O mito do blues Robert Johnson, o filme e o livro Encruzilhada

Dizem que um jovem norte-americano, de nome Robert Johnson (1911-1938), tocava violão como ninguém: um som mágico, irreverente e que contagi...

Mostrando postagens com marcador Gabriela Rocha. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Gabriela Rocha. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 5 de junho de 2019

Livro de brasileira é vendido no Canadá e Reino Unido

Gabriela Rocha - Foto divulgação
"Gabyanna Negra e Gorda" aborda temas atuais inerentes a mulher negra, como racismo, feminismo e solidão de forma forte e dinâmica

Inteligente, jovem, bonita, bem-sucedida, divertida, são alguns dos adjetivos que vêm a mente de quem conhece Gabriela Rocha. Em 2016, morando no Rio de Janeiro há 13 anos, essa brasiliense aprendeu a traçar como ninguém, temas tão recorrentes de mulheres negras brasileiras, no livro "Gabyanna Negra e Gorda". Entre as vivências no Rio de Janeiro e tantos adjetivos não impediram de entrar para as cruéis estatísticas que assombram mulheres negras no Brasil.

O livro, tem se tornado referência para mulheres negras de diversas partes do Brasil e do mundo, que o compram através de plataformas digitais como Amazon ou em livrarias físicas. O livro tem conquistado vendas em países como Canadá e Reino Unido. 

Preterida por homens negros, que só queriam sexo, Gabriela começou a escrever textos e gravar áudios como forma de entender e documentar seus sentimentos. Quando se mudou para Oslo, capital da Noruega, em 2016, em meio a um inverno intenso, resgatou suas memórias e começou a estruturar o que seria o livro, que fará turnê pelo Brasil em julho, começando por São Paulo, no dia 21 de julho, na Livraria Africanidades.

Gabriela Rocha - Foto divulgação
O que a escritora sofreu na pele, não é um caso isolado, segundo o IBGE, cerca de 52% das mulheres negras não vivem uma união estável. Esse panorama, é um cruel retrato do que milhões de mulheres pretas vivem, preteridas por homens negros. "Eu acho lindo o amor entre negros e apoio os relacionamentos inter-raciais. Quando era mais jovem, eu só queria namorar homens negros e nem olhava para brancos, nem gringos", relembra, Gabriela.

"Conforme fui ficando mais velha comecei a observar que eu queria os homens negros, mas eles não me queriam. Ou às vezes me queriam só para sexo e no dia seguinte apareciam com uma branca de mão dada em público. Então, para o meu bem-estar mental, resolvi abrir os meus horizontes", complementa a autora.

O título tanto físico como digital pode ser adquirido no site da Amazon e está disponível pelo link: bit.ly/gabyanna. Mais informações pelo e-mail: livrogabyanna@gmail.com.

Compartilhe:

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Livro sobre solidão da mulher negra é lançado no Rio de Janeiro

Livro de Gabriela Rocha retrata as aventuras de uma jovem mulher que sonha burlar as estatísticas da solidão que tem cor

No próximo dia 18 de dezembro, das 18h às 22h, no Othello – Centro Cultural. (Rua Moraes e Vale, 15 – Lapa), acontece o lançamento do livro Gabyanna Negra e Gorda, da contadora e autora Gabriela Rocha.

O livro aborda, com bom humor e reflexão desde as aventuras amorosas de Gabyanna, os conflitos com os homens, sonhos e medos da personagem, assim como aborda temas essenciais do universo da mulher negra.

E quem é que não sonha em encontrar alguém para viver uma história repleta de companheirismo e respeito?

De pensar que é grande o número de mulheres que anda "reclamando" das dificuldades em se deparar com um homem que queira compromisso sério. 

Acontece que, quando a mulher é negra e gorda as dificuldades são ainda maiores. Além de já sofrerem o preconceito herdado historicamente, a elas foi negado o direito de amar.

E foi para refletir a respeito e também empoderar outras garotas que a autora do livro Gabyanna Negra e Gorda decidiu escrever a respeito.

"Escrever esse livro me livrou dos meus fantasmas", comenta a autora.

Ela conta que seu objetivo com a história era mostrar para o público que uma mulher negra e gorda também pode ter sentimentos e merece, assim como as outras, ser amada.

"Também temos nossas neuras, desafios, desejos e o mais importante é que também podemos ser capazes de conquistar nossos objetivos!", destaca.

No livro, a personagem Gabyanna é uma jovem independente, que adora bailes de charme, shows, bares e viagens. Muito apaixonada pela vida, ela não tem medo de sonhar e acreditar que um dia pode encontrar um homem disposto a assumi-la publicamente, um dos grandes desafios das mulheres negras.

Enquanto sua vida no Rio de Janeiro tomava o seu rumo cotidianamente, Gabyanna é transferida para trabalhar em Oslo, na Noruega. Diante de uma grande mudança de vida, ela precisa decidir se deve fazer as malas e, quem sabe, continuar sua busca pelo amor nas terras geladas da Noruega.

O resultado é um livro divertido, mesmo diante de temas polêmicos como racismo, gordofobia e a relação com a sexualidade.

Serviço
Lançamento do livro Gabyanna Negra e Gorda
18/12 – terça-feira, das 18h às 22h.
Local: Othello – Centro Cultural. (Rua Moraes e Vale, 15 – Lapa.
Editora Schoba
Páginas: 177
Preço: R$ 40
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels