Jane Austen: Livros e Filmes

Jane Austen, Thibaudet e um retrato da burguesia do séc. 18 Nascida em 16 de dezembro de 1775, a britânica Jane Austen foi uma das...

Mostrando postagens com marcador Marvel. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Marvel. Mostrar todas as postagens

sábado, 17 de julho de 2021

Homem-aranha vs Capitão Britânia


Marvel Team UP era uma publicação da Marvel que mostrava encontros entre heróis Marvel. Entre as várias equipes criativas que assumiram o título, sem dúvida a mais célebre foi a do roteirista Chirs Claremont e do desenhista John Byrne.

Ótimo exemplo dessa dupla afinada foi o encontro do Homem-aranha com o Capitão Britânia, publicada no número 65 e 66 da revista, em 1977.

Na história, Peter Parker recebe em sua casa um estudante inglês, Brian Braddock, que é ninguém menos que o herói britânico. Depois de uma luta entre os dois ocasionada por um equívoco (parece haver uma regra na Marvel: toda vez que dois heróis encontram, eles primeiro devem brigar), eles se deparam com uma ameaça terrível: o Mundo assassino do vilão Arcade.

Criado nessa história, Arcade é um jovem rico que, entediado, resolve criar um parque de diversões para testar vários heróis da Marvel.

Os dois heróis são colocados em bolas transparentes e introduzidos em um fliperama gigantesco. Depois se deparam com os mais diversos tipos de ameaças, todas baseadas na ideia de um parque de diversões mortal.

Era uma ideia que de fato funcionava – tanto que a dupla ia retornar o vilão numa história dos X-men, pois permitia ação ininterrupta.

Se Chris Claremont era bom ao trabalhar com diversos personagens, Byrne era ótimo com ação. A junção dos dois fez com que essa história se tornasse um clássico.

No Brasil essa história foi publicada em Homem-aranha 38 e na coleção de Graphic Novels Marvel da Salvat (também no número 38).

Compartilhe:

quarta-feira, 3 de março de 2021

Dreadstar

 

No início da década de 1980 a Marvel criou um selo de quadrinhos em que os direitos dos personagens ficavam com seus autores. Foi a senha para o mestre das sagas espaciais, Jim Starlim, criar uma das melhores séries de ficção científica de todos os tempos: Dreadstar.

Dreadstar é uma mistura de elementos: é uma space opera, no estilo Star Wars, é uma distopia, estilo 1984, e super-heróisno estilo de trabalhos anteriores do próprio Starlin, como Warlock e Capitão Marvel.

Na trama, a galáxia é dividida entre duas grandes potências em guerra: a Monarquia, governada por um rei fantoche, e a Instrumentalidade, uma organização religiosa governada pelo Lord Papal. É uma crítica severa ao fanatismo religioso e ao pensamento único. Em territórios conquistados, a Instrumentalidade realiza uma santa inquisição: empatas identificam quem poderia tem pensamento contrário à igreja e esses são executados, aos milhões – uma das cenas mais chocantes dos quadrinhos mostra o Lorde Papal visitando uma dessas inquisições e os soldados acumulando uma montanha de crânios.

A guerra parece eterna até que surge Vanth Dreadstar, um herói, vindo de uma galáxia destruída, que, após ver o planeta que o abrigou ser dizimado, resolve acabar com a guerra. Unem-se a ele Oedi, um homem-gato, Willow, uma telepata  cega que enxerga através dos olhos de um macaco e é capaz de controlar máquinas e emitir rajadas mentais, Syzygy Darklock, um místico misterioso e o mercenário Skeevo.

De todos os personagens secundários, Willow é a mais interessante. O capítulo dedicado a contar a sua história ecoa diretamente a influência de 1984, de George Orwell. No mercado a mãe da personagem resmungara uma reclamação sobre o preço dos alimentos. Como resultado, foi presa pelos guardas da instrumentalidade e desaparece. A menina passa a ser criada pelo pai, que, cada vez mais enlouquecido pela perda da esposa, chega a abusar da filha antes de ser enviado para a guerra. Willow vai, então, para um orfanato e chega se tornar prostituta antes de ser encontrada por Dreadstar.

Starlim transformou essa ficção científica com pegada de super-herói em uma saga impressionante repleta de ação em meios às críticas sociais. Destaque para o capítulo em que, para pegar Dreadstar, Lorde Papal ordena o bombardeio de bombas nucleares numa cidade com milhões de habitantes. Era apenas o terceiro volume, mas já mostrava até essa série poderia chegar.

Esse material foi publicado no Brasil inicialmente na revista Epic, da editora Abril. Posteriormente a editora Globo lançou um gibi com o título, publicando toda a fase da Marvel a partir do ponto em que a Abril havia deixado. Em 2014 a Mythos lançou um encadernado em capa dura com o personagem. Deveria ser o volume 1, mas o segundo volume até hoje não foi publicado. No entanto, vale muito a pena. A narrativa de Starlim é do tipo que não deixa desgrudar os olhos do gibi e, a publicação no formato original permite perceber que ele não só era um grande roteirista, mas também um ótimo desenhista, algo que não tinha destaque no formatinho. 

Em tempo: eu li essa série na Epic e gostei, mas foi um amigo que me chamou atenção para a profundidade filosófica e sociológica de Dreadstar. Infelizmente hoje essa mesma pessoa diz que Jim Starlim é comunista e Dreadstar é marxismo cultural feito para acabar com a religiosidade e promover o comunismo. Uma pena. Parece que algumas pessoas foram cooptadas pela Instrumentalidade.  

Compartilhe:

sábado, 7 de novembro de 2020

Quem é o Pantera Negra?


Quando o roteirista Reginald Hudlin contou aos amigos que ia escrever a revista do Pantera Negra, eles perguntaram: Quem? Isso o levou a escrever uma história que não só apresenta o personagem, mas também o reino de Wakanda e mas também criou as principais bases do que viria a ser o filme de enorme sucesso de 2018. Essa história, reunida no volume 38 da coleção de graphic novels Marvel chamou-se “Quem é o Pantera Negra?”.

Hudlin avança muito além do que até então tinha sido feito, remontando ao passado longíncuo de Wakanda, mais precisamente no século V, quando uma tribo rival tenta invadir o local e seus guerreiros são dizimados pelo sistema de defesa incluindo balestras gigantes. Depois, no século XIX, um grupo de aventureiros belgas tenta invadir o local com metralhadoras e é igualmente repelido.

A história pula para o presente, quando o rei de Wakanda está enfrentando adversários em uma disputa pela coroa enquanto dois grupos planejam invadir o país: de um lado vilões, chefiados pelo Garra Sônica, e do outro os americanos interessados nas riquezas naturais do país.

A história não só amplia em muito a mitologia do personagem, acrescentando informações (como a de que o Garra Sônica é descendente do belga que foi morto tentando invadir Wakanda no século XIX). E faz isso com muita ação e uma trama envolvente e empolgante. Além disso, acrescenta uma viva crítica social sobre como os países de primeiro mundo sempre viram a África como um quintal do qual poderiam retirar o que quisessem.

Os desenhos ficam por conta de John Romita Jr. Ele é adorado por muitos e odiado por outros (no geral eu gosto muito). Mas mesmo quem odeia dificilmente diria que ele não foi uma boa escolha. Fortemente influenciado por Jack Kirby, ele traz de volta toda a grandiosidade de Wakanda e cria um visual que seria a principal influencia para o design do filme.

Compartilhe:

terça-feira, 11 de agosto de 2020

Heróis da Marvel viram puzzle books

Coleção "Guia de Personagens" da Catapulta Editores traz os principais personagens dos quadrinhos em livros e quebra-cabeças

Heróis e vilões fazem parte do mais recente lançamento da Catapulta Editores. A coleção “Guia de Personagens Marvel” é composta por dois livros e traz informações e curiosidades sobre os principais personagens dos quadrinhos. Um quebra-cabeça de 300 peças acompanha cada box do puzzle book.

Com ilustrações e detalhes sobre personagens, cada livro inclui todos detalhes de 25 heróis e vilões, organizados ao longo das obras, em ordem alfabética. Os títulos apresentam os poderes, personagens aliados e rivais, e curiosidades de cada herói e vilão dos guias de personagens.

Confira mais detalhes abaixo:

Guia de Personagens Marvel A-D

O primeiro puzzle book desta coleção traz, na capa, um dos mais emblemáticos personagens da Marvel, O Capitão América. Outros heróis e vilões que compõem o título são O Homem Formiga, O Pantera Negra, a Viúva Negra e o Carnificina, entre as letras A-D.

Guia de Personagens Marvel D-H

No segundo box da coleção, o herói Hulk ilustra a capa do livro, que concentra outros 25 personagens entre as letras D e H. O Doutor Estranho, o Duende Verde e a Gamora poderão ser encontrados nas páginas do título, com informações e detalhes sobre cada um deles.

Com preço sugerido de R$ 79,90, o lançamento “Guia de Personagens Marvel” está disponível no nosso e-commerce - www.catapultalivros.com.br. Além disso, é possível encontrá-los nas principais livrarias do país, em lojas físicas e online.
Compartilhe:

sábado, 26 de janeiro de 2019

7 frases marcantes de Stan Lee

Stan Lee - Foto divulgação
Stan Lee (1922-2018), foi um escritor, produtor, diretor, editor, empresário e ator norte-americano, além de presidente e editor-chefe da Marvel Comics. Foi um dos responsáveis pela criação do Hulk, Homem-Aranha, Demolidor, X-Men, Quarteto Fantástico e outros importantes personagens.

1 - O único conselho que alguém pode dar é esse: se você quer ser um escritor, continue escrevendo. E leia tudo o que puder, leia todas as coisas.
Stan Lee

2 - Ser um "geek" se tornou um distintivo de honra. Um nerd é realmente alguém interessado em comunicação e entretenimento, que encontra a melhor maneira de se aproveitar disso.
Stan Lee

3 - A sorte é uma porta giratória, você só precisa saber quando é a sua hora de atravessar.
Stan Lee

4 - Quanto mais você lê, melhor vai se tornar um contador de histórias.
Stan Lee

5 - Eu não acho que nenhum escritor pode criar qualquer tipo de história se ele ou ela não se sentir realmente no personagem no momento em que escreve.
Stan Lee

6 - Há apenas um que é todo-poderoso e sua maior arma é o amor.
Stan Lee

7 - Eu nunca pensei que o Homem-Aranha se tornasse o ícone mundial que ele é. Eu só esperava que os livros fossem vendidos e que mantivesse o meu emprego.
Stan Lee
Compartilhe:

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

"Incrível, fantástico, inacreditável": a biografia em quadrinhos do gênio que criou os super-heróis da Marvel

A biografia em QUADRINHOS do gênio que criou os super-heróis da MARVEL Nesta obra singular e ricamente ilustrada, Lee narra a extraordinária história de sua vida com a mesma energia e inimitável espírito excêntrico que sempre apresentou no mundo dos quadrinhos. Esta biografia visual relembra os principais momentos do artista, da infância conturbada na cidade de Nova York à sua ascensão como principal escritor e editor-chefe da Marvel Comics durante seu período áureo,

SERVIÇO

Incrível, fantástico, inacreditável: A biografia em quadrinhos do gênio que criou os super-heróis da Marvel.
Selo Geektopia (Editora Novo Século). 192 páginas. Stan Lee, Peter David e Collen Doran.
nas décadas de 1960 e 1970; da parceria com os grandes Joe Simon, Jack Kirby e Steve Ditko à sua mais recente aparição em Vingadores: Era de Ultron. O livro Incrível, fantástico, inacreditável perscruta com vivacidade todos os aspectos da carreira notável e ímpar de Stan Lee, um dos maiores artistas do nosso tempo.
Compartilhe:

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Ilustrador da Marvel Comics, Danilo Beyruth lança ‘Samurai Shirô’, da DarkSide Books, neste sábado

AUTOR ASSINA AS GRAPHIC NOVELS DO ASTRONAUTA, PERSONAGEM DE MAURÍCIO DE SOUZA, ALÉM DE ‘GHOST RIDER’ E ‘GUARDIÕES DA GALÁXIA’ PARA MARVEL

Conhecido mundialmente, o premiado quadrinista Danilo Beyruth fechou sua primeira parceria com a editora DarkSide® Books. Juntos eles publicam a HQ inédita “Samurai Shirô”, que será lançada na loja Ugra, em São Paulo, neste sábado, dia 15. A graphic novel traz uma narrativa construída por sentimentos de vingança e honra, envolvendo samurais modernos e a máfia japonesa no bairro da Liberdade na cidade de São Paulo. O bate-papo com o autor e Lielson Zeni, da DarkSide, começa às 16h, seguido de uma sessão de autógrafos.

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/2146631695575881

Sobre o livro:
“Samurai Shirô” conta a história de lutas sangrentas pelo poder, honra familiar e do reencontro violento com o passado, vivido no agora por samurais modernos e a Yakuza -máfia japonesa -, que usa de cenário o bairro da Liberdade, na cidade de São Paulo. Akemi é uma jovem descendente de japoneses que vê surgir em seu caminho um estranho homem sem memória, com uma katana - tipo de espada japonesa -, e passa a ser perseguida pelos membros do Yakuza. Ela vai precisar enfrentá-los, assim como seu próprio passado, para sobreviver.

A narrativa de “Samurai Shirô”, em ritmo veloz, é repleta de ação e dialoga com a intensidade e diversidade da principal metrópole do país, para onde migraram milhares de orientais, e considerada a maior comunidade japonesa do mundo fora do Japão. A arte em preto e branco de Danilo Beyruth dialoga com o universo imagético dos filmes de samurai de Akira Kurosawa, como “Yojimbo”, “O Guarda-Costas” e “Sete Samurais”, além dos mangás, como “Lobo Solitário”. Sem perder sua característica, o traço dinâmico de Beyruth se desafia a contar uma história de luta pelo poder e pela honra dentro da tradição de histórias de ação japonesas, lidando com suas marcas e símbolos como um verdadeiro sensei.

O autor entrega um de seus quadrinhos autorais mais intensos nas mãos de uma editora que sabe moldar o medo. “Samurai Shirô”, lançamento da DarkSide® Books em seu selo DarkSide® Graphic Novel — inteiramente dedicado ao melhor da arte sequencial —, chega às livrarias em setembro com quase duzentas páginas em capa dura e com um acabamento especial de dar inveja a mafiosos.

Sobre Danilo Beyruth:
Danilo Beyruth é quadrinista e ilustrador, vencedor de diversos prêmios HQ Mix. Em 2009, publicou seu primeiro álbum, “Necronauta: O Soldado Assombrado” (HQ Maniacs). A seguir, lançou o premiado “Bando de Dois” (Zarabatana, 2010), também publicado na Argentina, França e Portugal. Em 2012, Necronauta ganhou um segundo volume, “Necronauta: Almanaque do Mortos” (Zarabatana), mesmo ano em que inicia a série com o personagem de Mauricio de Sousa, pela Panini, “Astronauta: Magnetar” (traduzido para o alemão, espanhol, francês e italiano), “Astronauta: Singularidade” (2014) e “Astronauta: Assimetria” (2016). Publicou ainda “São Jorge” em dois volumes (Panini, 2014). Também desenha para a Marvel Comics (“Ghost Rider”, “Guardiões da Galáxia”, “Cable”, entre outros). Ilustrou a capa e o miolo da segunda edição de “A Noite dos Mortos-Vivos”, de John Russo (Darkside, 2018). Neste ano, Danilo viu seus personagens e conceitos ganharem vida no filme “Motorrad”, dirigido por Vicente Amorim. “Samurai Shirô” é seu primeiro álbum pela Darkside® Books.

Sobre a editora DarkSide® Books:
Primeira editora brasileira especializada no universo do terror e da fantasia, a DarkSide® Books nasceu em um 31 de outubro, Dia das Bruxas, em 2012. Hoje, com cinco anos de vida, já mobiliza mais de 1 milhão de fãs nas redes sociais, a maioria deles leitores que colecionam seus títulos – edições sempre caprichadas e em capa dura. A DarkSide® – apadrinhada pelo mestre Zé do Caixão, de quem reeditou a biografia – se tornou uma referência entre as novas editoras do mercado e mantém uma relação intensa, de admiração e troca, com seus fãs e seguidores, que não deixam de acompanhar, curtir, sugerir títulos e cobrar lançamentos com a "Caveira" (o símbolo que se tornou apelido da editora nas redes sociais). Além da qualidade quase psicopata do design e acabamento gráfico das edições, esta legião de fãs busca, na DarkSide®, as preciosidades de um catálogo diversificado, que aposta em revelações da literatura mundial, premiadas no exterior (como Andrew Pyper, Caitlín R. Kiernan e Keith Donohue), em ícones do universo do terror e da fantasia (como Robert Bloch, Stephen King e Jim Henson) e em obras-primas que continuavam inéditas no país como Fábrica de Vespas, o premiado livro do autor Iain Banks.

Sobre a linha Graphic Novel:
A DarkSide® Graphic Novel é uma expansão do universo sombrio e fantástico da editora, que vai desde clássicos desenterrados ao terror mais casca grossa. De histórias para morrer de amor até casos reais de investigação criminal. Assim, as diferentes coleções e linhas editoriais da DarkSide Books, como DarkLove, Crime Scene ou Medo Clássico também podem assinar quadrinhos e mangás. Mais importante que o formato é ter grandes histórias para ler.

E o que os fãs podem esperar de uma graphic novel com a caveirinha na lombada? De cara, já dá pra ver que são edições de botar pra #*@#-*, com capa dura e aquele padrão quase psicopata de qualidade. Mas é claro que tem muito mais. São títulos que fogem do óbvio, obras inéditas, autores consagrados e artistas que estão renovando o mercado. Um verdadeiro panorama do que há de mais dark no mundo dos quadrinhos.

SERVIÇO:
Título: Samurai Shirô
Autor: Danilo Beyruth
Editora: DarkSide®
Edição: 1a
Idioma: Português
Especificações: 192 páginas, capa dura
Dimensões: 17,5 x 26 cm
Preço: R$ 59,90

EM SP:
Bate-papo com o autor Danilo Beyruth e Lielson Zeni, seguido de sessão de autógrafos
Local: UGRA PRESS - Rua Augusta, 1371, loja 116 - São Paulo
Data: 15/09
Horário: 16h
Compartilhe:

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Coleção Bustos Super Heróis Marvel


Atenção Marvetes de plantão, preparem suas estantes... e seus bolsos.

De alguns anos para cá, tivemos inúmeras coleções para ocupar nosso tempo e diversão. 
Confesso que sempre senti falta de uma coleção como essa que será lançada ainda esse mês de agosto de 2017. São bustos de super-heróis e supervilões da Marvel, que chegam a medir cerca de 13 centímetros (no caso do Hulk) e que são produzidos pela Planeta DeAgostini.

São peças feitas de resina e pintadas à mão. A qualidade e o nível de detalhes são incríveis, assim como os preços. Como já sabemos muito bem, a primeira edição virá com um preço acessível, e as outras vão salgando cada vez mais, até que no final você acha melhor nem fazer as contas de quantos reais gastou.

Você deve estar se perguntando: Serão quantos bustos? Dez? vinte?
Não.... serão sessenta bustos! E essa história de sessenta eu já ouvi antes. Quando você acha que esta acabando, eles aparecem com um expansão. 

Além dos bustos, virá também uma revista informativa, que na minha opinião é pouco útil, para não falar outra coisa. Informações que você já deve estar careca de saber.

Adiantando as primeira edições, a Nº 01 será com o Homem-Aranha, Nº 02 Homem de Ferro e Nº 03 Hulk.

Você pode conferir esse vídeo oficial para mais detalhes dos bustos: https://goo.gl/PZeQ8t ou Clique aqui.


Compartilhe:

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Crítica do Filme: Homem-Aranha: De Volta ao Lar



Homem-Aranha: De Volta ao Lar já está nos cinemas! A história do "Amigão da Vizinhança" ainda está bem fresquinha em nossa memória. Pode ficar tranquilo, compre seu ingresso e assista ao filme sem o medo de rever a morte do tio Ben ou Peter sendo picado pela aranha radioativa. Na verdade, esses dois detalhes é incrivelmente citado tão rápido e sucinto que apenas serve de lembrete de que isso já aconteceu e ponto! Afinal de contas, passado é passado.

O Filme é um sucesso tão grande que em seu primeiro final de semana no Brasil já conquistou a maior bilheteria, e mundialmente falando, firmou-se como uma das melhores aberturas de 2017.

Dessa vez vemos Peter encarar uma nova aventura em sua recente carreira de super herói.
Logo no começo conhecemos Adrian Toomes, interpretado por Michael Keaton, que acaba tornando-se o vilão Abutre. Mas quem é Abutre nos quadrinhos?
Compartilhe:

domingo, 15 de janeiro de 2017

Conexão Nerd: Descubra 8 curiosidades sobre o super-herói Capitão América

Descubra 8 curiosidades sobre o super-herói Capitão América. Assista o vídeo, acesse: https://www.youtube.com/watch?v=zaB_dLCaAjc

 
Compartilhe:

sábado, 7 de janeiro de 2017

Conexão Nerd: 9 curiosidades que você precisa saber sobre o Homem de Ferro

Iniciei hoje um novo canal no Youtube, intitulado "Conexão Nerd - Brinquedos & Curiosidades" (aproveite e se inscreva). Venho mantendo nas edições da revista Conexão Literatura, minha coluna Conexão Nerd, mas resolvi aderir e expandir aos vídeos. Esse é o meu primeiro de muitos que ainda farei, está bem amador, mas garanto que irei melhorar cada vez mais com o passar do tempo ;)

SOBRE O VÍDEO:
Hoje, quando lembramos de Tony Stark, já vem logo em nossa mente a aparência do ator Robert Downey Jr, principalmente para os mais jovens. Tony Stark, ou Homem de Ferro, teve várias mudanças no decorrer dos anos, aos poucos ele foi sendo moldado, principalmente para ser apresentado como um personagem carismático e que agradece fãs de todas as idades.

O Homem de Ferro foi criado por Stan Lee, o roteirista Larry Lieber, e os desenhistas Jack Kirby e Don Heck.

ASSISTA NO VÍDEO ABAIXO AS 9 CURIOSIDADES QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O HOMEM DE FERRO


Para ficar sempre por dentro de mais curiosidades do mundo nerd, inscreva-se no canal Conexão Nerd - Brinquedos & Curiosidades: clique aqui.



Compartilhe:

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Incríveis prateleiras baseadas em logomarcas de super-heróis


Você está cansado(a) de ver seus livros e hqs espalhados pela casa? Você procura algo que misture livros, hqs, heróis, tudo num projeto incrível e moderno? Pois se você é fã desse universo geek e é nerd como eu, não pode deixar de conferir essas criativas prateleiras que o designer industrial Burak Burak Doğan desenvolveu.







Aproveite e conheça o perfil do artista e mais trabalhos dele, acessando: https://www.behance.net/burakdgan


Compartilhe:

domingo, 1 de janeiro de 2017

10 ilustrações de dragões baseadas em super-heróis e vilões da Marvel e DC

1 - HULK
O ilustrador Lynton, que parece ser fascinado por dragões, resolveu criar uma série de dragões baseados em super-heróis e vilões da Marvel e DC. O trabalho ficou incrível e como sempre estou procurando coisas assim relacionadas ao mundo dos heróis, literatura, cinema, etc, não poderia deixar de fazer esse primeiro post de 2017 com um tema do qual adoro :)

2 - BATMAN
3 - LOKI
4 - MOTOQUEIRO FANTASMA
5 - HOMEM DE FERRO
6 - NOTURNO
7 - TEMPESTADE
8 - VENOM
9 - WOLVERINE
10 - DEADPOOL
As ilustrações que mais curti foram a do Dragão-Hulk, Dragão-Batman, Dragão-Loki e Dragão-Wolverine. E você, quais ilustrações curtiu mais?

Aproveite e conheça o perfil e trabalhos do autor, acessando: https://www.patreon.com/LyntonLevengood


Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels