Mostrando postagens com marcador Luciana Grether. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Luciana Grether. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 15 de setembro de 2020

Um cílio de Ana Caetano, da dupla Anavitória, vira personagem de livro e música


Uma troca de mensagens de WhatsApp sobre um cílio encravado acabou se transformando em um conto ilustrado e em música
A cantora e compositora Ana Clara Caetano, uma das metades das ANAVITÓRIA, volta e meia é surpreendida por um cílio que insiste em nascer dentro do olho dela. Em uma dessas ocasiões, ela se queixou via mensagem de WhatsApp com seu produtor e amigo confidente, Felipe Simas. Sentia uma sensação de incômodo como se tivesse um grão de areia no olho.
No intuito de animar aquela cabisbaixa Ana, Aninha, Clara ou Clarinha (sim, seu nome composto possibilita diversas maneiras de chamá-la), Felipe temperou sua resposta com uma dose de ludicidade. A ideia era criar empatia com o motivo do tal incômodo. Resolveu, então, dar vida, personalidade, sonho e nome ao cílio. E, de quebra, ainda trouxe luz para a questão da singularidade, do reconhecimento da força da individualidade de cada um, tão importante para a autoestima de todos: crianças, adolescentes e adultos.
E, assim, surgiu “O Cílio do Olho da Clara”, um microconto escrito por Felipe e ilustrado com pinturas em nanquim e aquarela de Luciana Grether, professora de artes e design da PUC-Rio. Lançado pela Zit Editora e coeditado pela Universal Music, o livro está à venda nas principais livrarias e lojas digitais. A publicação terá também uma versão em audiobook, ainda dando acesso para cegos e deficientes visuais. Essa é a primeira incursão da Universal Music Brasil no universo literário.
O extrovertido cílio acabou ganhando também uma trilha sonora. A convite de Felipe, o músico Wem, do grupo musical infantil Tiquequê, compôs e gravou uma canção inspirada na história. Ela pode ser ouvida em todas as plataformas digitais (Spotify, Youtube, etc).
“'O Cílio do Olho da Clara' é fruto de uma conversa de WhatsApp com a minha amiga e sócia, Ana Clara. Em uma manhã  do  verão  de  2019,  Clara  se  queixava,  via  mensagem  de  texto,  de  um incômodo cílio que teimava em nascer dentro do olho dela. Querendo animá-la, respondi de bate-pronto com a imediatidade que esses aplicativos de mensagens instantâneas requerem. Acabei transformando aquela mensagem nesse livro lindamente ilustrado com pinturas de nanquim e aquarela da Luciana Grether”, conta Felipe Simas.
Sempre em busca de múltiplas formas de expressão artística, essa não é a primeira vez que as ANAVITÓRIA estão envolvidas em um projeto lúdico, direcionado ao público infantil. Em outubro de 2017, elas lançaram nas plataformas digitais o EP “Anavitória Canta para Pessoas Pequenas, Pessoas Grandes e Não Pessoas Também” (Universal Music).
O Cílio do Olho da Clara” (Zit Editora / Universal Music)
Autor: Felipe SimasIlustradora: Luciana GretherPreço de capa: R$39,90Gênero: InfantilJá à venda nas principais livrarias.
Compartilhe:

sexta-feira, 29 de março de 2019

Festa pela Literatura Infantil no Rio de Janeiro

Lançamento de “Meu querido vovô Romano”, dia 14/4, às 16h, marca aniversário de dois anos da Lago de Histórias com atividades para a criançada e avós vivos e eternizados

Em abril comemora-se o Dia Nacional do Livro Infantil (18/4), na data de nascimento do escritor Monteiro Lobato, e também o Dia Internacional dessa categoria literária (2/4). Não poderia faltar uma festa para celebrar o gênero do encantamento e do prazer, e daquele que traz para os pequenos, e os grandes, a chance de reparar o mundo e as suas infinitas possibilidades.

No dia 14/4, a partir das 16h, a Editora e a Casa Cultural Lago de Histórias (www.lagodehistorias.com.br), na Urca, comemoram dois anos de vida com música, contação de histórias, oficina de papeis de carta e, claro, lançamento de livro novo.

Uma história de delicadezas em forma de letra cursiva, que viajava entre Rio de Janeiro e Guarapari para encurtar distância e para diminuir a saudade que vovô Romano e a neta sentiam um do outro. As cartas que trocavam estão em Meu querido vovô Romano, de Thais Velloso, com ilustrações de Luciana Grether, e foram a maneira que descobriram de desfrutar tanto quanto podiam o tempo que tinham juntos, ainda que só se vissem uma vez por ano, nas férias.

- Quando a gente gosta muito de uma coisa, quer logo contar para o mundo. É dessa forma que sinto com as minhas memórias vividas e inventadas, as lembranças e saudades de quando eu era criança e trocava cartas com o meu avô. E hoje poder compartilhá-lo com outras pessoas é eternizar meu querido vovô Romano ainda mais no meu coração (e quem sabe nos corações daqueles que se deixarem levar por essa história). E é isso que espero desse livro: tocar as pessoas com afeto, imaginação e poesia. Os livros são as nossas experiências mais pessoais numa roupagem de fantasia que pode tudo... divertir, emocionar, inspirar, curar, conta a autora.

E se a neta guardou cheiros, sons, imagens e sensações dos  momentos vividos com o avô, bastando fechar os olhos para ver o monte de areia branca repousando à frente da casa de seu querido vovô Romano, o leitor também é convidado a reviver, levando os avós fisicamente ou em lembranças, para somar alegrias nesta tarde de festa e atividades na Lago de Histórias.

Meu querido vovô Romano é uma das tantas demonstrações de resultados já comprovados até pela Ciência: na relação entre avós e netos dois lados se beneficiam. Para os avós, a conexão permite contato com uma geração muito mais nova e uma abertura às novas ideias. Para os netos, os idosos oferecem a sabedoria adquirida durante a vida – e esse conhecimento acaba sendo incorporado pelas crianças quando elas se tornam adultas.

A Editora
A Editora Lago de Histórias foi fundada em novembro de 2016 no Rio de Janeiro, na mesma noite de lançamento dos livros Mais felizes do que sempre, Bia sem pressa, Os medos de Bel, e Soldado. Em 2017, o catálogo ganhou reforço de Olga e do título Grande ou pequena?

Ainda em 2017, reforçaram o catálogo: A Moça Artista do Topo do Morro e Vicky, todos de autoria da escritora e pedagoga Helena Lima.

Em agosto de 2018, chegou ao mercado editorial pela Lago o bilíngue Todos os pais do mundo / All the dads in the world, do professor e músico André Tavares, seguido de Bilica Chorona, de autoria da educadora Isabelle Borges, vencedora da I Seleção de Originais da Lago de Histórias. Ainda no segundo semestre daquele ano vieram: Contos de Encantar o Céu, de Helena Lima e Angela Leite Souza, e Um cachorro para Maya, de Roseana Murray.

No ano passado, a Lago de Histórias inscreveu, pela primeira vez, dois livros, dos doze que tem publicados, no Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD). E colheu a escolha de ambos pelo Programa: Soldado e A Moça Artista do Topo do Morro levarão afeto às crianças de escolas do Oiapoque ao Chuí em 2019.

Com Olga, a história de uma cobra de óculos, Helena Lima levou o 3º lugar do Prêmio da Biblioteca Nacional, na categoria infantojuvenil. Ainda em 2018, essa cobra danada e Soldado foram selecionados para fazer parte do acervo básico FNLIJ.

Para 2019, a Lago tem algumas novidades, entre elas, a chegada ao mercado do selo adulto, que receberá, não por acaso, o nome de Lago Baikal, o lago mais profundo do mundo.

A Casa Cultural
Na Casa Cultural Lago de Histórias acontecem oficinas de escrita criativa e poética, oficinas de ilustração e contação de histórias. Lançamentos de livros, encontros de escritores e saraus.

Nas visitas literárias para alunos de todas as idades, a editora Helena Lima conta como se dá todo processo de produção de um livro, descobrindo as etapas envolvidas: criação da história, escolha do ilustrador, trabalho do editor junto ao autor e ao ilustrador, envio do material às gráficas e o produto final. Fazem parte do encontro apresentação dos livros e contação de histórias e o ingresso para a vivência é a compra de um livro da editora.

Outra possibilidade é a Lago ir às escolas: Helena apresenta os livros para crianças de idades variadas, conta histórias e promove conversas com os alunos. Entre suas ações está uma conversa sobre processo criativo e o funcionamento de uma editora.

Há ainda participação da Lago de Histórias em feiras literárias e outros eventos da escola e no calendário anual do mercado editorial nacional.

SERVIÇO:

Meu querido Vovô Romano
Editora: Lago de Histórias
Formato: 23x28cm // Páginas: 32 // Preço: R$ 39,90
Autora: Thaís Velloso
Ilustradora: Luciana Grether

Sessão de autógrafos (com música, contação de histórias e oficina de papéis de carta)
14 de abril – sábado // 16h // Casa Cultural Lago de Histórias (R. Marechal Cantuária, 18 – Urca / Rio de Janeiro)

SOBRE A AUTORA:
Thaís Velloso é professora formada em Letras pela PUC-Rio. Seu primeiro livro foi “A baleia que carregou o oceano”.
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Anuncie e Divulgue Conosco

Posts mais acessados da semana

COMUNIDADE INFLUXO

SONHOS FULGURANTES - ROBERTO MINADEO

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels