.

Um hobby: Coleção de Bonecos Star Wars.

Um dia especial: 25/04/2011 – Meu casamento.

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário? 

Ivair Antonio Gomes: Meus Endereços na Web. 

https://www.facebook.com/ivair.gomes.9275/

https://www.instagram.com/ivair_antonio_gomes/

e-mail: xstranho@gmail.com

Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA
clique sobre a capa

DO INCISIVO AO CANINO - BERT JR.

MAFRA EDITIONS

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

DIVULGUE O SEU LIVRO

FUTURO! - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels