Mostrando postagens com marcador Festival Literário Nacional. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Festival Literário Nacional. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 12 de novembro de 2019

Canela Fina, Neojiba e grupo Stripulia se apresentam para crianças em evento literário em Cajazeiras

Grupo Canela Fina - Foto Divulgação
Programação infantil do Festival Literário Nacional (Flin) contará com atrativos como lançamentos de livros, contações de histórias, brincadeiras, apresentações teatrais e musicais

O espaço infantil da primeira edição do Festival Literário Nacional (Flin) contará com uma programação diversificada. Nomes como Canela Fina, Neojiba e grupo Stripulia se apresentam no evento que acontece entre os dias 12 e 15 de novembro no Ginásio Poliesportivo de Cajazeira. A programação conta com atrativos como lançamentos de livros, contações de histórias, brincadeiras e apresentações teatrais.

No dia 12, a contação de história começa às 8h30 com Argemira Silva (Mira), com a personagem Emília, conta histórias desde os clássicos da literatura infantil a histórias contemporâneas. Às 10h, Juninho une elementos tradicionais da narração de histórias com músicas autorais, cirandas, teatro de fantoches e brincadeiras. Às 13 horas o grupo Pé de Lata fará recreação e animação infantil. Raí Santana na pele do Palhaço Mandioca se apresenta às 16 horas contando história clássicas da literatura infantil.

Pé-de-Lata - Foto Divulgação
O Espaço Infantil no dia 13 de novembro começa com a contação de história do grupo Canela Fina.  O grupo vem se destacando ao associar educação musical, psicologia da música e arte terapia. Nas apresentações proporcionam ao público infantil músicas com arranjos próprios e instrumentações variadas, aperfeiçoando a percepção e apreciação musicais das crianças. Com diversos estilos e com temas do universo infantil, o show apresenta músicas compostas pelos integrantes do grupo ou amigos e também versões de canções de domínio público.

Às 14 horas terá a orquestra de violões do programa Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (Neojibá). O Núcleo foi criado em 2016 e funciona no Centro de Cultura e Cidadania Pirajá, localizado dentro do Parque São Bartolomeu. Neste Núcleo são realizadas aulas de percussão, flauta doce, pífano e iniciação musical para crianças e adolescentes de 5 a 22 anos, com coordenação de Samuel Egídio. O dia segue com O espetáculo teatral da BIML e contações de histórias com Cynthia Araújo.

A teatralização de história de Emília Nuñez abre o dia 14. Carol Levy se apresenta às 10 horas. No Conto de Casa, Carol convida a plateia a entrar na sua casa participando da montagem, cantando, sugerindo o que vai acontecer na história e até mesmo ajudando a cantora cozinhar. O grupo das Sete Mulheres se apresenta às 14 horas. O espetáculo Saltimbancos do grupo Stripulia fecha a programação infantil do dia.

De acordo com a responsável pela programação do espaço infantil na Flin, Patricia Porto, as atividades têm o intuito de promover o incentivo a leitura e a interação das crianças, família e professores em diferentes formas de literatura. "As atividades infantis em festas literárias ampliam o processo de crescimento intelectual da criança, e, através da ludicidade, facilita no processo de socialização, expressão e construção do pensamento", destaca Patrícia.

Flin é abreviação do Festival Nacional Literário (Flin): Diversas Leituras & Novos Caminhos - projeto realizado pelo Governo do Estado da Bahia e coordenado pela Secretaria de Cultura (SecultBA), através da Fundação Pedro Calmon (FPC/SecultBA).  O Festival conta com a parceria das secretarias de Administração (SAEB), através da Superintendência de Atendimento ao Cidadão (SAC); de Comunicação (SECOM); de Educação (SEC); de Meio Ambiente (SEMA); de Saúde (SESAB), através da Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia (HEMOBA); de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE), através do Serviço de Intermediação para o Trabalho (SINEBAHIA) e da Superintendência  dos Desportos do Estado da Bahia (SUDESB); de Políticas para as Mulheres (SPM); de Promoção da Igualdade Social (SEPROMI); de Tecnologia e Ciência (SECTI); de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), através da Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON) e de Turismo (SETUR), através da Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia (Bahiatursa), além da Defensoria Pública do Estado da Bahia; da Empresa Gráfica da Bahia (EGBA); do Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA) e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB).

MAIS INFORMAÇÕES:
www.flin.ba.gov.br
www.instagram.com/flinoficial
Serviço
I Festival Literário Nacional – FLIN
Quando: 12 a 15 de novembro (terça-feira até sexta-feira)
Horário: a partir das 8h30min
Onde: Ginásio Poliesportivo de Cajazeira
Endereço: Estr. do Coqueiro Grande, 127 - Fazenda Grande 2, Salvador - BA, 41340-050

Programação:
Quando: 12/11(terça-feira)

>>>ESPAÇO INFANTIL<<<
08h30 CONTAÇÃO DE HISTÓRIA
10h JUNINHO CONTA HISTÓRIA
13h GRUPO PÉ DE LATA
16h CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS com ator Raí Santana

Quando: 14/11(quarta-feira)

>>>ESPAÇO INFANTIL<<<
08h30 CONTAÇÃO DE HISTÓRIA - CONTO DAS ÁGUAS com Emília Nuñez é escritora de livros infantis
11h PINTURA DE ROSTO
14h ORQUESTRA DE VIOLÕES
15h ESPETÁCULO TEATRAL CIA DE TEATRO DA BIML
15h30 CONTAÇÕES DE HISTÓRIAS

Quando: 14/11(quinta-feira)

>>>ESPAÇO INFANTIL<<<
08h30 - Teatralização de História
10h - Show conto de Casa
14h - Contação de Histórias - Canela Fina
16h- Espetáculo Saltimbancos

Quando: 15/11(sexta-feira)

>>>ESPAÇO INFANTIL<<<
8h30 CORTEJO CULTURAL

>>>SERVIÇOS<<<
08h30 às 17h

Doação de Mudas

Sine Móvel

PROCON Móvel

Centro de referência Milton Santos

Unidade móvel de atendimento às mulheres

Onde: Ginásio Poliesportivo de Cajazeira

Aberto ao Público 

Compartilhe:

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Lázaro Ramos e Luedji Luna abrem Festival Literário Nacional com o projeto O Violão e A Palavra

Lázaro Ramos - Crédito Bob Wolfenson
Um bate-papo informal intercalado por música com o ator e escritor Lázaro Ramos e a cantora Luedji Luna abre o Festival Literário Nacional (Flin): Diversas Leituras & Novos Caminhos. No dia 12 de novembro, às 10h, o Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, recebe essas duas gerações de artistas, que não abrem mão de expressar um olhar crítico sobre o nosso tempo, para falar de suas trajetórias, processos criativos e inspirações. 

Lázaro lembra que quando era adolescente, os eventos culturais de Salvador sempre transformavam seu olhar sobre a realidade. "Eu sou fruto disso. Quando eu vivia na Fazenda Garcia, os eventos culturais que aconteciam na cidade, onde eu podia interagir com outros temas que não estavam no meu dia-a-dia, e ter acesso a mais conhecimento, transformavam minha vida. Sei que será assim para Cajazeiras".

O ator, apresentador, cineasta e escritor baiano, iniciou a carreira artística no Bando de Teatro Olodum, em Salvador, e ganhou visibilidade nacional ao participar de diversos programas de TV, novelas e peças de teatro. Já atuou em filmes nacionais, como Madame Satã (2002), O Homem que Copiava (2003) e Ó Paí, Ó (2007). Na literatura, se dedica a escrita infantil desde os anos 2000. Em 2017 lançou o livro Na Minha Pele, voltado ao público jovem e adulto, com quem compartilha reflexões e experiências pessoais, envolvendo questões raciais, gênero e família.

A cantora Luedji, que divide espaço com Lázaro, iniciou seus estudos em música na Escola Baiana de Canto Popular. Também é natural de Salvador e é co-fundadora do projeto Palavra Preta – mostra que reúne compositoras e poetisas pretas de todo o Brasil. Foi membro do Bando Cumatê, coletivo engajado na pesquisa, difusão e fomento das manifestações artísticas tradicionais da cultura brasileira.
Luedji Luna - Elói Corrêa-GOVBA
O coordenador do Flin e diretor da Fundação Pedro Calmon (FPC/Secult), Zulu Araújo, conta que O Violão e a Palavra é um projeto da fundação que busca estimular o livro, a leitura e a escrita, por meio de ícones da música e da literatura. "Buscamos apresentar artistas importantes no cenário musical brasileiro, em diálogo com escritores para que, em particular, a juventude, perceba que ler e escrever é fundamental para a formação da cidadania", afirma.

O projeto acontece desde 2016, quando foi lançado na Flica (Festa Literária Internacional de Cachoeira) e une a leitura, a memória e a música em um encontro cantado. Nesta edição, no primeiro Festival Literário do Governo do Estado, tem a oportunidade de dar destaque a duas importantes expressões baianas: Luedji, através da música, e Lázaro, a partir da sua atuação em novelas, filmes e escritos infantis. 

Confira aqui a programação completa.

Flin é abreviação do Festival Nacional Literário (Flin): Diversas Leituras & Novos Caminhos - projeto realizado pelo Governo do Estado da Bahia e coordenado pela Secretaria de Cultura (SecultBA), através da Fundação Pedro Calmon (FPC/SecultBA).  O Festival conta com a parceria das secretarias de Administração (SAEB), através da Superintendência de Atendimento ao Cidadão (SAC); de Comunicação (SECOM); de Educação (SEC); de Meio Ambiente (SEMA); de Saúde (SESAB), através da Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia (HEMOBA); de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE), através do Serviço de Intermediação para o Trabalho (SINEBAHIA) e da Superintendência  dos Desportos do Estado da Bahia (SUDESB); de Políticas para as Mulheres (SPM); de Promoção da Igualdade Social (SEPROMI); de Tecnologia e Ciência (SECTI); de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), através da Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON) e de Turismo (SETUR), através da Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia (Bahiatursa), além da Defensoria Pública do Estado da Bahia; da Empresa Gráfica da Bahia (EGBA); do Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA) e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB).

MAIS INFORMAÇÕES:

Serviço
I Festival Literário Nacional – FLIN
Quando: 12 a 15 de novembro (terça-feira até sexta-feira)
Horário: a partir das 8h30min
Onde: Ginásio Poliesportivo de Cajazeira
Endereço: Estr. do Coqueiro Grande, 127 - Fazenda Grande 2, Salvador - BA, 41340-050
Compartilhe:

sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Festival Literário Nacional divulga programação oficial com artistas e escritores de todo país

Regina Navarro Lins - Foto divulgação
De 12 a 15 de novembro, nomes locais e nacionais irão pautar as rodas, mesas e conversas sobre leitura em Salvador. Isto, por conta do I Festival Literário Nacional: Diversas Leituras e Novos Caminhos, realizado pelo Governo do Estado, no bairro de Cajazeiras.

Durante os quatro dias, o público participará de uma série de discussões contemporâneas a partir de mesas temáticas construídas pela e para a juventude. A grande região de Cajazeiras é conhecida por sua extensão geográfica e alto índice populacional e foi escolhida por concentrar jovens em idade escolar.

Neste mesmo sentido, o Flin, como já foi carinhosamente apelidado, apresenta uma programação que mescla nomes que conectam várias linguagens artísticas. Na programação geral, estão confirmados os escritores Lázaro Ramos, Regina Navarro, Ryane Leão, Jarrid Arraes; cantores Luedji Luna, MV Bill e Larissa Luz, entre outros convidados.

Na mediação de uma das mesas sobre mulheres na literatura, a professora e pesquisadora Milena Britto, da Universidade Federal da Bahia, comenta a participação de Ryane Leão e Jarrid Arraes no Festival. "O festival traz debates muito atuais. Fico feliz de mediar uma mesa com duas autoras que escrevem a partir de seus percursos como mulheres e trazem, em suas obras, representações de machismo, racismo, homofobia e outros preconceitos, fazendo com que literatura, cidadania e política se encontrem e se projetam em aspectos estéticos antenados com o mundo contemporâneo".

Também estão convidadas as slammers e cordelistas Lilia Diniz (MA), Bell Puã (PE), Kuma França; os cineastas Jamile Coelho e Rodrigo Felha; e outros artistas de diversos segmentos e regiões do país.

Segundo o curador Tom Correia, o Flin pretende estimular o acesso ao livro e a leitura como recursos primários para a integração e o diálogo entre artistas visuais e da escrita, cineastas, slammers, coletivos de poesia e mediadores de origem eclética do bairro de Cajazeiras, mas também de outras regiões de Salvador e do Brasil.

"Acreditamos que o evento vai deixar um legado positivo a médio e longo prazo. Quem sabe revelando nomes de destaque no futuro na música, literatura, quadrinhos ou no cinema. O Flin aposta nos slam's, nos saraus e no grafite como formas legítimas de fazer literatura", diz Tom.

Infraestrutura

O evento possui diferentes espaços divididos para receber diversidade de estilos e idades desta juventude. O palco onde acontecerão as mesas temáticas e  intervenções culturais será a Tenda Cultural. No lado externo, a quadra se tornará Arena Leia e Passe Adiante, dividida no Espaço Infantil, com uma programação dedicada aos pequenos; o Espaço FPC Virtual: Diversas Leituras & Novos Caminhos, com aparatos tecnológicos  que proporcionam experiências sensoriais e o Espaço Futura, com uma programação montada pelos e para os jovens, explorando temas contemporâneos e transversais da cultura. Também será na Arena, que serão doados cerca de 1500 livros, através da campanha Leia e Passe Adiante, coordenado pela Fundação Pedro Calmon, órgão vinculado a Secretaria de Cultura (Fpc/SecultBa).

Zulu Araújo é diretor da FPC, instituição que coordena o evento e enxerga o Flin como um marco para Salvador por tudo o que integra e por seu deslocamento do eixo central da cidade. "Nós vamos tratar de assuntos como a questão de gênero, a questão racial, mas também sobre a literatura propriamente dita. A literatura que será o grande eixo. O livro, a leitura, a escrita, é que serão os grandes nortes que nós teremos para entender que novos caminhos são esses que tanto a sociedade brasileira busca", disse.

Além dos debates

O espaço também será um momento de dar destaque ao resultado das atividades realizadas pelos jovens em parcerias firmadas durante o Pré-Festival, como a Feira de Economia Solidária, com alimentos, cosméticos e acessórios, parceria feita com a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Governo da Bahia (Setre) e com o Centro de Economia Solidária (Cesol), que realizou uma série de oficinas formativas com empreendedores de Cajazeiras. Na Passarela do Livro, um corredor com livros de 16 editoras nacionais, terá a venda publicações de autores de todo o país.

Uma parceria com diversos setores do estado, também manterá diferentes serviços disponíveis à população de Cajazeiras durante os quatro dias de evento, com os estandes das secretarias de Administração (SAEB), com o Projeto o Pequeno Cidadão; de Meio Ambiente (SEMA), com doação de mudas; de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE), com o SineMóvel; de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), com o Procon; de Promoção da Igualdade Racial (SEPROMI) e de Políticas para as Mulheres (SPM), com orientações sobre violências raciais e de gênero e da Defensoria Pública, com Defensoria Cidadã e da Secretaria de Saúde (SAC), através da Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia (Hemoba).

MAIS INFORMAÇÕES: www.instagram.com/flinoficial www.flin.ba.gov.br

Flin - Com o tema Diversas Leituras & Novos Caminhos, o Flin é projeto realizado pelo Governo do Estado da Bahia e coordenado pela Secretaria de Cultura (SecultBA), através da Fundação Pedro Calmon (FPC/SecultBA).  O Festival conta com a parceria das secretarias de Administração (SAEB), através da Superintendência de Atendimento ao Cidadão (SAC); de Comunicação (SECOM); de Educação (SEC); de Meio Ambiente (SEMA); de Saúde (SESAB), através da Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia (HEMOBA); de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE), através do Serviço de Intermediação para o Trabalho (SINEBAHIA) e da Superintendência  dos Desportos do Estado da Bahia (SUDESB); de Políticas para as Mulheres (SPM); de Promoção da Igualdade Racial (SEPROMI); de Tecnologia e Ciência (SECTI); de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), através da Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON) e de Turismo (SETUR),através da Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia (Bahiatursa), além da Defensoria Pública do Estado da Bahia; da Empresa Gráfica da Bahia (EGBA)do Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA) e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB).

Serviço
I Festival Literário Nacional – FLIN
Quando: 12 a 15 de novembro (terça-feira até sexta-feira)
Horário: a partir das 8h30min
Onde: Ginásio Poliesportivo de Cajazeira
Endereço: Estr. do Coqueiro Grande, 127 - Fazenda Grande 2, Salvador - BA, 41340-050
Aberto ao público
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels