Participe da antologia (e-book) POEMAS CONTEMPORÂNEOS. Leia o edital

Participe da antologia (e-book) POEMAS CONTEMPORÂNEOS .  Leia o edital:  CLIQUE AQUI.

Mostrando postagens com marcador José M S Freire. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador José M S Freire. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 18 de janeiro de 2022

5 livros de autores nacionais que você deveria conhecer


Como leitor, escritor e editor, tenho o prazer e privilégio de conhecer centenas de obras nacionais e internacionais. São inúmeros títulos lançamentos mensalmente. Mas destaco alguns títulos de autores que venho acompanhando nessa jornada literária. São eles: José M S Freire, autor de ficção científica que vem se destacando com o título "Tamara Jong". Freire criou uma coleção magnífica de 6 obras ricamente trabalhadas, mostrando ser um exímio conhecedor do gênero FC.  Roberto Schima, outro exímio escritor. Schima é um autor incansável, com inúmeras participações em antologias, possui obras solo e domina a arte de contar uma boa história. Sérgio Simka e Cida Simka, escritores ativos que dominam o português e a arte da escrita, com livros didáticos, como "Prática de Escrita ", título que já expõe o que o leitor encontrará na obra. Rafael Caputo, provavelmente o mais jovem da lista, mas que vem ganhando cada vez mais leitores com seus textos bem elaborados e criativos. E Bert JR, ativo escritor gaúcho e ganhador de prêmios literários, escreve excelentes poemas, contos e crônicas. 

Os autores citados podem ser de cidades e gêneros diferentes, mas todos possuem algo em comum: a paixão pela escrita.   

TAMARA JONG: O CHAMADO DE ÚLION - JOSÉ M S FREIRE 

Universos paralelos, portais interdimensionais, viagens interestelares, mundos futuristas, guerras interplanetárias e tantas outras coisas que intrigam e fascinam a humanidade há longo tempo, mas que ainda permanecem como mistérios a serem revelados em um futuro longínquo, tornam-se, de repente, a mais pura realidade para uma jovem coreana. Tamara Jong, campeã de taekwondo e espadachim do estilo Hankumdo, após deixar a Coreia do Sul com a mãe, uma viúva que se estabelece como empresária no Rio de Janeiro, vê-se, inesperadamente, arrebatada para um mundo de outra dimensão. Tudo aconteceu porque a garota, que adquirira o hábito de treinar seus novos amigos nas artes marciais durante as manhãs de Sábado e Domingo, na Floresta da Tijuca, é confundida com uma poderosa guerreira. O povo do planeta Úlion, que fora dominado por uma raça invasora, vê em Tamara a sua chance de reconquistar a liberdade perdida. Um jovem revolucionário, chamado Zorach, pede a ela para ensinar seus companheiros a lutar, para que eles possam fazer frente aos terríveis inimigos. Sensibilizada com a situação dramática do simpático povo de cabelos vermelhos e olhos azuis, Tamara responde ao chamado para a luta, engajando-se, de corpo e alma, numa guerra cruel e sangrenta. Com sua coragem, determinação e a implacável espada nas mãos, ela logo se torna a mais temível e respeitada combatente das fileiras ulianas.

CINZA NO CÉU - AUTOR: ROBERTO SCHIMA

A exemplo da minha coletânea anterior, "Sob as Folhas do Ocaso", "Cinza no Céu" reúne histórias que foram publicadas na revista digital "Conexão Literatura", editada por Ademir Pascale. Seus vinte e sete contos abrangem fantasia, horror, ficção científica, nostalgia em quase setecentas páginas. Este livro, assim como "Limbographia", "O Olhar de Hirosaki" e "Sob as Folhas do Ocaso" são retalhos de mundos diversos que preencheram minha mente, nos quais mergulhei, me perdi, me achei, por vezes com relutância em voltar. Para mim, eles existem de verdade. Estou neles. Estão em mim. E são aquilo que deixarei para trás.

CARNE FRACA - AUTOR: RAFAEL CAPUTO

“Carne Fraca” é o segundo romance do escritor Rafael Caputo, autor finalista do Prêmio Kindle de Literatura em 2019, que traz novamente a cidade de Curitiba como cenário de suas tramas. A capital paranaense, conhecida como uma “cidade europeia” em pleno Brasil, esconde vários segredos do velho mundo, guardados a sete chaves por alguns descendentes de estrangeiros e membros remanescentes de famílias tradicionais, como a família Sampaio, do carioca Fábio. Que, como seus antepassados, migrou para o sul do país em busca de certa redenção. Usando uma narrativa peculiar, a obra explora uma relação confusa (quase doentia) entre três personagens: Fábio, Manuela e Gizele. Esta última é possessiva e obcecada, faz de tudo para conseguir o que deseja, que no enredo é destruir a relação de Fábio e Manu, só para fisgar o professor de informática bonitão, que – em várias ocasiões – é complacente com as investidas da insistente consultora imobiliária e atriz de teatro amador, capaz de absolutamente tudo para alcançar seus objetivos. Uma atração assim irá trazer consequências perturbadoras para ambos e, principalmente, para quem cruzar seus caminhos. Manuela, por sua vez, é como a maioria das garotas: insiste em acreditar no amor, menos no amor próprio. Por conta disso, acaba sofrendo graves consequências. Principalmente, pela dificuldade em lidar com seus próprios sentimentos, buscando aliviar suas dores emocionais por meio de uma prática nada convencional: a da automutilação. Culpa de sua personalidade depressiva potencializada por uma involuntária síndrome de Asperger. Já Fábio é mulherengo, dissimulado e inconsequente; características que dão um toque a mais na relação já conturbada dos protagonistas. Chega a ser quase um triângulo amoroso. Fruto dos delírios e do talento de Rafael Caputo, a história trata dos perigos de brincarmos com os sentimentos dos outros e chama a atenção para uma grande verdade: as pessoas não são o que normalmente aparentam. Não, a maioria delas. Além de apresentar um desfecho inesperado, o autor ainda surpreende a todos com um final alternativo fora do comum, presenteando o leitor com uma experiência literária insana.

PRÁTICA DE ESCRITA - AUTORES: CIDA SIMKA E SÉRGIO SIMKA

A escrita sempre foi e sempre será fator essencial na existência de qualquer ser humano. Ela representa a porta de entrada e de saída para as oportunidades de transformação de vida, seja no aspecto intelectual, pessoal, profissional ou social, além de ser facilitadora para se conviver melhor em sociedade. E não há como dissociar a escrita da leitura, recurso igualmente primordial para que haja interação entre as pessoas.

EU CANTO O ÍPSILON E MAIS

BERT JR. é gaúcho de Porto Alegre, onde viveu até os 26 anos. Depois de graduar-se em História pela UFRGS, formou-se em Diplomacia pelo Instituto Rio Branco, em Brasília. Sua experiência como diplomata o levou a conhecer vários países. Publicou em 2020 o livro Fict-Essays e contos mais leves pela Labrador. Também compõe músicas e letras. Mantém perfis nas redes sociais para a divulgação de seus trabalhos literários e musicais. Eu canto o ípsilon E mais é seu primeiro livro solo de poesia.

Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA
clique sobre a capa

DO INCISIVO AO CANINO - BERT JR.

MAFRA EDITIONS

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

DIVULGUE O SEU LIVRO

FUTURO! - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels