Mostrando postagens com marcador Editora Desdêmona. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Editora Desdêmona. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Editora Desdêmona lança coletânea escrita apenas por mulheres

Ao todo, 62 autoras brasileiras foram selecionadas para fazer parte da obra As Coisas que as Mulheres Escrevem, que será lançada no Dia Internacional da Mulher

“O que as mulheres desejam? O que as une? O que lhes dá alegria? Quais seus medos e suas angústias?”. Com estes questionamentos, que abrem a coletânea As Coisas que as Mulheres Escrevem, os leitores são convidados a mergulhar em contos, poemas e crônicas escritos por autoras de todo o Brasil. Lançada pela Editora Desdêmona, a obra chega às livrarias a partir do dia 8 de março deste ano.

Ao todo, 62 mulheres encontram na primeira coletânea da Editora Desdêmona um espaço de acolhimento de suas vozes. Os textos promovem uma viagem pelas ideias, sentimentos e histórias que povoam o universo feminino. Assim, a data de lançamento oficial não poderia ser mais condizente: dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Nessa noite, a partir das 18h30min, a Delta Livraria e Papelaria do Passo Fundo Shopping, localizado no município gaúcho de Passo Fundo, há 38 anos sede da Jornada Nacional de Literatura, recebe em seu espaço o evento de lançamento da obra, que deve contar com a presença de autoras, responsáveis pela editora, convidados e público em geral.
No site da editora (www.editoradesdemona.com.br) é possível conferir a lista completa de livrarias parceiras, onde a obra pode ser adquirida fisicamente e online. Lá, encontram-se também as biografias de todas as escritoras que compõem o livro.

Sobre a editora
A Desdêmona é a primeira editora no Norte do Rio Grande do Sul voltada exclusivamente à escrita feminina. Com o objetivo de publicar trabalhos de autoras mulheres e de incentivar autoras iniciantes a publicarem seus trabalhos através de projetos, a iniciativa compreende que, em uma sociedade onde cerca de 70% dos escritores brasileiros são homens, a representatividade feminina dentro da literatura precisa ser incentivada.
O nome da editora é uma homenagem à personagem Desdêmona, da peça de Shakespeare “Otelo, o mouro de Veneza”, encenada pela primeira vez em 1604, em Londres. Na história, Desdêmona é vítima do ciúme delirante do marido, Otelo, que fantasia estar sendo traído e, por isso, a mata por asfixia. A escolha do nome para a editora é uma forma de simbolizar uma nova oportunidade de uma mulher respirar e ser escutada.
Compartilhe:

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Editora Desdêmona: incentivo e espaço para as vozes femininas na literatura

Luciana Lhullier - Editora-chefe da Desdêmona
Em 1847, aquela que seria uma das principais obras da literatura inglesa estava para ser publicada. O romance Jane Eyre, de Charlotte Brontë, foi revolucionário para a época de sua publicação, mas logo que saiu não era o nome da autora que acompanhava o livro, e sim, o pseudônimo Currer Bell. A escolha de um nome não feminino foi justamente para evitar cair nas restrições literárias dos críticos da época em livros escritos por mulheres. De lá para cá já se passaram mais de 170 anos, mas ainda existem certos pensamentos pré-concebidos que a própria sociedade impõe às publicações femininas, o que leva muitas vezes ao desencorajamento de novas obras por elas.

J.K Rowling ficou conhecida pela autoria da famosa saga do bruxo "Harry Potter", mas a britânica foi aconselhada pelo seu editor a não usar seu nome inteiro, Joanne Kathleen, e sim, apenas as suas iniciais para não afastar o público alvo, que eram meninos. Desde 2009, a organização americana VIDA realiza uma pesquisa anual sobre a percepção a respeito das mulheres em revisões de críticos literários, e apesar dos avanços em comparação com a época de Charlotte Brontë, as escritoras ainda são menos revisadas em relação a obras assinadas por homens.

Para incentivar e apoiar a escrita feminina, nasceu em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, uma editora voltada para as mulheres. A Editora Desdêmona é uma iniciativa da autora Luciana Lhullier, conhecida pelas suas obras "No Coração da Floresta" e "A Casa de Dentro e Outras Loucuras". Segundo ela, as mulheres são maioria no mundo e desempenham múltiplas funções diariamente, mas ainda têm pouco destaque em relação ao gênero masculino na literatura brasileira e esse é um fator que deveria ser questionado no país.

"Por conta de pesquisas, sabemos que 72% dos escritores brasileiros são homens. Seria esse um indicativo de que as mulheres não escrevem ou simplesmente não são publicadas? [...] Acredito que as mulheres escrevam, mas suas oportunidades de publicação são menores que as dos homens, por diversas razões, inclusive a de não imaginar que isso seja possível. Diante disso, abrir uma editora para elas faz sentido", explica a autora.

A inspiração para o nome da editora vem da personagem Desdêmona, presente na obra de William Shakespeare, "Otelo, o mouro de Veneza", que através da narrativa e do trágico desfecho, deixou sua marca no cenário literário. Para Luciana, "poucas são as oportunidades das mulheres mostrarem seus textos sem precisar se enquadrar em categorias consideradas (injustamente) menores dentro da literatura", para isso a editora servirá como um o espaço onde as vozes femininas encontrem apoio e encorajamento.

As coisas que as mulheres escrevem

A ideia principal é dar oportunidades para as mulheres na literatura, por isso a Editora Desdêmona vai realizar uma seleção de contos, crônicas e poemas feitos por mulheres que serão publicados sem custo algum para autoras. Os trabalhos irão fazer parte da coletânea "As Coisas que as Mulheres Escrevem", e está aberto para todas que desejam publicar seus textos e assim inspirar novas vozes femininas na literatura. Poderão ser enviados trabalhos de qualquer local do país, que passarão por uma seleção onde será escolhido quais farão parte da coletânea. Para participar basta enviar o seu texto de até cinco páginas, seguindo o regulamento, para o e-mail editoradesdemona@gmail.com até o dia o dia 15/10/18.

Os textos deverão ser enviados em formate PDF, acompanhados por uma fotografia da autora e uma biografia de até dez linhas. Serão aceitos contos de até 15 páginas, crônicas de até 05 páginas e poemas (um ou mais de um) que ocupem até 05 páginas. As autoras com trabalhos selecionados não precisaram pagar nenhuma taxa sobre a publicação, porém os direitos autorais serão cedidos à editora.

Confira o edital do projeto no link: https://goo.gl/AUTmyT e acompanhe a página Editora Desdêmona, no Facebook, para saber mais sobre o projeto.
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Posts mais acessados da semana

Anuncie e Divulgue Conosco

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels