Mostrando postagens com marcador Flávia Redman. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Flávia Redman. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 14 de abril de 2021

Entrevista com Flávia Redman, coautora da obra POESIAS AO LUAR II


Flávia Redman
é apaixonada por ciclismo e pelos animais. É professora de Inglês, pós graduada em docência da Língua Inglesa, formada em Turismo pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA/ESAT), graduanda em Letras – Língua Inglesa e há mais de dez anos atua como voluntária na causa animal e ambiental. Já voluntariou em Ongs e diversos grupos de resgate e ajuda a animais que sofreram maus tratos e também já desenvolveu projetos independentes na causa ambiental, sendo alguns deles veiculados na mídia local de TV. Sempre ligada a diversas formas de arte, está fazendo parte de um projeto independente no qual dirigiu o curta metragem “Inverno Torturador”.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia falar para os nossos leitores como e quando surgiu a sua paixão pelos livros e pela escrita?

Flávia Redman: Eu sempre gostei de escrever. Comecei aos 9 anos de idade. Nesta época eu estava passando férias em Fortaleza e em determinado momento, ao entrar no mar, encontrei R$ 10 reais flutuando na água. Esse foi o pontapé inicial que eu precisava para a carreira literária. Com o valor encontrado, comprei o meu primeiro diário e nunca mais parei de escrever. Inicialmente eram relatos pessoais do meu dia-a-dia, depois eu fui construindo poemas e até músicas, mas como eu era uma criança, todo esse material ficou guardado e nunca foi publicado.

Conexão Literatura: Você é coautora do livro “Poesias ao Luar II” (Selo Conexão Literatura). Poderia comentar sobre a sua participação? 

Flávia Redman: Há muito tempo eu já desejava publicar um livro ou alguma parte do meu acervo pessoal. Em 2018 eu comecei a escrever uma autobiografia mas eu não consegui terminá-la devido compromissos profissionais e outras situaçõe, mas durante a quarentena, eu voltei a produzir bastante material como contos e poemas e compartilhei com pessoas próximas que me incentivaram a retomar meu projeto de publicação. Então, fiz diversas buscas na internet até que eu encontrei o edital da antologia” Poesias ao Luar II” e decidi participar. 

Em março de 2021 eu perdi o meu pai e eu sei que ele se sentiria muito feliz caso eu alcançasse o sonho de ter meus escritos publicados e esse foi um outro forte motivo para que eu participasse do concurso.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do seu poema? 

Flávia Redman: Todos os meus poemas são baseados em fatos reais e eu só escrevo por inspiração, por isso 99% dos meus textos são escritos de uma única vez. Eu faço apenas pequenas alterações após escrevê-lo. O “Mania de amar” é um poema gostoso de ser lido e relata sobre alguém que sofre porque vive de puro sentimento, alguém que vive da paixão sem medir as consequências. O trecho que destaquei abaixo demonstra exatamente que a pessoa busca oamor e quer ser amada, ainda que não seja com a pessoa certa.

São dois que se atraem: o meu coração vazio e falso amor

Não digo que não sofro

Não digo que não me importo

Mas eu não tenho escolha

Só resta entrar nessa bolha

Conexão Literatura: Quais dicas você daria para os autores que pretendem participar de um concurso literário e qual a importância em participar de um?

Flávia Redman: A minha dica é que escrevam não apenas com a teoria, mas com o coração, com sentimento. Os mais reconhecidos autores são aqueles que conseguem colocar em palavras a vida e tudo aquilo que é abstrato. Isso gera identificação, assim como acontece no “Mania de amar”. Quase todo mundo deseja amar e ser amado e quase todo mundo já amou a pessoa errada, ou seja, é uma história que faz parte da vida comum. Eu penso que tudo o que é bom não pode ficar guardado, dessa forma, participar de concursos literários é a chance de mostrar a obra para muitas pessoas e de ter o trabalho reconhecido. É uma oportunidade de se comunicar, de chegar aonde os passos não podem, de atingir pessoas e corações que estão distantes.

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para saber mais sobre você e seus trabalhos literários? 

Flávia Redman: Os leitores podem buscar informações no meu perfil pessoal no Instagram (@flavia_redman) ou podem enviar e-mail para redmanflavia@gmail.com

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

Flávia Redman: Sim. Estou finalizando um livro de poemas e contos e acabei de dirigir um curta metragem independente baseado no poema de minha autoria chamado “Inverno Torturador”. Estamos editando e finalizando a gravação. Esse curta contou com a participação do ator Akilles Anderson (@akillesanderson), Murilo Barbosa na direção de fotografia (@murilo_barbosa_92) e Luísa Fernanda (@lua.61) como assistente de direção.

Perguntas rápidas:

Um livro: A hora da estrela

Um (a) autor (a): Clarice Lispector

Um ator ou atriz: Joaquim Phoenix

Um filme: Cidade de Deus

Um dia especial: Quando cheguei, fazendo trekking, ao topo do Monte Roraima em uma viagem de mochilão que fiz pela Venezuela em 2018

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário? 

Flávia Redman: Eu quero agradecer ao organizador do livro “Poesias ao Luar II”, o Sr. Ademir, pela oportunidade cedida através do edital, onde os autores podem realizar seus sonhos por meio da publicação de seus textos.

Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels