Quem foi Charles Dickens?, por Ademir Pascale

Charles Dickens "Com poucos anos de idade, Dickens carregava o peso de sustentar a devedora e pobre família." *Por Ademir Pasc...

Mostrando postagens com marcador Editora Xeque-Matte. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Editora Xeque-Matte. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 25 de junho de 2019

Entrou em pré-venda o livro "Contos para um mundo melhor", por Cida Simka e Sérgio Simka


A antologia CONTOS PARA UM MUNDO MELHOR, organizada por Cida Simka e Sérgio Simka, e publicada pela Editora Xeque-Matte, encontra-se em pré-venda, com um megadesconto.
O livro traz um diferencial: a temática pouco explorada em antologias. Os autores foram selecionados por causa dos primorosos textos que elevam a nossa autoestima, deixando nossa alma mais contente.
A antologia traz ainda como autor convidado o renomado escritor MANUEL FILHO, agraciado com o prêmio JABUTI 2008, com mais de 55 livros publicados por editoras como Melhoramentos, Ática, Saraiva, Editora do Brasil, Panda Books, Mundo Mirim, Prumo, Paulus, BesouroBox, Escala Educacional, entre outras.
Abaixo, conheça mais sobre o livro e quem são os grandes autores.
Sinopse:

Segundo o escritor britânico J. R. R. Tolkien (1892-1973), “existe algum bem neste mundo, e vale a pena lutar por ele”.

Apesar disso, as pessoas, de um modo geral, parecem ter se esquecido desse lado bom da vida diante de tantas tragédias e acontecimentos desmotivadores no dia a dia.

Mas você, querido leitor, voltará a acreditar que é possível viver bem e em harmonia, mudando até seu comportamento e crença, ao ler a antologia CONTOS PARA UM MUNDO MELHOR. Ela o conduzirá por situações e caminhos, os mais variados possíveis, por meio de tramas que enaltecem o amor, bem-estar, ventura, felicidade, prosperidade, ética, moral, bondade, virtude, amor, justiça, autoconhecimento/autoconfiança, vontade, autorresponsabilidade, motivação, autoestima, perdão, otimismo, espiritualidade, aceitação, solidariedade etc., fatores essenciais para a existência da alma humana, e pouco abordados em antologias.

Autores participantes
Ana Ferreira
Érica Martins
Heloysa Galvão
J.J. de Souza
Andreza Eduarda
Anna Civolani
Marco Antonio Palermo Moretto
Carolina Rosa
Cida Simka e Sérgio Simka
Cris Oliveira
Denise Mendes
André Grejio
João Paulo Moreira
Lu Queiroz
Manuel Filho
Ava B.
Maristela Prado
Priscila Debly
Fernanda Silva

Organização
Cida Simka e Sérgio Simka

Informações Técnicas
Livro: Contos Para Um Mundo Melhor
Editora: Xeque-Matte
ISBN:  9788593344350
Páginas: 114
Formato: 14x21
Tipo: Brochura c/folhas amareladas
Ano: 2019
Classificação: 12 anos

Link para a pré-venda:
https://loja.xequematte.com/contos-para-um-mundo-melhor


Cida Simka é licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Coautora do livro Ética como substantivo concreto (Wak, 2014) e autora dos livros O acordo ortográfico da língua portuguesa na prática (Wak, 2016), O enigma da velha casa (Uirapuru, 2016) e “Nóis sabe português” (Wak, 2017). Organizadora dos livros Uma noite no castelo (Selo Jovem, 2019) e Contos para um mundo melhor (Xeque-Matte, 2019). Integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC.

Sérgio Simka é professor universitário desde 1999. Autor de cinco dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a Série Mistério, publicada pela Editora Uirapuru. Organizador dos livros Uma noite no castelo (Selo Jovem, 2019) e Contos para um mundo melhor (Xeque-Matte, 2019). Membro do Conselho Editorial da Editora Pumpkin e integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC.
Compartilhe:

sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Helena Dias e a antologia Canção das profundezas, por Sérgio Simka e Cida Simka

Fale-nos sobre você.

Meu nome é Helena Dias, tenho 29 anos, sou carioca da gema e graduada em Publicidade e Propaganda. Adoro inverno, viajar, cantar e fazer caminhadas sem destino. Sou virginiana e, fazendo jus ao signo, muito perfeccionista. Leio desde criança, e com o tempo aprendi a gostar de escrever também. Fui uma adolescente muito tímida e passar meus sentimentos para o papel era minha forma de desabafar.
Em 2017, publiquei "As Estações do Medo", pela Editora Xeque-Matte, em parceria com mais três autores. Tenho um conto publicado na Amazon, chamado "Um Passo em Falso" e alguns outros publicados em antologias diversas, mas "Canção das Profundezas" é a primeira que organizo.

ENTREVISTA:

Fale-nos sobre a antologia (e sua participação no livro “As estações do medo”).

Sobre "As Estações do Medo", o Pablo Madeira teve a ideia de fazer um livro de contos de horror que se interligam. Ele sabia de alguns contos que escrevi e me convidou para fazer parte desse livro. A experiência de escrever ao lado de pessoas com estilos completamente diferentes foi muito gratificante. A nossa sintonia foi ótima, o que ajudou muito também. Sem querer acabamos criando uma ambientação que ia crescendo à medida que os contos passavam, deixando cada enredo com sua peculiaridade.
Já sobre "Canção das Profundezas", é uma antologia Dark Fantasy sobre sereias, que tem como objetivo mostrar o lado sombrio dessas criaturas, mostrar pessoas que sucumbiram ao seu canto. Os contos são variados em todos os sentidos: escrita, estilo, tema. Estão superinteressantes, diferentes e, principalmente, sinistros. Acho que os leitores vão gostar.

Como se deu o processo de criação da antologia? Por que o tema?

Então, eu sempre gostei muito de sereias e eu nunca vi uma antologia fantástica em que elas fossem as protagonistas. A partir daí, achei que poderia ser interessante organizar uma. Entrei em contato com o editor da Xeque-Matte, propus minha ideia e ele adorou. Conversamos sobre por um tempo, estipulamos prazos e regras e criamos o edital. Essa foi a hora de fazer a capa. Minha ideia era mostrar uma sereia, mas sem necessariamente mostrar a calda, uma vez que estavam liberados os contos em que as sereias adquirissem pernas em terra firme. Gostei muito do resultado, achei que ficou uma capa harmoniosa e bonita. Após, divulgamos o edital com a revelação da capa. Recebemos contos muito bons e foi difícil selecionar aqueles que mais se destacavam para mim, principalmente, porque queria algo que possuísse certa singularidade. Depois de divulgarmos os selecionados e acertarmos os detalhes de contrato, os contos passaram por revisão e copidesque. Só depois de tudo aprovado é que demos início à diagramação - que está linda demais -, feita pelo Pablo Madeira. Perturbei muito a mente dele (desculpa, Pablo rs) para que tudo ficasse perfeito. Depois, foi só questão de tempo até começar a pré-venda. 

Você também faz design de capa. Fale-nos sobre esse trabalho.

Sim, trabalho como designer gráfico. Faço trabalhos diversos, mas, há alguns anos, meu foco maior tem sido as capas para livros, tanto físicos quanto digitais. Inclusive, faço as capas da Xeque-Matte desde a abertura da editora. Trabalhar com isso é juntar dois amores: livros e design. É um trabalho por etapas. Primeiro sempre faço uma pesquisa antes de começar a desenvolver a capa. É muito importante conhecer o nicho de mercado em que aquele livro será inserido, assim como o seu público-alvo primário e secundário, para, assim, poder criar uma capa atrativa na visão de ambos e que agrade ao autor.

Qual a sua opinião sobre a leitura no país?

Eu acredito na leitura como algo de muita importância para a formação do cidadão. Sei que existem programas que motivam a leitura e acho que estes contribuíram muito para o aumento de leitores no país, porém creio que ainda falta bastante incentivo, principalmente em uma época completamente digital, em que as pessoas estão sempre conectadas.

O que tem lido ultimamente?

Atualmente, estou lendo "Cujo" (Stephen King), Casos de Família (Ilana Casoy) e no Kindle, "Nova Jaguaruara", do Mauro Lopes. Também tenho ingressado no mundo das leituras técnicas e tenho lido bastante sobre construção de texto, desenvolvimento de personagens e diálogos etc.

Quais os seus próximos projetos?

Tenho uma nova antologia preparada, mas ainda vai demorar um pouco para abrir edital. Decidi, também, recomeçar a escrever um livro que deixei parado há algum tempo. E, além disso, estamos preparando um novo "Estações". Estou participando da antologia "Um cantinho todo meu", organizada pela Juliana Daglio.

*Sérgio Simka é professor universitário desde 1999. Autor de cinco dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a coleção Mistério, publicada pela Editora Uirapuru. Membro do Conselho Editorial da Editora Pumpkin e integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC.

Cida Simka é licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Coautora do livro Ética como substantivo concreto (Wak, 2014) e autora dos livros O acordo ortográfico da língua portuguesa na prática (Wak, 2016), O enigma da velha casa (Uirapuru, 2016) e “Nóis sabe português” (Wak, 2017). Integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC.
Compartilhe:

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Saiu o edital com as regras para participação na antologia "Contos Para Um Mundo Melhor", da editora Xeque-Matte, com organização de Sérgio Simka e Cida Simka


Sinopse: Segundo o escritor britânico J. R. R. Tolkien (1892-1973), “existe algum bem neste mundo, e vale a pena lutar por ele”.

Apesar disso, as pessoas, de um modo geral, parecem ter se esquecido desse lado bom da vida diante de tantas tragédias e acontecimentos desmotivadores no dia a dia.

Mas você, querido leitor, voltará a acreditar que é possível viver bem e em harmonia, mudando até seu comportamento e crença, ao ler a antologia CONTOS PARA UM MUNDO MELHOR. Ela o conduzirá por situações e caminhos, os mais variados possíveis, por meio de tramas que enaltecem o amor, bem-estar, ventura, felicidade, prosperidade, ética, moral, bondade, virtude, amor, justiça, autoconhecimento/autoconfiança, vontade, autorresponsabilidade, motivação, autoestima, perdão, otimismo, espiritualidade, aceitação, solidariedade etc., fatores essenciais para a existência da alma humana, e pouco abordados em antologias.
____________________________________________

Organizadores: Sérgio Simka e Cida Simka
Capa: Helena Dias

Confira as regras no edital e participe: https://goo.gl/6AtQUe
Compartilhe:

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Fernanda Patrocínio e o livro Só uma vez, por Sérgio Simka e Cida Simka

Fernanda Patrocínio - Foto divulgação
Fale-nos sobre você.

Sou Fernanda, nasci em 1985 em Brasília, onde moro até hoje. Sou formada em jornalismo pela UnB e trabalho com comunicação. Tenho muito amor pelas artes em geral, principalmente literatura, cinema e música. Sempre gostei de ler e em algum momento isto me levou a querer escrever algumas coisas também.

ENTREVISTA:

Fale-nos sobre seu livro.

O livro nasceu de uma música. Eu ia começar um curso de roteiro em Los Angeles e me pediram que já pensasse em algo que quisesse desenvolver como roteiro. Eu pensava, pensava, mas não conseguia chegar em nada que me motivasse de verdade. Então um dia ouvi uma música ("You Only Live Once" do The Strokes) que era leve, jovem e meio nostálgica. Me veio uma cena completa na cabeça: um grupo de adolescentes felizes, curtindo a vida sem pensar muito no que viria, olhando pra foto, sorrindo, achando (e quase sabendo) que não tinha como nada dar errado. Desse jeito que você faz quando é muito jovem e a vida é cheia de possibilidades. Queria escrever algo sobre isso. E sobre o processo de crescimento também, porque adolescência tem tudo a ver com esse desafio. Acho que o livro dá conta dessas duas coisas de uma maneira leve e divertida.

Fale-nos sobre seu processo de criação.

Com essa ideia inicial na cabeça, comecei a desenvolver a trama. Como os primeiros esboços da história nasceram enquanto eu fazia o curso, o processo foi bem organizadinho. Primeiro pensei num conflito a ser resolvido, depois estruturei cada personagem, tentando fazer contrapontos entre eles. Depois dividi tudo em três atos, depois cada ato em cenas até chegar ao final. Claro, mudei muitas coisas depois, mas fui seguindo à risca esse passo a passo e acho que foi uma excelente maneira de me organizar. 

Como o leitor interessado deverá proceder para saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho?

Eu mantenho uma página no facebook e um perfil no instagram onde posto algumas coisas que escrevo e também alguns outros conteúdos que acho interessante. A página é "Histórias Pra Contar" e no instagram @Historias_pracontar.

Como analisa a questão da leitura no país?


O Brasil é um país onde tradicionalmente se lê pouco. Acho até que se tem lido mais ultimamente, mas fico meio em dúvida se esse negócio de ler "até bula de remédio" é realmente um boa, sabe? De forma geral, acho legal buscar referências. Não precisa ser só na escola, hoje está cheio de "booktubers" por aí que trazem boas dicas de livros pra todos os estilos. E alguns são tão bons que realmente te inspiram a ler obras de peso. 

O que tem lido ultimamente?

Teve uma fase que estava lendo mais livros sobre a escrita, como o "Romancista por Vocação" do Haruki Murakami e "Reading Like a Writer", da Francise Prose, não sei dizer se este último tem tradução pro português. Aí senti falta de ler literatura e comecei a ler agora o clássico "Madame Bovary" do Gustave Flaubert. E o meu livro também, que li e reli mil vezes no processo de revisão!

Quais os seus próximos projetos?


Tenho mais um livro na gaveta, mas quero mexer muito nele ainda antes de pensar em publicar. E, como eu disse, gosto da arte em geral. Tenho vontade de extrapolar a literatura e escrever músicas, roteiros de filmes ou quem sabe uma peça de teatro. Por enquanto são só planos megalomaníacos, de repente com o tempo eles vão acontecendo de verdade!

*Sérgio Simka é professor universitário desde 1999. Autor de cinco dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a coleção Mistério, publicada pela Editora Uirapuru.

Cida Simka é licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Coautora do livro Ética como substantivo concreto (Wak, 2014) e autora dos livros O acordo ortográfico da língua portuguesa na prática (Wak, 2016), O enigma da velha casa (Uirapuru, 2016) e “Nóis sabe português” (Wak, 2017).
Compartilhe:

domingo, 4 de março de 2018

Eduardo Abreu e a Editora Xeque-Matte, por Sérgio Simka e Cida Simka

Eduardo Abreu - Foto divulgação
Eduardo Abreu nasceu em Juiz de Fora, Minas Gerais, no dia 24 de março de 1995. É graduando do curso de Administração. Em 2016 criou a Editora Xeque-Matte com o objetivo de expandir a literatura e criar uma casa editorial que se valorize pelos princípios éticos e de qualidade aos autores e leitores. É editor-chefe na Editora, dono e atua na área da gestão de projetos estratégicos.

ENTREVISTA:

Você é editor da Editora Xeque-Matte. Fale-nos sobre ela. Como é o seu trabalho? Recebe quantos originais por mês? Quantos são publicados? Quem quiser publicar por sua editora quais os procedimentos a serem adotados?

A Editora XM nasceu da necessidade de criar uma casa editorial que possibilite a difusão da literatura nacional e que seja exemplo de respeito aos leitores, e principalmente aos seus escritores. Ela foi fundada em outubro de 2016 e já possui 20 contratos nacionais em 1 ano de fundação. Desses 20, mais da metade já publicados.

Meu trabalho consiste na coordenação de todos os processos ligados à edição dos livros. Atuo praticamente em todas as áreas dentro da editora, mas não atuo sozinho. Por trás de um grande editor existe uma equipe de profissionais brilhantes e eficientes, que cuidam de cada etapa da edição do recebimento dos originais até o lançamento.

Recebemos aproximadamente 200 originais durante o ano de 2017, destes foi aprovada uma quantidade X e negociada para a publicação. Muitos dos títulos recebidos não se adequavam ao nosso catálogo, como, por exemplo, livros religiosos e não ficção.

Como analisa a questão dos e-books?

O e-book é uma ferramenta de propagação de conhecimento e de expansão cultural, e permite que os livros possam ser acessados de qualquer dispositivo tecnológico em qualquer lugar e mesmo sem internet. Acredito que exista um grande público potencial leitor do livro em formato digital, crescendo cada vez mais.

Quais são suas leituras preferidas?

Gosto de ler ficção científica.

Que conselho pode dar a um escritor principiante?

Como já dizia Hemingway em uma de suas frases: "O escritor é individualista, precisa de introspecção para encontrar sua própria voz, mas também precisa ser curioso, pesquisar, percorrer rotas externas". Parafraseando-o posso deixar como dicas essas:
1- leia, leia muito! A voz de um autor reflete sua construção de mundo;
2- Escreva sobre o que gosta e abuse da criatividade e da imaginação;
3- Tenha disciplina na escrita e escreva muito, quanto mais escrever mais domínio da escrita terá;
4- Aprimore sua história relendo-a e dando uma construção bem-estruturada aos personagens e cenários, evitando furos e fugas cronológicas.

Quais os próximos projetos da editora?


Uma das principais metas da editora é o alcance dos leitores às nossas obras. Queremos nos próximos anos participar de eventos literários e até mesmo organizar eventos que exponham os trabalhos da XM e que expandam ainda mais a literatura nacional.
Queremos participar de Bienais, mas esse ainda é um problema em nosso país pelo alto custo de investimento que uma editora pequena enfrenta para viabilizar esse projeto.

*Sérgio Simka é professor universitário desde 1999. Autor de cinco dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a coleção Mistério, publicada pela Editora Uirapuru.

Cida Simka é licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Coautora do livro Ética como substantivo concreto (Wak, 2014) e autora dos livros O acordo ortográfico da língua portuguesa na prática (Wak, 2106), O enigma da velha casa (Uirapuru, 2016) e “Nóis sabe português” (Wak, 2017).
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels