Possessão Alienígena reúne grandes escritores brasileiros de ficção científica

Monitorar, possuir e manipular. De certo modo, a literatura, a mídia e o cinema ajudam na descrença da existência dos alienígenas, tor...

Mostrando postagens com marcador Kosmosakifora. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Kosmosakifora. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 11 de agosto de 2021

Um papo com Marcelo Gomes Jorge Feres, autor do livro "Kosmosakifora" (Editora Viseu)


Marcelo Gomes Jorge Feres
nasceu em 6/7/1957, na cidade de Niterói (RJ). Graduado em Administração pela EBAP, Rio de Janeiro, em 1979; graduado e pós-graduado em Direito pela UNESA, Rio de Janeiro, em 2005; licenciado em História na UNICESUMAR, Maringá (PR), em 2019; estudante de Filosofia; publicou 16 livros de conteúdo poético-filosófico e, desde 1987, participa de várias antologias. 

ENTREVISTA: 

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário? 

Marcelo Gomes Jorge Feres: Bem, como escritor, lembro-me de que, perto dos 17 anos, tomei da caneta (na época era assim que se anotava) e, não sei bem como, nem por que, escrevi o seguinte: “A multiplicidade de coisas é estonteante, macro e microcosmos relacionam-se em caminhos infinitos, constituindo um cenário imparcial onde se trava uma luta em meio à evolução”. Estava tudo já escrito. Nunca houve outro destino para todos os meus arbítrios. 

Conexão Literatura: Você é autor do livro "Kosmosakifora" (Editora Viseu). Poderia comentar? 

Marcelo Gomes Jorge Feres: Meus livros são palavras condensadas que lanço como iscas aos ventos. Se mordidas, aquele que se tornou presa, irá libertar-se de si mesmo e tornar-se, inteiro, todo o mar, vendo-se, da beira-mar, distanciando-se no seu ser adentro. Porque Einstein já havia matado o materialismo, demonstrando que a sua morte se deu pela exclusiva falta de matéria. E corroboro tal assertiva, mas em poesias. Tudo são pontos de vista que, como o alertara Leonardo Boff, são apenas a vista de um ponto. Tudo está em tudo, eis o grande enigma das nossas existências, desde os pré-socráticos e desde sempre, o mesmo sempre dito por todos os santos e profetas, pelas sabedorias multimilenares e pelas tradições que se perdem em círculos concêntricos que se dispersam, do Todo, ao eu de cada ser adentro. Tudo está em tudo e cada ponto de vista toma as distâncias de cada um, e que são infindas, e do tamanho exato de suas verdades, conteúdos e dilemas, pois a busca, já iniciada, torna-se, do ser, a sua infinda morada. 

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro? 

Marcelo Gomes Jorge Feres: De modo estranho, mas lógico e explicável, tenho, há muito tempo, escrito todas as noites e, de certo modo uniforme, sinto e sei que escrevo junto com espíritos, a quatro mãos, cumprindo arbítrios e destinos que se dão as mãos sob o eterno atual, sempre presente e cíclico, no passageiro eterno contínuo. 

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho que você acha especial em seu livro?  

Marcelo Gomes Jorge Feres: Todo o livro o é, mas aí vai o pequeno poema título: 

Kosmosakifora 

Se é cosmos, os infindos estão dentro

Se é caos, os infindos estão fora

 

Se é cosmos, os infindos, dentro

Significam Deus e Lógica

 

Se fossem fora, no caos não haveria o cogito

E tu não me verias agora, aí dentro, aqui fora 

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário? 

Marcelo Gomes Jorge Feres: O livro pode ser adquirido junto à editora Viseu e, se o desejar, pode me escrever para meu e-mail: marcelo.gomes.jorge.feres@gmail.com. Responderei sempre, com interesse e muita alegria, decerto 

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

Marcelo Gomes Jorge Feres: Sim, tenho escrito dois livros por ano e publicado no mesmo tanto. Está em editoração o livro Sub specie poeseos e estou no meio de outro livro, o Aeterna, subtilia divina, inexorabile fatum 

Perguntas rápidas: 

Um livro: Arquitetura Cósmica, de Gilson Freire

Um (a) autor (a): Hermínio Corrêa de Miranda

Um ator ou atriz: Peter O’Toole

Um filme: O Labirinto do Fauno

Um dia especial: todo dia o é 

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário? 

Marcelo Gomes Jorge Feres: Apenas que, assim como conhecemos uma pessoa se soubermos do que ele pede em suas orações, devemos sempre tentar conhecer a nós mesmos e, segundo os famosos Nosce te ipsum, ou Gnothi seauton, que tal, em nossa orações, pedirmos, com profunda sinceridade?: Senhor, Deixa-me saber!

Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels