Mostrando postagens com marcador Disal. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Disal. Mostrar todas as postagens

domingo, 5 de julho de 2020

Dia da Pizza: histórias, curiosidades e receitas deste símbolo da gastronomia


Seleção da Disal taz obras que ajudam os apaixonados por pizza a entender a origem, as variações pelo globo e um pouco mais da cultura italiana

O Dia da Pizza é celebrado em 10 de julho. A data foi instituída em 1985 por ocasião do encerramento de um concurso no estado de São Paulo que elegeria as 10 melhores receitas. A primeira pizzaria do Brasil foi aberta em 1910 e, somente na cidade de São Paulo, são consumidas cerca de 1 milhão de pizzas por dia.

Para celebrar toda a paixão gastronômica por essa receita tão tradicional, a Disal preparou uma seleção que é um verdadeiro mergulho na história e nas variações em diferentes regiões do planeta, incluindo títulos assinados por famosos e guia para aprender italiano cozinhando.

Confira:

Receitas De Pizza - 50 Cartas Que Ensinam A Fazer Massas, Molhos E Recheios
Jaqueson Dichoff

 A pizza era, originalmente na Itália, um alimento dos plebeus. Ela passou a ganhar o devido reconhecimento nas mãos do pizzaiolo Raffaele Esposito no final do século XIX, quando ele desenvolveu a pizza margherita, batizada assim em homenagem a rainha Margherita. Neste livro em forma de caixinha estão reunidas algumas das melhores receitas desse sabor real (incluindo a margherita), várias dicas de preparo da massa e do molho e os utensílios indispensáveis na cozinha. Você vai aprender as técnicas de um dos mais consagrados pizzaiolos do Brasil e saber como fazer pizza com massa tradicional, integral, sem glúten e de frigideira. Uma obra deliciosa para ter em casa e presentear os amigos.


Baco - Em Busca Da Pizza Perfeita
Luiz Recena Grassi

Nada melhor do que o deus do vinho e das festas para dar nome a uma pizzaria. “Baco: em busca da pizza perfeita” narra os 10 anos de um restaurante que surgiu com novas propostas em termos de gastronomia. Um registro para a memória da capital do Brasil e do contínuo aprendizado que leva à realização de um sonho. Escrito por um jornalista "conhecedor" dos bons pratos, o livro, que vem recheado de fotografias e das experiências vividas pelo proprietário Gil Guimarães, conta, ainda, com diversas receitas, com destaque para as de pizza feitas com fermentação natural, que fizeram o local ser eleito uma das melhores pizzarias do Brasil.


Pizza: Uma História Global
Carol Helstosky

A pizza que consumimos nos dias de hoje, redonda com molho de tomate e coberta com queijo, surgiu na cidade italiana de Nápoles, por volta do século 18. Contudo, a massa em forma de disco assada em forno e com cobertura foi criada bem antes, há 6 mil anos, consumida por hebreus e egípcios e chamada de “pão de Abrahão” ou “piscea”.

Desde então, o debate sobre a melhor maneira de fazer uma pizza é interminável. Ela pode ser de massa fina ou grossa; ser coberta com pepperoni, atum, mussarela, manjericão... Não importa a combinação dos ingredientes, a pizza pode ser preparada de diversas maneiras. Neste livro, Carol Helstosky apresenta a fascinante e agitada história da pizza, desde onde surgiu até os dias atuais, em que podemos encontrá-la em todos os cantos do planeta. O livro também traz receitas para que o leitor possa comprovar a deliciosa simplicidade e complexidade desse prato.


Pizza do Faustão
Fausto Silva e Massimo Ferrari

Com receitas do papa da culinária italiana Massimo Ferrari e apresentação de Fausto Silva, o livro traz um pouco de história desse prato tão consumido pelos brasileiros e os 14 mandamentos de uma boa pizza, além de 51 receitas, com fotos incríveis que mostram o passo a passo de pizzas como Aperitivo, Clássicas, Inventadas, dos Famosos e Doces. Os fenícios deram uma contribuição fundamental à receita inicial criando a cobertura, que levava carne e cebola – mal sabiam eles que o formato atual passaria a ser feita com dezenas de ingredientes. Mas foi em Nápoles que a pizza se popularizou: era vendida em barracas nas ruas, dobradas ao meio, e até com pinhão como recheio! E foi nesse porto, por intermédio dos espanhóis, que o molho de tomate – ingrediente essencial – desembarcou.


Italiano na cozinha
Angela Emilia Mela

A comunidade italiana no Brasil é a segunda maior do mundo. Nesta obra podemos conhecer, por meio das receitas caseiras regionais da Itália, um pouco das histórias pessoais da autora e de curiosidades da cultura italiana. Além da tradução das receitas, que incluem algumas de pizza, o livro contém um amplo vocabulário italiano-português que contempla desde o preparo das receitas até os ingredientes e utensílios utilizados. Uma forma primorosa e apetitosa de se aprender a língua italiana. A autora, Angela Mela vive em Roma e dá aulas e palestras sobre a história da cozinha italiana.



Sobre a Disal Distribuidora: Há mais de meio século em operação, é considerada a mais importante distribuidora de livros e materiais didáticos do Brasil para o ensino de idiomas, e, também, técnicos e científicos, de ciências humanas e sociais, literatura, autoajuda e conhecimentos gerais. Possui um catálogo com 300 editoras e mais de 300 mil títulos comercializados. Tem 18 filiais distribuídas nas principais cidades do país e um portal em que é possível encontrar todos os serviços e produtos oferecidos. Saiba mais em www.disal.com.br
Compartilhe:

quarta-feira, 17 de junho de 2020

Plataforma permite que escolas e professores tenham a própria livraria virtual como renda extra

Disal Matriz
Disal Digital oferece toda a estrutura de um grande varejo, do sistema à entrega, e é alternativa para o profissional de ensino não ficar parado em tempos de quarentena

Com a quarentena, muitas redes de varejo abriram seus canais para ajudar o pequeno comércio ou empreendedor individual a continuar trabalhando. A Disal, referência no mercado de livros , faz isso desde 2017, muito antes da crise do novo coronavírus, quando lançou a plataforma Disal Digital, um sistema que permite que escolas e professores montem a sua própria livraria virtual e ganhem dinheiro com algo que já fazem rotineiramente: indicar os materiais didáticos para os alunos.

A ferramenta foi criada para ser acessível e sem burocracia. Para se afiliar, a pessoa física ou jurídica paga uma taxa única de adesão no valor de R$ 50 e uma mensalidade de R$ 9,90. Só no ano passado foram 328 novos afiliados, 2.335 obras vendidas e um tíquete médio de R$ 167. A estimativa é de que o valor inicial investido seja recuperado em menos de um mês.

No Disal Digital, os professores e escolas podem colocar em destaque os livros que adotam, com opção de indicar a publicação através do link da sua livraria, evitando equívoco do aluno no momento da compra. A cada venda concretizada o afiliado recebe uma comissão de até 30% do valor do livro vendido. Além disso, a plataforma permite acompanhar todos os pedidos feitos, livros vendidos, clientes cadastrados e valor de comissão de cada transação.

Com um site de fácil navegação, o aluno pode encontrar e comprar uma variedade de produtos além dos indicados pelo professor, aumentando as vendas e, por consequência, a comissão do afiliado. O suporte da Disal também auxilia os afiliados no momento de definir a definir adoção de outros livros e a solucionar dúvidas sobre produto.

Outro benefício são as campanhas de incentivo de vendas e premiação para os afiliados em destaque. Em 2019, foram três campanhas que premiaram os melhores resultados com cesta de livros no valor de R$ 2.500, com frete grátis, kit de marketing com banners, cartões, flyers para divulgar a escola e a livraria virtual, e atualizações na Troika, referência em cursos para professores. A campanha desse ano dará ao ganhador R$ 800,00 em prêmios, como máquina de café da Nespresso, fone de ouvido da JBL e/ou um projetor para auxiliar nas aulas.

“O Disal Digital além de trazer retorno financeiro traz uma facilidade na questão de conseguir que os nossos alunos tenham acesso ao nosso material.  Na quarentena, por exemplo, estamos abrindo turma nova e a praticidade de se enviar um link para o aluno comprar o livro e receber em casa é muito grande. Outro ponto que foi decisivo para nós foi de conseguir rentabilizar a venda dos livros. Algo que antes não era possível da maneira com que vendíamos aos alunos, relatam Levy e Renata, sócios do Curso Livre de Línguas Internacionais (CLLI).”

Sobre a Disal Distribuidora: Há mais de meio século em operação, é considerada a mais importante distribuidora de livros e materiais didáticos do Brasil para o ensino de idiomas, e, também, técnicos e científicos, de ciências humanas e sociais, literatura, autoajuda e conhecimentos gerais. Possui um catálogo com 300 editoras e mais de 300 mil títulos comercializados. Tem 18 filiais distribuídas nas principais cidades do país e um portal em que é possível encontrar todos os serviços e produtos oferecidos. Saiba mais em www.disal.com.br

CONFIRA A ENTREVISTA QUE FIZEMOS COM JAIME CARNEIRO, GERENTE COMERCIAL DA DISAL:

Conexão Literatura: A Disal, considerada a mais importante distribuidora de livros e materiais didáticos do Brasil para o ensino de idiomas, e, também, técnicos e científicos, de ciências humanas e sociais, literatura, autoajuda e conhecimentos gerais, está ganhando cada vez mais notoriedade no incentivo a leitura com suas campanhas em tempo de quarentena. Poderia comentar?

Jaime Carneiro: A Disal não poderia ficar alheia ao momento que todos nós estamos vivemos. Com muita disposição está colocando ao alcance do público o seu acervo em condições muito vantajosas. 

Conexão Literatura: A Disal possui um catálogo com 300 editoras, tem mais de 300 mil títulos comercializados, e tem 18 filiais espalhadas pelo país. Como está sendo o trabalho interno com os funcionários da Disal nessa quarentena?

Jaime Carneiro: Por viver uma situação inusitada até então, a Disal fez questão de manter toda sua equipe, utilizando para isto as soluções colocadas pelo governo, como a redução da jornada e/ou a suspensão do contrato de trabalho. Além de colocar em home office as pessoas de maior risco.

Conexão Literatura: A Disal oferece convênios corporativos para empresas, para que elas possam incentivar a leitura para seus funcionários, uma ótima iniciativa para um Brasil melhor. Poderia comentar?

Jaime Carneiro: A missão da Disal é: Contribuir para a disseminação de conhecimento. Com a distribuição eficaz de conteúdos e serviços especializados, agregar valor para a sociedade, clientes, colaboradores e fornecedores. Isto explica as ações da Disal.

Conexão Literatura: E sobre os convênios com as escolas?  

Jaime Carneiro: A Disal está sempre buscando soluções para os clientes. Diante das dificuldades dos pais de encontrarem os produtos necessários, foi encontrada esta solução. A ação tem sido muito bem aceita pelas escolas e pelos pais.

Conexão Literatura: A Disal possui uma plataforma bem completa para atender seus usuários: https://www.disal.com.br e possui interação também nas redes sociais. Se possível, deixe os links para os nossos leitores.  

Jaime Carneiro: 

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

Jaime Carneiro: A Disal está sempre buscando novas e melhores soluções para os vários segmentos que atende. 
Compartilhe:

terça-feira, 16 de junho de 2020

5 Livros para celebrar o Dia Nacional da Imigração Japonesa


Disal traz um panorama do idioma, hábitos e costumes em seleção que vai de dicionário até a história do cinema japonês no bairro da Liberdade, em São Paulo

Em 18 de junho é celebrado o Dia Nacional da Imigração Japonesa. A data faz referência à chegada do primeiro navio com imigrantes japoneses em território nacional, em 1908. Passados mais de 100 anos, o Brasil é o país que abriga a maior comunidade japonesa fora do Japão, com mais de 1,6 milhão de descendentes. Para homenagear a comunidade e os fãs da cultura nipônica, a Disal selecionou algumas obras onde é possível entender um pouco mais sobre das tradições, costumes e idioma.

Confira: 

Meu avô japonês
Fabiana Shizue

Na obra, Isabel aprende com seu avô como foi a adaptação dos imigrantes japoneses em terras brasileiras, os rituais e celebrações típicos do Japão e descobre que, mesmo tendo nascido aqui, ela também faz parte da história de seu povo e pode ajudar a preservar a cultura japonesa.

Cinema japonês na Liberdade
Alexandre Kishimoto

Com linguagem precisa, agradável e direcionada diferentes públicos, não só os cinéfilos, o livro provoca ampla percepção do passado do cinema japonês no Brasil desde que chegou com projeções ambulantes no meio rural, por volta de 1926, e aponta, ainda, a repressão do regime de Getúlio Vargas à colônia nipônica na década de 1940, a constante catarse provocada pelos filmes japoneses nos espectadores, a diversidade em gêneros e estilos dessa produção cinematográfica e sua influência na obra de cineastas brasileiros.

Você Conhece a Joana?
Bilíngue Português-japonês
Maria Eugenia

Você conhece as Joanas? Elas têm o mesmo nome e muitas coisas em comum. Mas as diferenças também não são poucas. Com texto ágil e imagens instigantes, que completam o entendimento da obra, a autora apresenta ao jovem leitor duas meninas chamadas Joana. Elas sabem que são diferentes, mas não deixam que isso se torne um empecilho para uma grande amizade.

Como dizer tudo em japonês
Ron Martinez e Nobuo Yanai

O leitor brasileiro dispõe de muito pouco material didático para o aprendizado do idioma japonês. Faltava uma referência de consulta sobre como expressar-se corretamente em uma infinidade de situações, de uma viagem de turismo até uma reunião de negócios com um cliente estrangeiro. Como dizer tudo em japonês é um guia imprescindível para que você possa expressar exatamente o que deseja, seja você iniciante ou já fluente no idioma, como um falante nativo do japonês faria. Um guia de referência obrigatório em viagens, no escritório e na sala de aula.

3500 palavras em japonês
Thierry Belhassen

Este vocabulário de bolso foi concebido para ajudá-lo a se comunicar em japonês em viagens de negócios ou turismo. Para tornar mais fácil a consulta, as palavras estão classificadas por temas ou situações mais comuns vividas no exterior, tais como: meios de transportes, férias (praia e montanha), vida urbana, compras, trabalho e lazer.

Sobre a Disal Distribuidora: Há mais de meio século em operação, é considerada a mais importante distribuidora de livros e materiais didáticos do Brasil para o ensino de idiomas, e, também, técnicos e científicos, de ciências humanas e sociais, literatura, autoajuda e conhecimentos gerais. Possui um catálogo com 300 editoras e mais de 300 mil títulos comercializados. Tem 18 filiais distribuídas nas principais cidades do país e um portal em que é possível encontrar todos os serviços e produtos oferecidos. Saiba mais em www.disal.com.br
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Anuncie e Divulgue Conosco

Posts mais acessados da semana

COMUNIDADE INFLUXO

SONHOS FULGURANTES - ROBERTO MINADEO

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels