Jane Austen: Livros e Filmes

Jane Austen, Thibaudet e um retrato da burguesia do séc. 18 Nascida em 16 de dezembro de 1775, a britânica Jane Austen foi uma das...

Mostrando postagens com marcador Hal Elrod. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Hal Elrod. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 7 de abril de 2021

Descubra quais são as vantagens e desvantagens dos livros de autoajuda


Muita gente se pergunta sobre as vantagens e desvantagens dos livros de autoajuda. Os livros da categoria surgem como instrumentos poderosos na evolução dos aspectos sentimentais, profissionais e até mesmo no lado físico da vida de alguém. Já que são recomendados para elevar autoestima e o bem-estar. 

Os textos possuem expressões fortes, envolventes, que estimulam a transformação de hábitos que antes causavam estagnação. Esta superação de obstáculos culmina em certa independência financeira, afetiva, social e etc. Com a quarentena em vigor, quadros de ansiedade e depressão pioraram. Algumas pessoas viram a vida mudar após perdas familiares, falta de dinheiro e questões de saúde.

Frente ao cenário, o ano de 2020 indicou que os títulos de autoajuda foram os mais vendidos em todo o Brasil. Entre as obras mais solicitadas aparecem: "Ágape" (Padre Marcelo Rossi), “O Milagre da Manhã” (Hal Elrod), “Decida Vencer” (Eduardo Volpato), entre outras. 

Mas, será que este tipo de leitura produz mecanismos úteis a médio e longo prazo? Que efeitos positivos e negativos tem a escrita que dita o autoconhecimento? Descubra quais são as vantagens e desvantagens dos livros de autoajuda.

O que é um livro de autoajuda?

Estamos falando de um dos gêneros de literatura mais consumidos no país. E, embora isso tenha se intensificado no último ano, a venda dos livros de autoajuda já sinalizava a busca por títulos confiáveis que forneçam práticas mais saudáveis.

Isso porque o livro de autoajuda é uma narrativa que provoca reflexões profundas sobre temas contemporâneos. Apontando um conjunto de estratégias direcionadas ao contexto de quem lê. A partir disso, os autores promovem a própria experiência na escrita para mostrar como seus conselhos podem ser úteis. 

As referências de mudança geralmente se relacionam com elementos centrais da experiência humana. Como no âmbito profissional, sentimental, vida social, espiritual e econômica. Cabe ao leitor efetivar as propostas do livro, acreditando na filosofia, nas técnicas de psicologia explícitas e na experimentação de quem escreveu. 

No entanto, até que ponto o guia de autoajuda pode trazer sucesso? Quais são as vantagens e desvantagens desses livros? Confira!

Vantagens dos livros de autoajuda

Visualizar novas trajetórias

Na maioria dos casos, o leitor pretende vencer seus desafios pessoais ao adquirir um exemplar. Já que vê em seu caminho problemas complexos que requerem apoio de especialistas. Ou apenas conselhos para aprimorar suas habilidades.

Os livros de autoajuda oferecem novas trajetórias para que o indivíduo recalcule suas atitudes. A fim de reproduzir os métodos que funcionaram na descoberta do escritor, isto é, diminuindo suas dores de batalha. O que é muito bom na hora de superar as adversidades.

Encontrar o lugar a que pertence

É normal se sentir perdido em áreas específicas, como a profissional, a emocional ou espiritual. Sempre haverá alguém que não sabe qual profissão escolher, qual disciplina priorizar, como se comportar perante outras pessoas ou como lidar com suas crenças. Seja no campo da amizade, relacionamento conturbado, desentendimento familiar, etc.

Encontrar o lugar a que pertence pode ser mais difícil do que se imagina. Por este motivo, os títulos propõem uma jornada de autoconhecimento, esclarecendo as principais dúvidas do ser humano. Com o intuito de “validar” sua passagem pelo mundo, aproximando-se da realização individual.

Iniciar o processo terapêutico

Os quadros mais graves de ansiedade e depressão devem ser tratados junto a profissionais de saúde, como os psicólogos. Alinhado ao que prescrevem, os livros de autoajuda contribuem para iniciar o processo terapêutico de cura.

A leitura por si só já é considerada um escape para reduzir estresse, crise de ansiedade, desânimo e transtornos. Se tratando de obras especializadas nestes assuntos, o leitor procura auxílio imediato através da literatura.

Desvantagens dos livros de autoajuda

Exagerar na confiança em cima dos escritores

Nunca se esqueça: os escritores também são seres humanos propensos ao erro. Obviamente, as dicas apresentadas nos livros podem ser úteis no contexto em que o leitor se encontra. Porém, vale ressaltar que assim como alguns passos podem levar à vitória, outros caracterizam fracassos inesperados.

Até mesmo autores de guias financeiros tendem a falir em algum momento. Nas variadas conjunturas da vida, tudo pode acontecer. Sendo assim, mesmo executando novas práticas, não renuncie ao bom senso.

Levar tudo ao pé da letra e não reconhecer limites

Superar os medos que a existência humana impõe não significa passar por cima de tudo. Muito menos de qualquer maneira. O grande erro de quem lê autoajuda é levar tudo ao pé da letra, não reconhecendo alguns limites.

Para ser invencível você não precisa se colocar em altíssimo risco por livre e espontânea vontade. Uma pessoa que deseja ser mais forte, mais resistente, não deve reagir a um assalto, por exemplo. Tampouco pular de paraquedas sem qualquer tipo de instrução apenas tentando dominar o medo de altura. Ter conhecimentos específicos também é fundamental para realizar certas atividades.

Por isso, lembre-se sempre: a literatura de autoajuda tanto pode ajudar como pode atrapalhar. Vença de maneira consciente, sem ignorar todo tipo de consequência.

Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels