Participe da antologia (e-book) PETS - CONTOS E POEMAS SOBRE ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO Leia o edital

Participe da antologia (e-book) PETS - CONTOS E POEMAS SOBRE ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO Leia o edital :  CLIQUE AQUI.

Mostrando postagens com marcador Histórias. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Histórias. Mostrar todas as postagens

domingo, 30 de janeiro de 2022

Top 5: Dicas da SESI-SP Editora para o Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos

 

Neste domingo, dia 30 de janeiro, será celebrado o Dia nacional das histórias em quadrinhos, gênero literário que, muitas vezes, é a porta de entrada para o mundo dos livros e considerado, portanto, importantíssimo para a formação de novos leitores.  

Mais do que entretenimento, as HQs unem cultura e educação, por isso, a importância de homenagear autores, ilustradores, roteiristas e tantos outros profissionais do segmento nesta data especial.  

A seguir, confira o top five da SESI-SP Editora para comemorar a produção nacional das histórias em quadrinhos.

 

ANUÍ, do autor Marcelo Lelis

A obra traz a história da pequena Alice e sua caixa de música, fazendo com que o leitor acompanhe o seu mundo, sonhos, emoções e desejos. Conforme escreveu o jornalista Felipe Gabrich, “a linguagem é simples e apenas emoldura a beleza das ilustrações de um artista que fala com as mãos”.

 

ÂNSIA ETERNA, da autora Verônica Berta

Baseado em contos de Júlia Lopes de Almeida, escritora brasileira nascida em 1862, o livro transpõe as histórias com o olhar da autora Verônica Berta. Um verdadeiro carrossel que passa pelo suspense, surpresa, grotesco e tragédia e que toca em algumas discussões sociais sempre atuais.

 

SOBRENATURAL SOCIAL CLUBE (vol. 3), do autor Ronaldo Barata 

Jorge, um dos integrantes do Sobrenatural social clube, acaba se perdendo junto de sua família. No meio de uma estrada erma, por acaso acabam chegando em uma estalagem macabra. Ali, o garoto terá de superar obstáculos fantasmagóricos para liberar seus pais, que são enfeitiçados pelo estalajadeiro. Para isso, ele contará com uma ajuda um tanto inesperada do além.

 

SELVAGEM, do autor Clayton Junior

Silver é um cão pastor e vive em uma fazenda desde que foi adotado, ainda filhote. Suas únicas amigas são as ovelhas de quem toma conta. Um dia, ao ultrapassar os limites da propriedade, faz amigos inusitados e entra em contato com um mundo totalmente novo.

 

ISTO NÃO É UM ASSASSINO, dos autores Gustavo Machado e Hugo Aguiar

“Doutor, todas as noites eu tenho o mesmo sonho, mas, no final, eu não consigo vê-lo”. O livro é baseado em fatos surreais e uma homenagem ao pintor belga René Magritte (1898 – 1967). Na busca pelo desconhecido, os leitores são convidados a achar um significado para as imagens, onde nem tudo é o que parece ser.

SERVIÇO

SOBRE A SESI-SP EDITORA:

A SESI-SP Editora tem como ação principal organizar conhecimento nas áreas de cultura, educação, esporte, nutrição e saúde, cumprindo sua missão de apoiar a Entidade em seus mais diversos campos de atuação. Com mais de mil títulos em seu catálogo, em diferentes formatos (e-booksaudiobooks e impressos), tornou-se referência na edição de livros educacionais, infantojuvenis, de alimentação, de HQs nacionais e europeias, e de obras de interesse geral. Saiba mais em: www.sesispeditora.com.br.

Para conhecer os livros da SESI-SP Editora, visite o site: www.sesispeditora.com.br e as redes sociais @sesispeditora (Instagram e Twitter) e @editorasesisp (Facebook).

Compartilhe:

segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

Dia do compositor: 4 livros sobre nomes marcantes da música

 Campanha da Disal traz histórias, curiosidades e relatos de grandes artistas nacionais e estrangeiros

Por trás de grandes composições, estão grandes profissionais. Guitarras, baterias, piano e outros instrumentos são responsáveis pelo tom e melodia marcantes dentro das músicas, com as letras vêm as emoções e identificações pessoais, mas é no encontro de tudo isso que muitos momentos se tornam únicos. Além disso, a música é reconhecida por muitos pesquisadores como uma das melhores maneiras para desenvolver a mente humana, porque promove o equilíbrio, o bem-estar, facilita a concentração e o desenvolvimento do raciocínio.

Dia 15 de janeiro é celebrado o Dia Mundial do Compositor. A data surgiu no México por conta da comemoração à fundação da Sociedade de Autores e Compositores Mexicanos, em 1945, mas somente a partir de 1983 foi oficialmente celebrada em outros países. O objetivo desse dia é homenagear todos os compositores do mundo, especialmente reconhecer a importância do seu trabalho e esforço para compor, escrever e criar músicas.

Seja qual for o estilo musical, cada criação tem sua importância e alguém muito importante por trás dela. Por isso, a Disal, referência no mercado editorial, selecionou obras que trazem algumas das melhores histórias deste universo musical. 

Você conhece os Beatles? – Geoff Edgers

Você conhece uma banda tão criativa, diferente e única que, mesmo tendo deixado de existir há 40 anos, continua fazendo sucesso? Você pode até achar que não, mas com certeza já cantarolou alguma canção dos Beatles. John, Paul, Ringo e George conquistaram o mundo com suas músicas e seu estilo. Eles ficaram tão famosos que uma apresentação deles na TV chegou a ser assistida por metade da população dos Estados Unidos naquela época. As fãs desmaiavam quando viam os quatro ao vivo, e todos os rapazes queriam ser como “Os Beatles”. Um dia o sonho acabou.

Saiba mais:  https://cutt.ly/VIoENZs

Belchior - Apenas um rapaz latino-americano – Jotabe Medeiros

A morte de Belchior, em abril de 2017, foi uma comoção nacional. Dez anos antes, o artista desaparecera. Foi quando Jotabê Medeiros iniciou a pesquisa para um livro sobre o autor de clássicos como “Velha Roupa Colorida”, “Alucinação” e “Como nossos pais”. Foram dezenas de entrevistas com parceiros musicais, amigos de infância, familiares e produtores de seus discos.

Saiba mais: https://cutt.ly/DIoRcBR

 

Rita Lee - Uma autobiografia – Rita Lee

Do primeiro disco voador ao último porre, Rita é consistente. Corajosa. Sem culpa nenhuma. Tanto que, ao ler o livro, várias vezes temos a sensação de estar diante de uma BIO não autorizada, tamanha a honestidade nas histórias. A infância e os primeiros passos na vida artística; sua prisão em 1976; o encontro de almas com Roberto de Carvalho; o nascimento dos filhos, das músicas e dos discos clássicos; os tropeços e as glórias. Está tudo lá. E você pode ter certeza: essa é a obra mais pessoal que ela poderia entregar de presente para nós.

Saiba mais: https://cutt.ly/oIoRX7g 

Quando as cortinas se fecham - Minha vida além do palco – Paul Stanley

Dando sequência a seu best-seller do New York Times, Uma Vida sem Máscaras, o icônico vocalista e guitarrista do Kiss dá um passe livre de acesso completo à sua vida pessoal, com a experiência, alcançada a duras penas, de uma lenda da música. Paul Stanley não é um rockstar típico. Sua abordagem particular da arte e da música como negócio — uma visão criativa combinada a uma ética sólida — resultou em uma longevidade inédita em uma indústria caótica.

Saiba mais em: https://cutt.ly/7IoTlsW

 

 

Sobre a Disal Distribuidora: Há mais de meio século em operação, é considerada a mais importante distribuidora de livros e materiais didáticos do Brasil para o ensino de idiomas, e, também, técnicos e científicos, de ciências humanas e sociais, literatura, autoajuda e conhecimentos gerais. Possui um catálogo com 420 editoras e mais de 500 mil títulos comercializados. Tem 18 filiais distribuídas nas principais cidades do país e um portal em que é possível encontrar todos os serviços e produtos oferecidos. Saiba mais em www.disal.com.br

Compartilhe:

domingo, 28 de novembro de 2021

Participe da antologia (e-book) CONTOS E POEMAS ASSOMBROSOS - VOL. IV Leia o edital


PARTICIPE DA ANTOLOGIA (E-BOOK): CONTOS E POEMAS ASSOMBROSOS - VOL. IV

REGRAS PARA PARTICIPAÇÃO NA ANTOLOGIA DIGITAL "CONTOS E POEMAS ASSOMBROSOS - VOL. IV":

1 - Escrever um poema ou conto de terror (o tema é amplo e você poderá usar como personagens: bruxas, lobisomens, vampiros, fantasmas, feiticeiros, zumbis, etc). Aceitaremos até 3 contos ou 3 poemas por autor. Caso sejam aprovados, os 3 textos serão publicados.

2 - SOBRE O CONTO OU POEMA: até 4 páginas, fonte Times ou Arial, tamanho 12, incluindo título.
     
3 - Tipo de arquivo aceito: documento do Word (arquivos em PDF serão deletados).

4 - O conto ou poema não precisa ser inédito, desde que os direitos autorais sejam do autor e não da editora ou qualquer outra plataforma de publicação.

5 - Idade mínima do autor para participação na antologia: 18 anos completos.

6 - Envie o conto ou poema pré-revisado. Leia e releia antes de enviá-lo.

7 - Data para envio do conto ou poema: do dia 24/10/21 até 29/11/21.

8 - Veja ficha de inscrição no final desse texto. Leia, copie as informações e preencha. Envie as informações da ficha + o conto ou poema para o e-mail: contato@edgarallanpoe.com.br. Escreva no título do e-mail: CONTOS E POEMAS ASSOMBROSOS - VOLUME IV

CUSTO PARA O AUTOR:

R$ 50,00 por conto ou poema. Caso o autor envie 3 poemas ou 3 contos e tenha os três selecionados, o valor será R$ 150,00. As informações para depósito serão informadas ao autor no e-mail que enviaremos caso o conto ou poema seja aprovado.
O valor servirá para cobrir os custos de leitura crítica e revisão, diagramação e divulgação da obra.

A antologia será digital (e-book) e gratuita para os leitores baixarem através de download, ela não será vendida. A antologia será amplamente divulgada nas redes sociais da Revista Conexão Literatura: Fanpage e Grupos do Facebook e Instagram, que somam cerca de 190 mil seguidores.

O resultado será divulgado no site www.revistaconexaoliteratura.com.br e na fanpage www.facebook.com/conexaoliteratura, até o dia 30/11/21 (a data poderá ser prorrogada).

OBS: Enviaremos certificado digital de participação para os autores selecionados.


NOSSOS CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO:

A) - Criatividade;

B) - Textos preconceituosos, homofóbicos, racistas ou que usem palavras de baixo calão, serão desconsiderados;

C) - Seguir todas as regras para participação.

OBS.: Ademir Pascale, idealizador do concurso, disponibilizou para download uma apostila intitulada "Oficina Jovem Escritor", com dicas para quem está iniciando no mundo da escrita. Baixe gratuitamente, leia e pratique: CLIQUE AQUI.


FICHA DE INSCRIÇÃO DO AUTOR(A)

Nome completo do autor(a):

Seu Pseudônimo (caso use), para publicação na antologia:

Idade:

Título do conto ou poesia:

E-mail 1:
E-mail 2 (caso tenha):

Biografia em terceira pessoa (escreva sobre você num máximo de 7 linhas):
 

IMPORTANTE: Envie todas essas informações da ficha de inscrição para o e-mail: contato@edgarallanpoe.com.br. Escreva no título do e-mail: CONTOS E POEMAS ASSOMBROSOS - VOLUME IV

O envio da ficha de inscrição + poesia ou conto para o e-mail indicado significa que o autor(a) leu todas as informações e regras dessa página para participação na antologia.

Não fique fora dessa. O concurso cultural será amplamente divulgado nas redes sociais.

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.


Compartilhe:

quinta-feira, 4 de novembro de 2021

AINDA HÁ TEMPO: Quem vive tem histórias. Pode guardar ou partilhar, minhas memórias ouso contar, do autor Francisco José Baldim


Um livro com diversas poesias que retratam memórias, histórias pessoais, natureza, romance e outros.

Leia entrevista com o autor: http://www.revistaconexaoliteratura.com.br/2021/11/entrevista-com-francisco-jose-baldim.html

Para adquirir o livro (versão impresso ou e-book): https://clubedeautores.com.br/livro/ainda-ha-tempo-2

Se quiser autografado entre em contato pelo tel.: 991393629 (whatsapp). E-mail: franciscojosebaldim@yahoo.com.br

Compartilhe:

quarta-feira, 19 de agosto de 2020

Histórias de mulheres comuns comprovam que, apesar das adversidades, é possível transformar realidades

Livro traz relatos de superação para motivar mais mulheres a não desistirem de seus sonhos e serem felizes
Quantas histórias de personalidades da mídia já serviram para mudar o rumo de outras pessoas? Mas será que no dia a dia também não podemos encontrar inspiração na trajetória de mulheres anônimas? 
A empresária Sylvia Bellio descobriu que histórias enriquecedoras estão literalmente ao nosso lado e resolveu compartilhar belos exemplos de vida em um livro.
Debatendo assuntos como os desafios do empreendedorismo feminino, mulheres no mercado de trabalho, relacionamentos afetivos, sororidade, vida após a aposentadoria, entre outros, a obra “Mulheres Além do Óbvio” é um compilado de relatos de mulheres comuns que transformaram suas realidades pessoais e profissionais.
Todas elas têm em comum uma história de superação e a vontade de ser feliz, e podem servir de inspiração para que mais mulheres percebam que são capazes de mudar o rumo de suas vidas. 
Conheça algumas histórias de “Mulheres Além do Óbvio”
O relato de Bianca Pova Donato nos mostra que, em muitas situações, retroceder significa recalcular a rota em direção ao sucesso. Após iniciar uma trajetória promissora na área comercial, abdicou de sua carreira para cuidar dos filhos, mas pouco tempo depois se viu em uma situação difícil.
Até que um dia recebeu um convite inesperado: fazer faxina em uma empresa.  Por necessidade, Bianca se despiu de preconceitos e aceitou a proposta, e  viu ali a oportunidade de “vender seu peixe profissional”. Tomou a decisão de que aquela era sua melhor chance de dar a volta por cima.
A vida de Dorothy Galate de Oliveira pode, num primeiro momento, parecer leve e privilegiada. Mas como se reinventar e dar um novo rumo à sua história depois da aposentadoria, com os filhos criados e bem encaminhados? 
Esta mulher é um ótimo exemplo de que a aposentadoria não é o fim, mas o início de uma nova história de muitos desafios e aprendizados. Dorothy está aberta às mudanças do tempo, das tecnologias, mas sabe que seu tempo continua sendo agora.
Gaya Machado, que atualmente é palestrante especialista em desenvolvimento humano e referência em sua área, conta que, antes de chegar onde está, passou por uma grande jornada para se reinventar e desafios até entender que a verdadeira felicidade é sustentável e está ao alcance de todos.
Gaya perdeu tudo o que tinha como referência de segurança e estabilidade - trabalho, relacionamento, amizade - de uma única vez e, após questionar a justiça e sua própria sorte, percebeu que precisava buscar dentro de si mesma os porquês que a levaram até aquele ponto.
Com esse processo de autopercepção e autoconhecimento, Gaya aprendeu lições essenciais que lhe deram força para se reerguer.
Hoje, é referência e inspiração através de suas palestras e treinamentos que ajudam as pessoas a se transformarem em sua melhor versão. 
Livro virou novo projeto digital antes de ser lançado
A pandemia impossibilitou a realização de um evento de lançamento do livro, mas Sylvia Bellio transformou essa adversidade em um projeto virtual de pré-lançamento da obra.
O livro “Mulheres Além do Óbvio” tomou uma proporção bem maior e deu vida ao “Projeto Conte Sua História”- http://www.projetocontesuahistoria.com.br, um site para que mulheres de todo o Brasil possam enviar suas histórias e, mais do que isso, um canal que se tornou uma grande rede de apoio.
“Nos últimos meses, temos visto que muitas mulheres estão sendo afetadas por problemas como violência doméstica, dificuldades nos negócios e questões psicológicas. A nossa intenção, então, é criar essa grande teia de suporte mútuo, que permanecerá ativa pós-pandemia. A ideia do projeto como um todo é crescer ao máximo com a proposta de que as mulheres possam se espelhar na luta e vitória de outras ou serem elas mesmas fonte de inspiração”, comenta a autora.  
Sobre Sylvia Bellio
CEO e cofundadora da itl.tech - empresa eleita por quatro anos consecutivos o Maior Canal de Vendas Dell Technologies.
É autora dos livros “Simplificando TI” e “Impressões Digitais”.
Iniciou a carreira no setor financeiro, atuando como gerente da área administrativa de uma grande Instituição Financeira.
Com mais de 15 anos de experiência no mercado de tecnologia conduz sua equipe de arquitetos de soluções e executivos de negócios para se posicionarem lado a lado com os profissionais de TI na busca de soluções para resolver os desafios de negócios das empresas.
Introduziu no Brasil fabricantes como: DotHill Systems de armazenamento FC; EqualLogic armazenamento iSCSI; Force10 de networking; Compellent de armazenamento FC|ISCI.
Tem papel de destaque no empoderamento feminino dentro do universo da tecnologia.  É a única mulher a compor o conselho das empresas parceiras da Dell no Brasil. Participou de diversas edições do Dell World e Membro do DWEN e participante das últimas edições do Dell Women’s Entrepreneur Network e integrante do Female Force Latam.
Compartilhe:

terça-feira, 6 de março de 2018

Projeto Histórias da Tradição

Índios Xavante - Foto: Helio Nobre/Ikore
Mitos, histórias, narrativas...
O tempo da criação do mundo e de todas as coisas presente
na literatura oral dos povos indígenas do Brasil

O projeto Histórias da Tradição é fruto de uma longa história de amizade e trabalho da Ikore com diferentes povos indígenas. Nasceu da grande admiração pelas culturas e sabedorias dos povos originários e da certeza de que precisamos conhecer, respeitar, valorizar e fortalecer esses povos, em seus direitos e diversidade.

O projeto se propõe a construir uma ponte para a aproximação entre as aldeias e o povo das cidades com a beleza das histórias, a força da Palavra Criadora, e contribuir para o fortalecimento da identidade e das culturas indígenas.  É uma resposta ao pedido dos velhos sábios das aldeias que acreditam que as novas tecnologias, quando apropriadas e conduzidas pelas comunidades, podem ser armas importantes para manutenção das tradições.

Com apoio dos Editais Petrobras Cultural de 2012 e Programa Rumos Itaú Cultural de 2016, a Ikore realizou o projeto Histórias da Tradição em parceria com as aldeias Uyaipiuku, do povo Mehinaku, no Parque Indígena do Xingu,  Etenhiritipá, do povo Xavante (MT) e Fontoura, do povo Karajá (TO), com coordenação e organização de Angela Pappiani, Inimá Lacerda e Maíra Lacerda.
Aldeia Karajá - Foto: Helio Nobre/Ikore

O trabalho aconteceu principalmente nas aldeias, ao longo de meses, construindo acervos com o registro das histórias no idioma indígena em áudio e vídeo, voltados à preservação da arte das narrativas orais e incentivo às novas gerações. As narrativas escolhidas pelas comunidades como as mais significativas para edição dos livros tiveram cuidadosa tradução do idioma nativo para o português e as ilustrações foram feitas pelos jovens e crianças das aldeias. Os livros, com autoria garantida às comunidades, tem capa dura e encarte de pôster colorido.  Os dois primeiros trazem ainda CD de áudio com algumas das histórias.

O website do projeto - www.historiasdatradicao.org - traz para o público fotografias, desenhos, textos, depoimentos, áudio e vídeo original das histórias no idioma nativo e ainda a magia das narrativas em português conduzidas por dois contadores de história,  trilha sonora com sons captados na aldeia e músicas tradicionais que enriquecem o trabalho e completam o mergulho no universo dessas tradições.        

Para conhecer esta e outras publicações do projeto: clique aqui


Os livros voltaram para as aldeias como importante material para as escolas indígenas e instrumento de fortalecimento das identidades. As histórias milenares buscam espaços entre os amantes da boa literatura que queiram se aventurar por novas paisagens e emoções.
Compartilhe:

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Entrevista: Escritor Igor Feijó comenta sobre o movimento “Writertoberbr”


O destino mexeu seus pauzinhos e sem querer dei de frente com Igor Feijó e sua proposta que me fez pensar: "Como nunca pensei nisso antes?"

Se você já é escritor ou está pensando em se aventurar nessa arte, não perca essa chance de juntar-se conosco nesse movimento. Eu achei tão interessante e envolvente que me aderi imediatamente. 

Eu não posso guardar essa novidade em segredo, preciso compartilhar ao máximo, e se você também achou o movimento interessante, empolgante e arrebatador, nos ajude a espalhar em todos os cantos, e vamos nos divertir durante todo o mês de Outubro!

Confira a entrevista com o Igor e conheça os detalhes do movimento Writertoberbr!

Conexão Literatura: Igor poderia nos contar como nasceu essa ideia do Writertoberbr?
Igor Feijó: Claro! Primeiro eu me peguei pensando: Vejo muitas pessoas reclamando de não conseguir sentar para escrever, que se sentem desmotivadas ou empacam em alguma parte. Depois eu percebi que não existia um movimento mais leve do que o NaNoWriMo que envolvesse e conectasse de forma direta os autores. Usando a hashtag da campanha você acaba conhecendo outras histórias de forma mais rápida, além de, poder fazer novas amizades literárias.

Conexão Literatura: Qual é a proposta dessa iniciativa? E por quê?
Igor Feijó: A proposta aqui é simples: Construir e fomentar o hábito positivo da escrita diária. O aperfeiçoamento exige dedicação, quanto mais consistente, melhor será.

Conexão Literatura: Quem pode participar do Writertoberbr?
Igor Feijó: Todos! Qualquer um com a vontade de escrever.

Conexão Literatura: Você acha que o Writertoberbr pode ser uma maneira de unir a classe de escritores?
Igor Feijó: Não só acho, como consigo visualizar algo assim lá na frente. Ainda acho que nosso meio não é tão unido quanto poderia ser. Podemos mudar isto, e o Writertoberbr veio pra ser mais uma ferramenta nesta união.

Conexão Literatura: Como o Writertoberbr pode ajudar, individualmente, o escritor? Você acha que essa rotina de 31 dias de escrita pode fazer com que o escritor se comprometa mais com a sua carreira?
Igor Feijó: Não só acho, como tenho certeza! O projeto mal começou e alguns autores vieram me falar que isto serviu de start para projetos que estavam parados. Muita coisa boa vem por aí com a campanha.

Conexão Literatura: Existe alguma regra específica para o tipo de texto a ser escrito, quantidade de páginas ou formatação?
Igor Feijó: Não existe regra. A única coisa é escrever uma página, se a pessoa fizer meia página, não tem problema. Às vezes a ideia termina ali para seguir para um próximo capitulo, e se ela não conseguiu escrever uma página inteira porque travou, ela pode continuar depois e postar o resultado semanal (que é uma das opções).

Conexão Literatura: Onde o participante desse movimento pode publicar suas histórias durante o mês de Outubro?
Igor Feijó: Ele pode publicar em qualquer plataforma de escrita ou rede social. Desde que, use a hashtag da campanha. Pode publicar trechos na sua timeline do Facebook utilizando a hahstag, pode montar imagem e colocar no Instagram, pequenas frases com o link completo no Twitter, pode hospedar no Wattpad, Nyah, Blogs e outras plataformas de escrita. Não fica limitado a um único lugar, mas seria legal no caso de textos pequenos colocar o link para onde está hospedado a versão completa.

Conexão Literatura: O que você espera do movimento Writertoberbr?
Igor Feijó: Que possa ser proveitoso, que o hábito possa se formar e que os autores possam se unir mais uma vez.

Conexão Literatura: Gostaria de encerrar com mais algum comentário?
Igor Feijó: O Writertoberbr não irá parar por aqui, existe um projeto paralelo que o inclui em escolas, ainda estou trabalhando nisso, organizando reuniões com professores de Literatura e Língua Portuguesa.  Eu tenho inúmeros projetos e fico muito feliz de ver o Writertoberbr ganhando essa força toda.
Obrigado pelo convite de poder estar aqui batendo esse papo!
Boas escritas e boas leituras.

Minibiografia: Igor Feijó (fã numero 1 de pizza!) nasceu em 1986 e desenvolveu o gosto pela leitura ainda pequeno, quando seus pais assinaram a revista da Turma da Mônica. Desde então não parou, passando a Dinossauros e Super-Heróis, vindo depois a conhecer os cenários de fantasia como Dungeons and Dragons (RPG), onde se apaixonou de vez. Escritor, roteirista de HQ, desenhista e nerd de carteirinha escreveu seu primeiro romance de fantasia urbana em 2014: Artífices da Vontade. Desde então, tem trabalhado em novas obras dentro do gênero da Literatura Fantástica (entre outros). Nas horas vagas gosta de assistir séries e filmes (comendo besteira!), ou qualquer outra coisa que tenha Harry Potter no meio. E também é o criador do movimento Writertoberbr.

Igor Feijó


Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA
clique sobre a capa

DO INCISIVO AO CANINO - BERT JR.

MAFRA EDITIONS

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

DIVULGUE O SEU LIVRO

FUTURO! - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels