51 LIVROS PARA LER ANTES DE MORRER, por Ademir Pascale

  Por Ademir Pascale Alguns livros se destacam pela qualidade, conteúdo e originalidade. Livros que a gente lê e não esquece nunca mais. Liv...

Mostrando postagens com marcador Kafka. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Kafka. Mostrar todas as postagens

sábado, 1 de maio de 2021

Um papo com Wilson Barreto Fróis, autor do livro “Kafka em processo: da Lava à Vaza Jato”


Nasceu em 7 de junho de 1960 em São Pedro do Jequitinhonha (MG), cursou o ensino básico em Itaobim (MG) e o ensino superior (Letras) na cidade vizinha, Teófilo Otoni. Já aos quatorze anos, dividia o seu tempo entre estudos e trabalho. Trabalhou em escritório de contabilidade (1975/1984); foi também professor da rede pública (1979/2020).  Foi ainda diretor da E. E. Chaves Ribeiro, em Itaobim, e vereador e presidente da Câmara Municipal da mesma cidade. Procurando aprofundar seus conhecimentos, especializou-se em língua portuguesa (1989) e em literatura brasileira (2002). Concluiu o mestrado (2009) e doutorado (2018) em literaturas de língua portuguesa na PUC MINAS (BH). 

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

Wilson Barreto Fróis: Iniciei o meu relacionamento mais consistente com a literatura a partir do instante em que optei por fazer o curso de letras, em 1977. A partir daí, a leitura de autores, como Cláudio Manuel da Costa, Castro Alves, Álvares de Azevedo, José de Alencar, Machado de Assis, Lima Barreto, Manuel Bandeira e Graciliano Ramos, me convenceu a permanecer no universo literário.

Conexão Literatura: Você é autor do livro “Kafka em processo: da Lava à Vaza Jato”. Poderia comentar? 

Wilson Barreto Fróis: Sim, porém mais um coautor do que propriamente um autor, em função da dinâmica da polifonia do texto.  Nesse livro, desenvolvo a ideia de que o “estranho” universo de Kafka também inclui o nosso, sobretudo quando se observam as últimas ações da justiça brasileira nos últimos seis anos. E assim o faço por meio da inserção de ideias de vários juristas, sociólogos, filósofos, e do registro de diversas fontes jornalísticas, nacionais e estrangeiras. Coube a mim apenas a tarefa de associar tais textos à ficção de Kafka, tendo como base principalmente os romances O processo e O castelo.

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro? 

Wilson Barreto Fróis: Em 2017, quando estava concluindo o doutorado em Belo Horizonte, escrevi um texto de vinte linhas aproximadamente, salientando a capacidade de reatualização da obra de Kafka. No entanto essa pequena produção ficou só nos meus arquivos. Já em março de 2020, quando a pandemia nos impôs a reclusão, resolvi aproveitar o isolamento social, transformando o texto iniciado em 2017 em livro. A absurdez cotidianamente registrada no contexto nacional do ano anterior inspirou e alimentou a construção do texto. Várias cenas da realidade momentânea, a meu ver, passaram a reescrever a ficção kafkiana. De março até julho de 2020, então, a partir de um olhar bifocal (ficção/realidade), concluí o livro em discussão.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho que você acha especial em seu livro?

Wilson Barreto Fróis: Quando, no terceiro capítulo, refiro-me à matéria do jornalista Glenn Greenwald em que se confirma nos bastidores da justiça brasileira uma característica do judiciário criticado em Kafka: a tramitação processual à margem do tribunal.  

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário?

Wilson Barreto Fróis: Versão impressa: busca no site da Editora Viseu e de lojas parceiras (Amazon, Americanas, Shoptime, Submarino); formato digital: Amazon, Kobo, Apple, Google Play, Livraria Cultura.

Em relação aos meus trabalhos, dissertação e tese, na biblioteca digital da PUC MINAS. Além disso, publiquei quatro artigos em revistas acadêmicas da referida instituição.

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta?

Wilson Barreto Fróis: Sim, um deles: a correlação estético-formal entre a ficção de Murilo Rubião e as Escrituras, sonho transformá-la em livro. 

Perguntas rápidas:

Um livro: Terra Sonâmbula, de Mia Couto

Um (a) autor (a): Franz Kafka

Um ator ou atriz: Paulo Gracindo

Um filme: Gladiador

Um dia especial: Dia das mães

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?

Wilson Barreto Fróis: Neste momento de crise, a literatura pode ser, além de um bom refúgio, um instrumento expressivo de resiliência. 

Compartilhe:

quarta-feira, 12 de agosto de 2020

Livro "O processo: a burocracia que condena"


Publicada pelo Grupo Editorial Edipro, última obra de Franz Kafka apresenta críticas e reflexões sobre os absurdos burocráticos da época

"Alguém, por certo, havia caluniado Josef K., pois, sem que tivesse feito nada de mal, foi preso certa manhã [...]” (P. 07)

Assim começa O processo, um dos principais romances de Franz Kafka, publicado postumamente, em 1925, pelo amigo e guardião de seus manuscritos, Max Brod, um ano após a morte do escritor tcheco. Agora, esse clássico é lançado pela Via Leitura, do Grupo Editorial Edipro.

Ao fazer uma crítica direta à burocracia, Kafka apresenta de forma absurda a história de Josef K., um bancário que, em seu aniversário de 30 anos, é preso e julgado sem ao menos saber o motivo de sua apreensão.

Com o denunciante desconhecido, Josef K. luta contra autoridades que o ameaçam e chantageiam, sem que nunca apresentem o embasamento legal da investigação de seu caso. Repleto de reviravoltas, mentiras, desinformação, injustiça, perseguição e desconfiança, o protagonista não encontra mais ânimo para prosseguir lutando contra o processo que lhe foi imposto.

"[...] - Temo que vá acabar mal. Consideram-no culpado. Talvez seu processo nem saia da instância final, pelo menos, no momento consideram sua culpa provada.

- Mas eu não sou culpado. - defendeu-se K. - É um engano. Como pode um ser humano ser culpado? Somos todos humanos, tanto uns quanto outros.

- É verdade - assentiu o sacerdote, - mas assim falam os culpado." (P.177)

Com uma escrita forte e envolvente, O processo, ao lado de A metamorfose, obra também publicada pelo Grupo Editorial Edipro, é uma demonstração inequívoca da potência literária de Franz Kafka. Trata-se de um romance atual, mesmo depois de quase um século de sua publicação original.

Esta edição conta com ilustração de capa do artista plástico, quadrinista e ilustrador curitibano DW Ribastki. O artista é autor da graphic novel Campo em branco, entre outros trabalhos.

Sobre o autor: Franz Kafka (1883-1924) lamentou durante toda a vida não ter tido mais tempo para escrever – formado em direito, trabalhava para uma companhia de seguros. Ainda assim, possui uma das produções mais influentes da literatura do século XX. Nascido em Praga, parte do Império austro-húngaro na época, falava tcheco, mas todos os seus romances e contos foram escritos em alemão, língua materna de sua família. Muitas de suas obras foram publicadas postumamente, graças a seu amigo Max Brod, negligenciando o último desejo de Kafka, que lhe ordenara a destruição de todos os seus manuscritos.

Ficha técnica 
Editora: Via Leitura 
Assunto: Literatura 
Título: O Processo
Autor: Franz Kafka
Preço: R$ 35,90 
ISBN: 9788567097848 
Edição: 1ª edição, 2020 
Idioma: Português 
Altura: 21 
Largura: 14 
Profundidade: 1,3 
Número de páginas: 192 
Pré-venda: Amazon
Compartilhe:

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Clássico da literatura mundial, o fantástico de Kafka agora chega a novos leitores


A metamorfose (Die Verwandlung, em alemão) é uma novela escrita por Franz Kafka, publicada pela primeira vez em 1915.

Nessa obra, Kafka descreve o caixeiro viajante Gregor Samsa, que abandona as suas vontades e desejos para sustentar a família e pagar a dívida dos pais. Numa certa manhã, Gregor acorda metamorfoseado num inseto monstruoso.

“Kafka fez perguntas que nos incomodam há cem anos. Se você for corajoso, leia.” – Leandro Karnal

Prefácio: Marcelo Hessel
Ilustrações: Douglas P. Lobo

Editorial: Minotauro Brasil
Tema: Fantasia
Coleção: Outros
Número de páginas: 144
https://www.planetadelivros.com.br/
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels