Mostrando postagens com marcador Instituto Mauricio de Sousa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Instituto Mauricio de Sousa. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 10 de julho de 2020

Instituto Mauricio de Sousa e os direitos da criança e do adolescente


Estatuto da Criança e do Adolescente completa 30 anos; e mais de 28 milhões de exemplares da revista da Turma da Mônica já foram distribuídos

O Instituto Mauricio de Sousa (IMS) tem produzido material informativo e educativo direcionado às crianças para que saibam de seus direitos baseados no Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA, que completa 30 anos no próximo dia 13 de julho. Assim, a revista “Turma da Mônica em: o Estatuto da Criança e do Adolescente”, editada pela primeira vez em 1993 (há 27 anos), já teve mais de 28 milhões de exemplares distribuídos neste período, por ONGs e entidades governamentais. 
Várias outras publicações do instituto também estão dentro desta linha de informações necessárias e colocadas de forma simples para que a criança tenha consciência de sua cidadania. Como o programa educacional “Um por todos e todos por um – pela ética e cidadania”, em parceria com a Controladoria Geral da União, desde 2008 e apoiado desde 2018 pelo SENAR e MEC , disseminando valores relacionados à democracia, participação social, responsabilidade cidadã e respeito à diversidade;  A revista “Viva as Diferenças”, publicada desde 2009, junto ao Instituto Meta Social, em que a personagem Tati, com Síndrome de Down, se une aos personagens já existentes, como Dorinha, que é cega, e o Luca, que é cadeirante, para ampliar a ideia da inclusão, reforçando o conceito de que cada ser é único e que ser diferente é normal.
Além dos direitos da criança, outro projeto, como o Impacta ODS, parceria com a ONG Aldeias Infantis, desenvolvido com a proposta da ONU, chamado de “Objetivos Globais para o Desenvolvimento Sustentável”, introduz informações sobre os ODS para que haja um futuro melhor para o nosso planeta. Todos fazem parte dessa série de material lúdico e de fácil entendimento para que toda a sociedade possa desenvolver a consciência da importância de cada um na construção desses conceitos universais.
Portanto, o Instituto Mauricio de Sousa vem cumprindo seu principal objetivo, que é disseminar conhecimentos para contribuir com a educação para a cidadania e para a construção de uma sociedade em que haja respeito às diferenças e todos tenham oportunidade de se desenvolver.

Sobre o Instituto Mauricio de Sousa (IMS)
Fundado em 1997, o IMS realiza projetos, campanhas e ações sociais focados na construção de conteúdos que, por meio de uma linguagem clara e lúdica, estimulam o desenvolvimento humano, a inclusão social, o incentivo à leitura, o respeito entre as diferenças, a formação de cidadãos conscientes e conhecedores de seus deveres e direitos.

Compartilhe:

quarta-feira, 24 de julho de 2019

Saem os ganhadores do concurso “Escola em Quadrinhos”, promovido pelo Instituto Mauricio de Sousa em parceria com a Secretaria Estadual da Educação de São Paulo


Ao todo, foram enviadas mais de 7,5 mil histórias produzidas por mais de 26 mil alunos de 597 escolas estaduais

O Instituto Mauricio de Sousa divulgou os grupos vencedores do concurso “Escola em Quadrinhos”, realizado em parceria com a Secretaria Estadual da Educação de São Paulo. Ao todo, foram enviadas mais de 7,5 mil histórias em quadrinhos, produzidas por mais de 26 mil alunos de 597 escolas estaduais.
As escolas estaduais Gumercindo Gonçalves, de Sorocaba; José Pires Alvin, de Bragança Paulista; e a Professor Alberto Salotti, da região Sul 3 da Capital, foram as vencedoras (veja abaixo o nome dos alunos). Os trabalhos estavam divididos em três categorias: anos iniciais do Ensino Fundamental, anos finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio e Educação Jovens e Adultos (EJA).
Os alunos vencedores ganharão um passeio no Parque da Mônica ou poderão fazer uma visita monitorada aos Estúdios Mauricio de Sousa, além de receber gibis da Turma da Mônica e certificados. Já os professores e orientadores, além de acompanhar os alunos na visita, serão premiados também com um kit de produtos da Turma da Mônica.
Seleção
Para participar do concurso, os alunos precisavam criar uma história que envolvia o tema alimentação saudável e formar grupos de três a cinco pessoas. Cada unidade escolar poderia enviar até três trabalhos, que deveriam ser encaminhados às Diretorias de Ensino de cada região.
A seleção foi feita em etapas, primeiro pelos professores de cada escola, os melhores trabalhos de cada uma das categorias foram encaminhados à Diretoria de Ensino responsável. Em seguida, uma nova seleção foi feita pela Diretoria de Ensino, que enviou os escolhidos à sede CRE Mário Covas.
Na etapa final, a comissão julgadora, que era composta por profissionais da Secretaria da Educação, incluindo nutricionistas e docentes das áreas de artes e língua portuguesa, e dos estúdios Mauricio de Sousa selecionou o melhor trabalho de cada categoria.
Confira os vencedores:
Categoria Fundamental anos iniciais
Título: Turma da Mônica e Astronauta em Missão Saudável
Grupo: Giuliano dos Santos, Matheus de Souza e Arthur Bressani
Professor orientador: Érika Araújo
 

Categoria Fundamental anos finais
Turma JPA e Turma da Mônica em “Uma Vida Saudável”
Grupo: Emily Amaral, Isabela Martins, Luis Alberto Oliveira, Erick Coelho e Saulo Goes
Professor orientador: Luciano Prates
 

Categoria Ensino Médio
Turma da Mônica em Comilândia
Grupo: Karina Lima, Luiz Maia e Julia Nubi
Professor orientador: Celia Ribeiro
 

Sobre o Instituto Mauricio de Sousa (IMS)
Fundado em 1997, o IMS realiza projetos, campanhas e ações sociais focados na construção de conteúdos, que através de uma linguagem clara e lúdica, estimulam o desenvolvimento humano, a inclusão social, o incentivo à leitura, o respeito entre as diferenças, a formação de cidadãos conscientes e conhecedores de seus deveres e direitos.
Compartilhe:

sexta-feira, 31 de maio de 2019

Nova tirinha do personagem autista André, criado por Mauricio de Sousa

O quadrinho mostra característica comum a muitos autistas, o entendimento literal

Já está na Revista Autismo, 5ª edição, a nova tirinha do personagem autista André, criado pelo desenhista Mauricio de Sousa. Com temas que destacam algum aspecto do Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), o quadrinho mostra os personagens André, Cascão e Cebolinha jogando futebol, quando um deles resolve ir ao banheiro.

"A história em quadrinhos mostra algo que é muito comum em várias pessoas com autismo, o entendimento literal das expressões. Muitos autistas, em maior ou em menor intensidade, entendem expressões ao pé da letra, como o André que foi ao banheiro saltando num pé só, por não entender a expressão 'vai num pé e volta no outro'", explicou o jornalista Francisco Paiva Junior, editor-chefe da Revista Autismo e pai de um menino autista.

Em toda edição da Revista Autismo é publicada uma página com história em quadrinhos exclusiva do personagem André, graças à parceria da revista com o Instituto Mauricio de Sousa.

Com o intuito de informar à população sobre o assunto desconhecido de pais e educadores, a Revista Autismo foi criada em 2010 por dois pais de crianças autistas e tem a parceria do Instituto Mauricio de Sousa.

Revista Autismo
A Revista Autismo é trimestral e sua versão impressa tem distribuição gratuita em associações ligadas ao autismo em mais de 60 cidades em todos os estados do Brasil. Também pode-se pedir a revista pelos correios (pagando-se somente o frete), por meio do site www.RevistaAutismo.com.br.

Sobre o Instituto Mauricio de Sousa (IMS)
Fundado em 1997, o IMS realiza projetos, campanhas e ações sociais focados na construção de conteúdos, que através de uma linguagem clara e lúdica, estimulam o desenvolvimento humano, a inclusão social, o incentivo à leitura, o respeito entre as diferenças, a formação de cidadãos conscientes e conhecedores de seus deveres e direitos.
Compartilhe:

terça-feira, 14 de maio de 2019

Mauricio de Sousa participa de painel da OEI na Bett Educar

Mauricio de Sousa - crédito - Lailson dos Santos
Evento, que tem como objetivo fomentar a reflexão sobre temas importantes relacionados à construção da ética e da cidadania entre o público infantojuvenil, acontece de 14 a 17 de maio, no Transamérica Expo Center

O desenhista Mauricio de Sousa participará, no dia 15 de maio, às 14 horas, da Bett Educar, maior evento de educação e tecnologia da América Latina, que tem por missão reunir pessoas, práticas e tecnologias para propiciar o desenvolvimento dos educadores, maximizando a aprendizagem dos alunos.

Com o objetivo de fomentar a reflexão sobre temas importantes relacionados à construção da ética e da cidadania entre o público infantojuvenil, a Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) convidou representantes da Controladoria-Geral da União (CGU), do Ministério da Educação (MEC), do  Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e do Instituto Mauricio de Sousa (IMS),  para participar de uma mesa de debates acerca desta temática.

O Instituto Mauricio de Sousa faz parte do programa “Um por Todos e todos por um! Pela ética e Cidadania” que vem, desde 2009, difundindo entre as crianças, por meio dos personagens da Turma da Mônica, valores relacionados à democracia, autoestima, participação social, respeito à diversidade, responsabilidade cidadã e interesse público.

O conteúdo didático-pedagógico do programa está alinhado com as competências estabelecidas na Base Nacional Comum Curricular - BNCC e é voltado para estudantes dos anos iniciais do Ensino Fundamental.  Para os 5 anos do Ensino Fundamental estão disponíveis revistas em quadrinhos e bancos de atividades e exclusivamente para o 5º ano do Ensino Fundamental foi desenvolvido um kit completo do professor e do estudante para a sedimentação de conceitos aprendidos nos anos anteriores, composto de Manual do Professor, Caderno do Estudante, Revistas de histórias em quadrinhos, jogos e vídeos, entre outros.

A feira, que será realizada de 14 a 17 de maio, no Transamérica Expo Center, congrega anualmente mais de 230 empresas nacionais e internacionais, mais de 19 startups do setor e cerca 22.000 participantes da comunidade educacional de todos os estados brasileiros, que se encontram com o propósito de buscar inspiração, discutir o futuro da educação e o papel que a tecnologia e a inovação desempenham na formação de todos os educadores e estudantes. [www.bettbrasileducar.com.br].

Sobre o Instituto Mauricio de Sousa (IMS)

Fundado em 1997, o IMS realiza projetos, campanhas e ações sociais focados na construção de conteúdos, que através de uma linguagem clara e lúdica, estimulam o desenvolvimento humano, a inclusão social, o incentivo à leitura, o respeito entre as diferenças, a formação de cidadãos conscientes e conhecedores de seus deveres e direitos.
Compartilhe:

quinta-feira, 2 de maio de 2019

Fundação Dorina Nowill para Cegos e Instituto Mauricio de Sousa promovem inclusão de crianças com deficiência visual nas escolas com lançamento do livro Como Dorinha vê o mundo

Imagem divulgação
Nesta sexta-feira, 3 de maio, às 14h, as personagens Dorinha e Mônica estarão na Fundação Dorina Nowill para Cegos, apresentando a publicação que terá distribuição gratuita para 500 escolas municipais de São Paulo

“É através do tato, usando os dedos e as mãos, que os cegos começam a perceber o mundo...”, explica Dorinha, personagem inspirada em Dorina de Gouvêa Nowill, à Mônica e Cebolinha – também criações clássicas de Mauricio de Sousa. A mais famosa turma brasileira das HQs invade a inédita publicação Como Dorinha vê o mundo, que será distribuída gratuitamente para 500 escolas da rede municipal de ensino, de São Paulo. A iniciativa da Fundação Dorina Nowill para Cegos conta com a importante parceria do Instituto Mauricio de Sousa, na criação conjunta da obra, e do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD), que viabiliza a produção dos 3 mil exemplares da primeira edição do livro impresso em braille e fonte ampliada. Em suas 24 páginas, até os clássicos traços e ilustrações de Mauricio de Sousa são acessíveis, claro. 

De forma lúdica e criativa, Como Dorinha vê o mundo faz parte da “Série Dorina” e apresenta a realidade das pessoas com deficiência visual, o sistema braille e outros instrumentos que possibilitam a democratização da cultura e da brincadeira. O formato da versão impressa também promove a literatura inclusiva entre crianças e jovens cegos, com baixa visão e videntes. “Todos os alunos podem ler o livro. E os professores e educadores também. Isso é inclusão. Esse é o legado de Dorina de Gouvêa Nowill, nossa fundadora que, neste mês de maio, completaria 100 anos e há mais de 70 anos foi pioneira na luta por um mundo mais acessível e uma sociedade mais inclusiva”, comemora Alexandre Munck, superintendente da Fundação Dorina Nowill para Cegos.

Sobre a Fundação Dorina Nowill para Cegos

Há mais de 70 anos, A Fundação Dorina Nowill para Cegos trabalha para que crianças, jovens, adultos e idosos cegos e com baixa visão sejam incluídos em diferentes cenários sociais. A instituição oferece serviços gratuitos e especializados de habilitação e reabilitação, dentre eles orientação e mobilidade e clínica de visão subnormal, além de programas de inclusão educacional e profissional. Responsável por um dos maiores parques gráficos de braille no mundo com capacidade de impressão de até 450 mil páginas no sistema por dia, a Fundação Dorina Nowill para Cegos é referência na produção e distribuição de materiais nos formatos acessíveis braille, áudio, impressão em fonte ampliada e digital acessível, incluindo o envio gratuito de livros para milhares de escolas, bibliotecas e organizações de todo o Brasil. A instituição também oferece uma gama de serviços em acessibilidade, como cursos, capacitações customizadas, sites acessíveis, audiodescrição e consultorias especializadas. Contando com o apoio fundamental de colaboradores, conselheiros, parceiros, patrocinadores e voluntários, a Fundação Dorina Nowill para Cegos é reconhecida e respeitada pela seriedade de um trabalho que atravessa décadas e busca conferir independência, autonomia e dignidade às pessoas com deficiência visual. Mais detalhes: www.fundacaodorina.org.br.

Centenário de Dorina Nowill

Nascida em maio de 1919, na capital paulista, Dorina de Gouvêa Nowill ficou cega repentinamente, aos 17 anos, em consequência de uma doença não diagnosticada. A partir da perda completa da visão, ela começava a fazer história e a construir os pilares da instituição que, no futuro, levaria seu nome e sua causa. Dorina Nowill foi a primeira aluna cega a frequentar um curso regular no Brasil. Posteriormente, viajou para os Estados Unidos, onde fez cursos de especialização na Michigan State Normal School e no Teacher's College. De volta ao país, percebendo a carência de livros em braille, criou a então Fundação para o Livro do Cego no Brasil, atual Fundação Dorina Nowill para Cegos, que iniciou suas atividades em 1946 com a produção e distribuição de publicações acessíveis por este sistema, dando início ao que hoje é uma das maiores imprensas braille do mundo em capacidade de produção. À frente do seu tempo, Dorina Nowill também foi responsável pela articulação e implementação de importantes políticas públicas nacionais, amplo espaço de fala e representatividade internacional, como sua participação na Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), em 1981. Dorina Nowill faleceu em agosto de 2010, aos 91 anos, deixando um legado que permanece e segue adiante por meio dos colaboradores, conselheiros, parceiros, patrocinadores e voluntários da instituição. Em 2019, celebramos o centenário dessa mulher, que desempenhou um importante papel na luta pela inclusão de pessoas com deficiência visual. 

Sobre o Instituto Mauricio de Sousa (IMS)

Fundado em 1997, o IMS realiza projetos, campanhas e ações sociais focados na construção de conteúdos, que através de uma linguagem clara e lúdica, estimulam o desenvolvimento humano, a inclusão social, o incentivo à leitura, o respeito entre as diferenças, a formação de cidadãos conscientes e conhecedores de seus deveres e direitos.
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Posts mais acessados da semana

Anuncie e Divulgue Conosco

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels