Participe da antologia (e-book) CONTOS E POEMAS ASSOMBROSOS - VOL. VI. Leia o edital

  Participe da antologia (e-book) CONTOS E POEMAS ASSOMBROSOS - VOL. VI.  Leia o edital:  CLIQUE AQUI.

Mostrando postagens com marcador Editora Astrolábio. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Editora Astrolábio. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 21 de março de 2022

Entrevista com Rejane Markman, autora do livro "Mulheres Atrevidas”


Rejane Markman é uma socióloga, professora de universidade, PHd em Comunicação Social. Ela lecionou metodologia científica por trinta anos, ajudando a formar uma geração de jornalistas. Atualmente é youtuber, produzindo vídeos no Canal Metodologia Amigável que discutem metodologia, sociologia, política voltados para a realidade brasileira. É autora de 2 livros acadêmicos: (Música e Simbolização. Manguebeat: Contracultura em versão Cabocla, Ed. Annablume, 2017 e Metodologia Amigável: Parte I – Guia para Criar um TCC de Sucesso (e-book), www.hotmart.com, 2019); Além das Horas, (romance), Sguerra, Florianópolis, 2021 e Mulheres Atrevidas (contos), Ed. Astrolábio, Lisboa, 2022.  

ENTREVISTA: 

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário? 

Rejane Markman: Eu me considero uma “escritora tardia”, pois a ficção chegou em mim depois de uma história de vida acadêmica e veio com a minha aposentadoria em salas de aula universitárias. Em 2007, eu lancei um livro acadêmico e depois um e-book, mas não havia me aventurado na ficção. No ano 2020 comecei, timidamente, a escrever literatura e um pequeno romance surgiu: Além das Horas. Submeti o produto a um especialista e publiquei o livro pela SGuerra, de Florianópolis. 

Conexão Literatura: Você é autora do livro "Mulheres Atrevidas” (Editora Astrolábio, Lisboa, grupo Chiado). Poderia comentar? 

Rejane Markman: Mulheres Atrevidas é um livro sobre o universo feminino, descrito com um ar de erotismo em contos que interpretam a sexualidade e a garra feminina diante de momentos difíceis. São 12 contos em que a mulher é a protagonista que tem problemas sociais e pessoais como pano de fundo. Exploro temas como a sexualidade reprimida, o poder do dinheiro sobre a vida da mulher e até sobre o feminicídio e o racismo. 

Conexão Literatura: Como é o seu processo de criação? Quais são as suas inspirações? 

Rejane Markman: Gosto muito de escrever contos – as short stories – como chamam os americanos, e sou apaixonada pela literatura de Kate Chopin, autora norte-americana também tardia, oprimida em uma época em que as mulheres não podiam se expressar. Os temas me veem de repente, penso as histórias, as vezes antes de dormir, e pela manhã sento no computador e escrevo. Depois de uns dias, eu releio tudo, corrijo e acrescento.  

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do seu livro especialmente para os nossos leitores?  

Rejane Markman: Claro, com prazer! É um trecho do conto “Descobrindo a Paixão”.

“Ela entrou em uma lanchonete e pediu um sanduíche de pernil e um refresco. Quando o garçom trouxe o pedido, ela notou que alguém a fitava fixamente. Olhou ao redor e avistou um homem, sentado do outro lado do balcão, com um sanduíche à frente, olhando para ela. Ele tinha uns óculos de aros escuros e lentes excessivamente grossas que pareciam ter a finalidade de afugentar as pessoas estranhas. Vestia um terno bem cortado e os seus cabelos estavam arrumados com esmero. “Talvez fosse muito tímido e desejasse abordá-la ou talvez fosse um tarado, esperando a ocasião de atacar,” pensou Marina.   

Ela ficou receosa, começou a comer, rapidamente, para ir logo embora e livrar-se daqueles olhos insistentes que continuavam a lambê-la como uma língua úmida. Deixou rapidamente a lanchonete, segurando os seus pacotes pesados, e tomou o primeiro ônibus até a estação de trem para retornar para casa.  

Durante as quase três horas que durava a viagem, ela foi pensando no homem, conjecturando porque ele a teria olhado com tanta insistência. Ela não se achava bonita, nem se vestia bem. Não usava maquiagem nem se preocupava com a beleza. Por que um homem poderia notá-la? Por outro lado, ele não parecia um doente, alguém que procurasse atacar as mulheres. Era bem-vestido e bem-posto. Mas o que queria com ela?”

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário? 

Rejane Markman: A editora do livro é portuguesa e vende também no Brasil. Os interessados em adquirir o livro vejam no www.livrariaatlantico.com.br e, em breve, na amazon.com.br, em formato de e-book.

Para me conhecer melhor, eu tenho um site: www.metodologiamigavel.com onde divulgo meu trabalho acadêmico, livros, artigos para auxiliar quem está fazendo o seu TCC e quer obter informações sobre metodologia científica. Também tenho um canal no Youtube, Metodologia Amigável, onde falo de metodologia e de sociologia, política, filosofia, em linguagem fácil e coloquial, sempre atrelando os temas à realidade atual do país. 

Conexão Literatura: Quais dicas daria para os autores em início de carreira? 

Rejane Markman: Eu também sou um autor “em principio de carreira”! Pela minha experiência, acho que os jovens autores devem ter muito cuidado com a correção da linguagem dos seus livros e no contexto histórico e geográfico das suas histórias. Creio que devem, também, investir em publicações autônomas e na divulgação. 

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

Rejane Markman: Estou produzindo muito e de forma diversificada. Escrevo um novo livro de contos que terá como temática o fantástico e inexplicável. Nesse gênero, gosto muito da literatura de José Luis Borges. Concomitantemente, estou revendo o e-book sobre metodologia científica para publicá-lo em livro físico. 

Perguntas rápidas: 

Um livro: Crime e Castigo, de Dostoevsky.

Um ator ou atriz: Fernanda Montenegro, maravilhosa!

Um filme: A cor púrpura, sobre o racismo e mulheres.

Um hobby: Fazer doces!

Um dia especial: Meu encontro com o meu companheiro: o amor da minha vida. 

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário? 

Rejane Markman: Agradeço ao Conexão Literatura pelo seu trabalho competente e convido a todos os que leram esta entrevista, especialmente as mulheres, a adquirirem o meu livro: Mulheres Atrevidas. É uma forma de prestigiar o universo feminino e pensar sobre questões sociais.

Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA
clique sobre a capa

DO INCISIVO AO CANINO - BERT JR.

MAFRA EDITIONS

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

DIVULGUE O SEU LIVRO

FUTURO! - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels