Mostrando postagens com marcador Mauricio de Sousa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Mauricio de Sousa. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 1 de outubro de 2020

Quino Vive

"O amigo Quino está agora desenhando pelo universo com aqueles traços lindos e com um humor certeiro como sempre fez. Criou sua Mafalda, hoje de todos nós, no mesmo ano em que eu criei a Mônica, em 1963 - mas ela só estrearia nas tiras no ano seguinte. Por isso, nos tornamos irmãos latino-americanos para desbravar o mundo dos quadrinhos. Estive com ele em 2015, em Buenos Aires, no Centro Cultural Brasil-Argentina, onde o presenteei com uma Mônica ao lado da Mafalda na comemoração dos 50 anos das duas personagens. Uma pessoa dócil e um dos maiores desenhistas de humor de todos os tempos. Quino vive agora mais forte dentro de nós".

 

Mauricio de Sousa

Compartilhe:

quinta-feira, 20 de agosto de 2020

Escritor Paulo Vieira lidera o ranking nacional dos mais vendidos no final de semana e já anuncia as novas aventuras com Mauricio de Souza

O best-seller O poder da alta responsabilidade liderou novamente o topo do ranking nacional de obras mais vendidas da Amazon e para comemorar, o autor Paulo Vieira anuncia o lançamento do O Poder da Ação para crianças "novas aventuras" da turma da Monica".

Brasil, agosto de 2020: Segundo pesquisa mensal da Nielsen, divulgada pelo Snel, o sindicato dos editores de livros, com o distanciamento social, por conta dos efeitos da Covid-19, a receita do setor somou R$ 117,08 milhões, com 2,95 milhões de exemplares vendidos no mês de julho. No mesmo período do ano passado, o movimento foi de R$ 112,11 milhões, com a venda de 2,93 milhões de livros.
Na lista dos livros mais vendidos no último fim de semana, no ranking da plataforma Amazon, está o best-seller O Poder da Autorresponsabilidade, do master coach Paulo Vieira, publicado pela Editora Gente em 2018. O responsável por alavancar as vendas no setor de leitura é um manual que apresenta a metodologia das 6 leis para que o leitor assuma o comando de própria vida e decidir para onde quer e para onde não quer ir. "… para conseguir mudanças significativas quando os resultados não são bons, deve treinar a mente. Alterar seu mindset para enxergar as oportunidades que cruzam a frente de nós todos os dias." Comenta o autor.
Para comemorar os ótimos resultados, Paulo Vieira em parceria com o autor Maurício de Sousa prepara O Poder da Ação para Crianças: Novas Aventuras, um trabalho para orientar os pais como ensinar os filhos sobre integridade, merecimento e honra com a Monica, Cebolinha e Cascão.
Em uma nova aventura, a Turma do bairro do Limoeiro se reúne mais uma vez com o master coach que vai ensinar à família toda tudo sobre persistência: “para vencer os obstáculos do caminho; a importância de acreditar em si, na capacidade e também o habito de honrar a família “, finaliza o autor
Para Rosely Boschini, CEO da editora gente, Paulo Vieira é uma força da natureza. “Ele vem impactando tanta gente, foram mais de 40 milhões de pessoas em três continentes, através de livros, vídeos e treinamento” comenta ao informar que foi uma grande responsabilidade esse novo projeto, devido a seriedade do trabalho e do impacto que a metodologia causa na vida das pessoas. Ainda de acordo com a empresa que atua desde 1984 na publicação de best-sellers, essa parceria demonstra mais uma evidência do poder de transformação dos livros.
Mauricio de Sousa e Paulo Vieira

Ficha técnica 
Título: O Poder da Ação para Crianças: Novas Aventuras
Autores: Paulo Vieira e Mauricio de Souza
Número de páginas: 160
Valor: R$ 34,90
Editora Gente
Lançamento: 15 de setembro de 2020
Pré- venda: Disponivel na plataforma da Amazon  

Título: O poder da autorresponsabilidade
Autor: Paulo Vieira
Número de páginas: 160
Editora Gente
Valor: R$ 8,90
Vendas na plataforma da Amazon  

Sobre PauloVieira: Criador do curso Método CIS, o maior treinamento de inteligência emocional do mundo, Paulo Vieira é presidente da Febracis, maior instituição de coaching do mundo. Escritor e conferencista internacional, é reconhecido no meio empresarial como autoridade em temas como coaching, liderança, negociação, relações humanas e gestão eficaz de pessoas, tendo realizado consultoria em cerca de 500 empresas. São mais de 10.800 horas em sessões individuais de coaching ao longo de mais de 20 anos exercendo a profissão. Seus oito livros (O poder da ação, Criação de riqueza, Poder e alta performance, Foco na prática, O poder da autorresponsabilidade, Decifre e influencie pessoas, O poder da ação para crianças, 12 princípios para uma vida extraordinária e Decifre seu talento) estão entre os mais vendidos no Brasil. O best-seller. O poder da ação já vendeu mais de 700 mil exemplares e está há mais de 170 semanas no ranking de livros mais vendidos da revista Veja.
O autor preside a Febracis, a maior empresa de coaching do mundo com maior número de unidades internacionais e já formou mais de 25 mil coaches. Ao todo são 38 unidades no Brasil, EUA, Angola e Portugal, que juntas impactaram mais de 40 milhões de pessoas direta e indiretamente ao redor do mundo através do Coaching Integral Sistêmico (CIS). Hoje a Febracis tem uma plataforma de negócios formada por 14 empresas que além da área de treinamento, engloba setores de alimentação, digital, tecnologia e educação com a instalação de uma universidade Febracis.  A empresa está há 9 anos no mercado dobrando o faturamento todo o ano. Nesse período aumentou o faturamento em R$ 200 milhões de reais e se posicionou na liderança do ranking de maior empresa de coaching do mundo.  Na pandemia apresentou crescimento de 7% e estima atingir o faturamento anual de R$ 1 BI em 2023.

Sobre Maurício de Souza: Nascido numa família de poetas e contadores de história em Santa Isabel, no interior de São Paulo, MAURICIO DE SOUSA criou a Turma da Mônica e tornou-se um dos autores de quadrinhos mais famosos do Brasil. Ele publicou sua primeira tira diária em 1959 e suas criações se espalharam pelos jornais de todo o país. De lá para cá, montou um estúdio que dá vida a mais de 300 personagens e ganhou o prêmio mais importante do mundo dos quadrinhos, o troféu Yellow Kid, na Itália. Dos quadrinhos, seus personagens foram para o teatro, cinema, televisão, internet e parques temáticos.
Compartilhe:

quarta-feira, 19 de agosto de 2020

Live com Mauricio de Sousa e Mario Sergio Cortella para lançamento de livro


Vamos pensar também sobre valores? Lições ilustradas sobre convivência e ética com a Turma da Mônica

Mauricio de Sousa e Mario Sergio Cortella se reúnem mais uma vez para o lançamento do livro, publicado pela Cortez Editora

Vamos pensar também sobre valores? propõe aos jovens leitores novas reflexões sobre filosofia, ética e convivência. As 35 lições presentes no livro reve­lam a diversidade de pensamentos e assuntos que são comuns a todos nós, como a memória, o afeto e o aprendizado. O livro ainda apresenta ideias de pensadores de diferentes épocas como ferramenta para aguçar nossa maneira de pensar e aumentar nosso repertório.

A parceria entre Mario Sergio Cortella e Mauricio de Sousa teve início em 2017, com o lançamento do primeiro título da coleção Vamos pensar um pouco? e, em 2018, com a publicação do segundo livro Vamos pensar + pouco?.

Cortez Editora
Autor: Mauricio de Sousa e Mario Ser­gio Cortella
ISBN: 9786555550108
eISBN: 9786555550085 (versão e-book)
Número de páginas: 80
Formato: 14.00 x 21.00 cm
Áreas: Infantojuvenil e Filosofia
Preço: R$ 36

SINOPSE: Neste livro, Mauricio e Cortella tratam de temas como ética, convivên­cia, formação e justiça. E falam também de outros assuntos relevantes na nossa trajetória, tais como aprendizados, artes, afetos e memórias.

A reunião de talentos de Cortella e Mau­ricio traz à tona diversos personagens e ideias bacanas neste livro. E aí? Vamos continuar pensando?

Sobre a Cortez Editora

Com mais de 30 anos de atuação e sempre comprometida com a Educação de todos, atu­almente, a Cortez Editora possui em seu catá­logo cerca de 1.200 títulos, assinados por re­nomados especialistas nacionais, traduções de autores consagrados internacionalmente e também obras de novos intelectuais. Sua linha infantojuvenil tem ganhado prêmios de desta­que nos âmbitos nacional e internacional.

Sobre a Mauricio de Sousa Produções

A Mauricio de Sousa Produções é a maior em­presa de entretenimento do Brasil, responsável por uma das marcas mais admiradas do país, a Turma da Mônica. A MSP investe em inovação e produz conteúdos em todas as plataformas com a mais alta tecnologia, alinhando educa­ção, cultura e entretenimento. No licenciamen­to, trabalha com 150 empresas que utilizam seus personagens em mais de 4 mil itens. No universo digital, o canal no YouTube da Turma da Mônica já chegou a 9,2 bilhões de visuali­zações, sendo a maior audiência para Mônica Toy, conteúdo desenvolvido exclusivamente para esta plataforma; além do engajamento e interações orgânicos com os fãs em mídias so­ciais. Na área editorial, possui um dos maiores estúdios do setor no mundo e já passou dos 300 títulos, com venda de mais de um bilhão de revistas, responsáveis pela alfabetização in­formal de milhões de brasileiros.

Sobre Mauricio de Sousa

Nasceu em 27 de outubro de 1935, numa família de poetas e contadores de histórias, em Santa Isabel, no interior de São Paulo. Ainda criança, mudou-se para Mogi das Cruzes, onde descobriu sua paixão pelo desenho e começou a criar os primeiros personagens. Com 19 anos, foi para São Paulo tentar trabalhar como ilustrador na Folha da Manhã (hoje Folha de S.Paulo). Conseguiu apenas uma vaga de repórter policial. Em 1959, pu­blicou sua primeira tira diária, com as aventuras do garoto Franjinha e do seu cãozinho Bidu. As tiras de Mauricio de Sousa espalharam-se por jornais detodo o país, levando-o a montar um estúdio que hoje dá vida a mais de trezentos personagens. Em 1970, lançou a revista Mônica e, em 1971, recebeu o mais importante prêmio do mundo dos qua­drinhos, o troféu Yellow Kid, em Lucca, na Itália. Seguindo o sucesso de Mônica, outros personagens também ganharam suas próprias revistas, que já passaram pelas editoras Abril e Globo e atualmente estão na Panini. Dos quadrinhos, eles foram para o teatro, o cinema, a televisão, a internet, parques temáticos e até para exposições de arte.

Sobre Mario Sergio Cortella


Nasceu em 5 de março de 1954, em Londrina, no interior do Paraná. Quando tinha 13 anos, mudou-se com os pais, irmão e irmã para São Paulo, onde está até hoje, faz meio século. Nesta cidade casou-se, tem dois filhos e uma filha, e estes se desdobraram (por enquanto) em dois netos e uma neta. Formou-se em Filosofia, fez mestrado e doutora­do em Educação na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, na qual começou a dar aulas em 1977 com docência e pesquisa na Pós-Graduação em Edu­cação (Currículo) e no Departamento de Teologia e Ciências da Religião; nela se aposentou como pro­fessor-titular 35 anos depois. Professor convidado da Fundação Dom Cabral (desde 1997) e do GVpec da FGV-SP (entre 1997 e 2009), foi secretário Municipal de Educação de São Paulo (1991-1992). É comenta­rista e colunista em programas de rádio e televisão, além de ter presença constante nas mídias digitais
Compartilhe:

quinta-feira, 23 de julho de 2020

Mauricio de Sousa e Sidney Gusman em live especial


Desenhista dará entrevista inédita, nesta quinta-feira, às 21 horas, para o Universo HQ

Hoje, 23/junho, às 21 horas, o desenhista Mauricio de Sousa e o editor da Mauricio de Sousa Produções e do Universo HQ, Sidney Gusman, estarão em uma live especial, no canal do Universo HQ no YouTube. A transmissão ao vivo será bate-papo sobre diversas histórias de bastidores nas produções dos quadrinhos de seus personagens, as viagens, eventos, encontros com outros autores e curiosidades do selo Graphic MSP.

Os participantes poderão enviar perguntas e mensagens ao Mauricio de Sousa. A live será disponibilizada no canal do Facebook do Universo HQ - https://www.facebook.com/UniversoHQ.
Compartilhe:

quinta-feira, 23 de abril de 2020

Mauricio de Sousa participa de live para falar de lançamento do livro Caçadas de Pedrinho


Live acontece no dia 23 de abril, às 16 h, e contará também com o filósofo e escritor Luiz Felipe Pondé com mediação de Taty Leite

Em 23 de abril de 2020, Dia Mundial do Livro, Mauricio de Sousa lança o terceiro livro infantil de Monteiro Lobato protagonizado pela turma mais querida da garotada em Live, no Facebook: Caçadas de Pedrinho, Ilustrado por Mauricio de Sousa, com adaptação de Regina Zilberman e tiragem inicial de 10.000 exemplares.

O tema central da live de lançamento é Como o Pedrinho do século XXI vai à caçada? Isso é politicamente correto?*. A live será às 16 horas, e, além do desenhista Mauricio de Sousa, contará com a presença do filósofo e escritor Luiz Felipe Pondé e mediação de Taty Leite (Vá ler um livro). A transmissão será no Facebook @camaradolivro, com a  participação da #arenavirtual da 26ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo e da CBL Câmara Brasileira do Livro.

Monteiro Lobato continua encantando e cativando seus leitores. Desde 2019, quando sua obra entrou em domínio público, os leitores mirins passaram a ter acesso às mais diversas edições deste autor que, sem dúvida, contribuiu para que inúmeras crianças e jovens adquirissem o hábito e o gosto pela leitura.

Em 2019, Mauricio de Sousa e a Girassol Brasil Edições decidiram abraçar a missão de lançar toda a obra de Monteiro Lobato com os personagens mais carismáticos dos gibis – a Turma da Mônica, com atualização de Regina Zilberman, uma das maiores especialistas brasileiras em Monteiro Lobato. O terceiro livro da coleção, Caçadas de Pedrinho, traz nas orelhas um texto de apresentação assinado pelo filósofo e escritor Luiz Felipe Pondé.

Em apenas dois meses após seu lançamento, Narizinho Arrebitado, que inaugurou a colecão, teve mais de 20.000 exemplares vendidos. Em seguida, Mauricio de Sousa & sua turma chegaram às livrarias com o segundo livro infantil escrito por Monteiro Lobato: O Sítio do Picapau Amarelo, com um afetuoso texto de apresentação da atriz Nicette Bruno (a Dona Benta do Sítio no seriado da TV Globo), publicado pela Girassol Brasil. Ao todo, as duas obras já venderam 30.000 exemplares apenas em 2019.

Agora, chegou a vez de um dos mais emblemáticos livros de Lobato: Caçadas de Pedrinho. E a Girassol Brasil Edições é a primeira editora a publicar no Brasil este título. Logo de íníco, a notícia alardeada pelo Marquês de Rabicó deixa todos no Sítio preocupadíssimos: uma onça está rondando o paraíso de Dona Benta. Ficaram preocupados, sim, mas não acovardados, veja bem. Narizinho, Pedrinho, Emília e todos do Sítio, inclusive o sábio Visconde de Sabugosa, decidem “improvisar” uma caçada à tal onça – mas sem avisar dona Benta e tia Anastácia, claro.

O que a criançada deste sítio não imaginava é que a bicharada contra-atacaria e que durante essa aventura de suspense e cheia de humor e fantasia um rinoceronte fugiria de um circo e fosse para o sítio de Dona Benta…

E como o Pedrinho do século XXI vai à caçada? *

Escrito em um período em que questões como o desmatamento da Floresta Amazônica não era uma tônica e que não se tinha consciência de que o hábito de fumar é extremamente prejudicial à saúde, este Caçadas de Pedrinho teve os trechos originais com enfoques intoleráveis nos dias atuais editados.

Diante da consciência que o mundo conquistou tanto em relação aos direitos humanos quanto a hábitos de preservação ambiental, dentre tantos outros, nesta obra o leitor encontra notas de rodapé com informações complementares contextualizando diversas temáticas, além de esclarecer ao leitor, por exemplo, o significado de nomes e expressões tipicamente brasileiros presentes na obra original mantidas aqui como Orelha-de-pau, pé de grumixama, cacho de brejaúvas, pito de barro, expressões de tratamento (como Espera que te curo), dentre tantas outras informações que sempre enriqueceram e diferenciaram a obra de Monteiro Lobato a partir da década de 1920.

Sem incorrer no tipo clássico de histeria do politicamente correto, mas, ao mesmo tempo, guardando o cuidado para com a necessária sensibilidade que devemos ter com os animais, a narrativa descreve o conflito entre humanos e animais de uma forma criativa e divertida. O mesmo tipo de sensibilidade para com os animais surgirá quando as crianças deverão defender o rinoceronte Quindim de Uganda, raptado da África por um alemão inescrupuloso e caçado pelo “Departamento Nacional de Caça ao Rinoceronte”. Aqui, a narrativa faz uma clara crítica aos abusos praticados por um Estado oportunista. Clássico e atual, o encontro entre Monteiro Lobato e Mauricio de Sousa é uma pérola para a literatura infantil brasileira.

Luiz Felipe Pondé
Filósofo, escritor e diretor do Laboratório de Política, Comportamento e Mídia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), professor da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e colunista da Folha de S.Paulo

Sobre Mauricio de Sousa
Nasceu em 1935 e iniciou sua carreira como ilustrador em Mogi das Cruzes, uma cidade do interior de São Paulo ­– Brasil. Aos 19 anos, mudou-se para a capital e, durante cinco anos, trabalhou no Jornal Folha da Manhã (atual Folha de S.Paulo), escrevendo reportagens policiais. Em 1959 criou seu primeiro personagem, o cãozinho Bidu. A partir daí vieram Cebolinha, Cascão, Mônica, e tantos outros. Em 1970, lançou a revista Mônica. Depois de passar pela Editora Abril e Editora Globo, assinou contrato com a multinacional italiana Panini. Cerca de 150 empresas nacionais e internacionais são licenciadas para produzir mais de três mil itens com os personagens de Mauricio de Sousa; suas criações chegam a cerca de 30 países.

Sobre Luiz Felipe Pondé – orelhas
Luiz Felipe Pondé é filósofo, escritor e diretor do Laboratório de Política, Comportamento e Mídia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), professor da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e colunista da Folha de S.Paulo.

Sobre Regina Zilberman – adaptação
Regina Zilberman é licenciada em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e doutorada em Romanística pela Universidade de Heidelberg, na Alemanha. Seus estágios de pós-doutorado foram realizados na University College (Inglaterra) e na Brown University (Estados Unidos). É professora adjunta do Instituto de Letras, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, e pesquisadora 1A do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Autora de diversas obras, entre elas Como e por que ler a literatura infantil brasileira (2014) e Literatura infantil brasileira: uma nova outra história (2017), é uma das maiores especialistas brasileiras em Monteiro Lobato.

Sobre a Girassol Brasil e Mauricio de Sousa
Fundada no ano 2000, a Girassol Brasil nasceu com o objetivo de levar a crianças e jovens leitores livros com altíssima qualidade editorial e gráfica, que pudessem despertar o interesse pela leitura, além de também proporcionar momentos de diversão. Hoje, a editora tornou-se referência no mercado editorial. Com mais de três mil obras publicadas ao longo de sua história, a Girassol Brasil publica obras educativas e interativas, como contos de fadas, fábulas, literatura infantil e de estudo e pesquisa. Os livros também são conhecidos pelo primoroso acabamento: pop-ups, com abas, som e cheiro, que encantam crianças e jovens. Com muita responsabilidade e dedicação, a editora busca constantemente se renovar e ter sempre em seu catálogo obras com as mais modernas tecnologias do mundo gráfico a favor do estímulo à leitura. São mais de 120 títulos ao longo de 12 anos de parceria entre a Girassol e a Mauricio de Sousa Produções.

Lançamento em Live de Caçadas de Pedrinho, de Monteiro Lobato, ilustrado por Mauricio de Sousa:

Tema da live de lançamento: Como o Pedrinho do século XXI vai à caçada?? Isso é politicamente correto?

Dia 23 de abril, às 16 horas, com a presença de Mauricio de Sousa, do filósofo e escritor Luiz Felipe Pondé e mediação de Taty Leite (Canal Vá ler um livro: https://www.youtube.com/channel/UCS5a1_ESDuZm8pCZIbavNmQ/videos)

Transmissão no Facebook @camaradolivro - com o apoio da #arenavirtual da 26ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo e da CBL Câmara Brasileira do Livro

Serviço:
Livro: Turma da Mônica – Caçadas de Pedrinho
Autor: Monteiro Lobato
Adaptação: Regina Zilberman
Ilustrações: Mauricio de Sousa

Apresentação na orelha do filósofo e escritor Luiz Felipe Pondé
88 páginas; Formato: 23 x 30 cm; R$ 39,90/cada; Editora: Girassol Brasil Edições

Leia também:
Narizinho Arrebitado e O Sítio do Picapau Amarelo, ambos de Monteiro Lobato, também ilustrados por Mauricio de Sousa e adaptados por Regina Zilberman


Compartilhe:

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Da20 Cenografia conquista Prêmio Mauricio de Sousa

Fabiane Maimone, Mauricio de Sousa e André Cruz - Foto divulgação
Empresa leva estatueta com o projeto Pac Man para a Game XP, primeiro gamepark do mundo, na categoria Design

A Da20 Cenografia foi uma das vencedoras do Prêmio Mauricio de Sousa, na categoria Design, com a atração Pac Man, projeto realizado para o primeiro gamepark do mundo. O resultado foi divulgado durante o Adibra International Networking, evento da Associação das Empresas de Parques de Diversões do Brasil (Adibra), que contou com o apoio do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat), realizado no dia 19 de novembro, no Hard Rock Cafe, em Orlando, na Florida (USA). A Da20 Cenografia levou uma estatueta, criada pelo desenhista Mauricio de Sousa, e um certificado de participação.

Divertida e interativa, a atração vencedora é uma reprodução em tamanho real do jogo queridinho dos anos 80 (Pac Man), e foi o cenário perfeito para os fãs viverem as aventuras como Pac Man e, claro, como fantasminha também. Uma série de lâmpadas circulares foram instaladas ao longo do circuito com programação tecnológica para apagarem ao entrarem em contato com a pulseira do Pac Man. Enquanto os participantes comem as vitaminas ao apagar as lâmpadas, os fantasminhas correm atrás do Pac Man, num grande jogo de pega-pega! Luzes de led azuis e vermelhas se alternam no topo do circuito, por meio dos sensores RFID presos aos coletes dos participantes, e denunciam quando os fantasminhas vencem. Tudo isso é acompanhado pelo grande público por um telão, o que torna o jogo ainda mais animado! “A DA20 sente-se orgulhosa em ter conquistado esse prêmio porque reforça a qualidade do trabalho executado pela nossa empresa”, revela o sócio diretor da empresa, André Cruz.

Prêmio Mauricio de Sousa

Idealizado pela Adibra, com o apoio da Mauricio de Sousa Produções, e com um total de quatro categorias -, Criatividade, Design, Inovação e Projeto Inédito –, o prêmio foi criado com o objetivo de incentivar e reconhecer o desenvolvimento e a implantação de atrações e os produtos com conteúdo e visual de qualidade em parques de diversões e Family Entertainment Centers (FEC´s) brasileiros.

A análise dos trabalhos foi realizada por um grupo de jurados, formado por renomados e talentosos profissionais do setor de comunicação, o publicitário Luiz Iria, o designer Glauco Diógenes e o desenhista e artista plástico Vermelho Steam, que se manifestaram orgulhosos com a qualidade dos projetos apresentados.

Sobre a DA20

A DA20 foi fundada em 2000 em Salvador por André Cruz, um baiano multifacetado, considerado a enciclopédia viva da cenografia. Dono de um repertório inacreditável de técnicas e possibilidades de materiais, André propõe soluções inusitadas e apaixonantes.

Em 2014 o encontro profissional entre André Cruz e Fabiane Maimone, também baiana, responsável por contratar a Da20 para um projeto com a Mauricio de Sousa, resultou em um casamento perfeito que ultrapassou a relação de contratante x contratado; juntos encararam a missão de construir o Parque da Mônica e mudar de vez a empresa da Bahia para São Paulo.

A partir daí, outras forças foram somadas à equipe e Amanda da Mota também arrumou as malas e mudou-se de vez para a terra da garoa – aumentando a cota de dendê da firma. Formado o time de técnicos, foi escalado uma equipe de primeiríssima linha com pintores de arte, marceneiros, serralheiros, escultores, cenotécnicos e laminadores que dão conta de executar todo e qualquer tipo de cenário. A DA20 não só executa, mas planeja e cria brilhantemente os projetos.

Sobre a Adibra

A Associação das Empresas de Parques de Diversões do Brasil (Adibra) foi criada em 1989 com o apoio e o incentivo da IAAPA - International Association of Amusement Parks and Attractions - e hoje reúne os mais importantes parques do Brasil. Atuam voluntariamente no Conselho Administrativo da Adibra profissionais do ramo que objetivam fortalecer o setor, sustentando o crescimento do entretenimento nacional. Outras informações sobre a entidade podem ser obtidas pelo site www.adibra.com.br.
Compartilhe:

sábado, 31 de agosto de 2019

Novo livro da Turma da Mônica Jovem traz história do "outro mundo"

Obra será um dos grandes lançamentos na 19ª Bienal do Rio de Janeiro

Neste livro, a Turma da Mônica Jovem conhece a história de Patrícia, uma garota que conta sua recém-chegada ao "outro mundo", registrada no livro best-seller chamado Violetas na Janela. A obra já vendeu mais de dois milhões de exemplares.

"Turma da Mônica Jovem conhece Violetas na Janela" já está fazendo um grande burburinho entre seguidores e fãs da turma jovem, e será um dos grandes lançamentos da Petit Editora para a 19ª Bienal do Rio de Janeiro.

Compartilhando aventuras, encontros e reencontros repletos de curiosidades, o livro traz belas reflexões sobre como encarar este momento, lembrando-nos, de forma divertida, de que devemos valorizar ainda mais a nossa vida.

André, que é primo do Cascão, reencontra os jovens e narra as aventuras de Patrícia após a morte do corpo físico. A turma se encanta com tudo o que ela encontrou por lá. E o mais surpreendente é que descobrem um mundo semelhante ao nosso:

André contou que, quando Patrícia finalmente saiu do hospital, ela viu um jardim de flores do lado externo. Havia muita vegetação, aves e uma linda harmonia na natureza. E foi aí que recordou que existiam colônias espirituais acima das cidades da Terra. - Página 29

Parceiras de longa data, a Boa Nova Editora e Mauricio de Sousa Produções, desde 2014, vêm lançando livros para os fãs da Turma da Mônica, que já venderam cerca de 350 mil exemplares, explorando temas que falam de amizade, caridade, humildade, lições de amor ao próximo, e muitos outros.

Lançamento e sessão de autógrafos do livro "Turma da Mônica Jovem conhece Violetas na Janela" com Mauricio de Sousa e os autores Ala Mitchell, Luis Hu Rivas e a médium Vera Lucia Marinzeck de Carvalho, domingo dia 01/09/2019, às 11h, no estande da Boa Nova Editora, localizado no Pavilhão 3 Azul, Ruas G10/I10, próximo ao Café Literário.

Na ocasião, serão lançadas as obras, "Turma da Mônica Jovem conhece Violetas na Janela" e "Chico Bento – Além da Vida". A sessão tem um número de senhas limitado, serão 50 senhas no total, referentes às duas obras. É necessário retirar no dia do evento com antecedência, no estande da Editora Boa Nova.

Ficha Técnica
Livro: "Turma da Mônica Jovem conhece Violetas na Janela"
Autor: Luis Hu Rivas, Ala Mitchell e Mauricio de Sousa
Gênero: Infantojuvenil

Formato: brochura
Páginas: 96
ISBN: 978-85-7253-349-2
Preço de capa: R$ 33,90
Sobre os autores:

Luis Hu Rivas: Nasceu em 1975, em Arequipa, no Peru. Hoje, reside no Brasil, é designer gráfico e dedica-se há muitos anos ao estudo e divulgação do Espiritismo. Idealizou e coordenou a TVCEI, a TV espírita, e escreveu vários livros didáticos e infantis, como Meu Pequeno Evangelho, a coleção Espiritismo Fácil, Moranguinho no mundo dos sonhos, Scooby-Doo Viagem Misteriosa, Minha amiga Joanna de Ângelis, Violetinhas na janela e outros disponíveis no seu site www.luishu.com.

Ala Mitchell: Nasceu em Salvador, Bahia, e mora nos Estados Unidos. Administrador de empresas, quando criança praticamente desenvolveu sua leitura com as histórias da Turma da Mônica. Conheceu o Espiritismo aos 15 anos e, desde então, tem utilizado as mídias eletrônicas e online para o estudo e divulgação dessa doutrina. Foi gestor de marketing da TVCEI, a TV espírita, e em 2014 idealizou um primeiro projeto com os personagens de Mauricio de Sousa, o livro Meu Pequeno Evangelho.

Sobre o ilustrador: Mauricio de Sousa nasceu em 27 de outubro de 1935, numa família de poetas e contadores de causos, em Santa Isabel, no interior de São Paulo. Ainda criança, descobriu sua paixão pelo desenho e começou a criar os primeiros personagens. Com dezenove anos, tentou trabalhar como ilustrador na Folha da Manhã (hoje Folha de S. Paulo). Conseguiu uma vaga de repórter policial. No ano de 1959, publicou sua primeira tira, com o garoto Franjinha e o seu cãozinho Bidu. E logo espalhou seu trabalho para jornais de todo o país. Em 1970, quando já contava com um estúdio com diversos profissionais, lançou a revista Mônica, que abriu caminho para títulos de outros personagens. E o sucesso extrapolou os quadrinhos e chegou ao cinema, ao teatro, à televisão, à internet, aos parques temáticos e até à exposições de arte. Mauricio de Sousa ocupa a cadeira número 24 da Academia Paulista de Letras.

Sobre a Boa Nova Editora: Em 1997, com o objetivo em atender o público espírita e espiritualista, surgiu a Boa Nova Editora que alcançou, logo nos primeiros anos, prestígio, reconhecimento e projeção nacional. A primeira publicação da editora foi o livro "Céu Azul", psicografado por Célia Xavier de Camargo, seguida pelo best-seller "Renovando Atitudes", psicografado por Francisco do Espírito Santo Neto. Hoje, com mais de setecentos títulos publicados, a Editora Boa Nova é referência de sucessos editoriais e engloba os selos "Boa Nova", "Petit", "Lúmen Editorial", "Edicel", "Nova Visão" e "Butterfly". São romances, roteiros de estudo doutrinários, livros infantis e infanto-juvenis, assim como as obras básicas do Espiritismo e outras filosóficas que visam contribuir com o desenvolvimento espiritual e cultural de seus leitores. Paralelamente aos trabalhos doutrinários, e conscientes de seu papel social, os médiuns e escritores que atuam junto à Boa Nova fazem com que os recursos obtidos com a venda de suas publicações sejam revertidos para diversos projetos sociais e assistenciais, inclusive, para a manutenção das atividades da Sociedade Espírita Boa Nova.

Sobre a Mauricio de Sousa Produções: A Mauricio de Sousa Produções é a maior empresa de entretenimento do Brasil, responsável por uma das marcas mais admiradas do país, a Turma da Mônica. A MSP investe em inovação e produz conteúdos em todas as plataformas com a mais alta tecnologia, alinhando educação, cultura e entretenimento. No licenciamento, trabalha com 150 empresas que utilizam seus personagens em mais de 4 mil itens. No universo digital, o canal no YouTube da Turma da Mônica já chegou a mais de 10 bilhões de visualizações, sendo a maior audiência para Mônica Toy, conteúdo desenvolvido exclusivamente para esta plataforma; além do engajamento e interações orgânicos com os fãs em mídias sociais. Na área editorial, possui um dos maiores estúdios do setor no mundo e já passou dos 300 títulos, com venda de mais de um bilhão de revistas, responsáveis pela alfabetização informal de milhões de brasileiros.
Compartilhe:

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

"Chico Bento – Além da Vida" é um dos livros mais esperados na Bienal do Livro de 2019

Editora Boa Nova e Mauricio de Sousa Produções lançam o livro no dia 1° de setembro, às 11 horas, e contará com a presença dos escritores
 
Parceiras desde 2014, a Editora Boa Nova e a Mauricio de Sousa Produções prepararam mais uma grande novidade para a 19ª Bienal do Livro de Rio de Janeiro. O livro "Chico Bento – Além da Vida", chega especialmente para os leitores brasileiros que têm um carinho especial pelo consagrado personagem Chico Bento.

Mauricio de Sousa e os autores, Luis Hu Rivas e Ala Mitchell, realizarão uma sessão de autógrafos, às 11 horas, do dia 1° de setembro (domingo). A participação do público será limitada a 50 senhas, que serão distribuídas no dia do evento, mediante a compra do livro, e precisam ser retiradas com antecedência no estande da Boa Nova Editora, localizado no Pavilhão 3 Azul, Ruas G10/I10, próximo ao Café Literário.

Parceria de sucesso, juntas, a Editora Boa Nova e a Mauricio de Sousa Produções, publicaram livros de diversos temas para os fãs de Turma da Mônica, com questões sobre amizade, caridade, humildade, lições de amor ao próximo, história e outros assuntos.

"Chico Bento – Além da Vida", adapta a história Uma Estrelinha Chamada Mariana, que narra a chegada da irmãzinha de Chico Bento e a sua emocionante continuação, O Presente de uma Estrelinha.

Ambas trazem a mensagem inesquecível de que o amor sobrevive ao tempo, à distância e até mesmo à ausência. E, sempre encontra formas de ser revivido.

SERVIÇO

Na ocasião, serão lançadas as obras, "Chico Bento – Além da Vida" e "Turma da Mônica Jovem conhece Violetas na Janela". A sessão tem um número de senhas limitado, serão 50 senhas no total, referentes às duas obras. É necessário retirar no dia do evento com antecedência, no estande da Editora Boa Nova

Autores: Mauricio de Sousa, Ala Mitchell e Luis Hu Rivas
Dia: 01/09 (Domingo)
Horário: 11 horas
Local: Estande Boa Nova – Bienal do Livro do Rio de Janeiro.

Observações: a sessão tem um número de senhas limitado, é necessário retirar no dia do evento com antecedência, no estande da Editora Boa Nova, no pavilhão 3 Azul, Ruas G10/I10, próximo ao Café Literário.

Ficha Técnica
Livro: "Chico Bento – Além da Vida"
Autor: Luis Hu Rivas, Ala Mitchell e Mauricio de Sousa
Gênero: Infantojuvenil
Formato: brochura
Páginas: 64
ISBN: 978-85-8353-135-7
Preço de capa: R$ 33,90

Sobre a Boa Nova Editora: Em 1997, com o objetivo em atender o público espírita e espiritualista, surgiu a Boa Nova Editora que alcançou, logo nos primeiros anos, prestígio, reconhecimento e projeção nacional. A primeira publicação da editora foi o livro "Céu Azul", psicografado por Célia Xavier de Camargo, seguida pelo best-seller "Renovando Atitudes", psicografado por Francisco do Espírito Santo Neto. Hoje, com mais de setecentos títulos publicados, a Editora Boa Nova é referência de sucessos editoriais e engloba os selos "Boa Nova", "Petit", "Lúmen Editorial", "Edicel", "Nova Visão" e "Butterfly". São romances, roteiros de estudo doutrinários, livros infantis e infanto-juvenis, assim como as obras básicas do Espiritismo e outras filosóficas que visam contribuir com o desenvolvimento espiritual e cultural de seus leitores. Paralelamente aos trabalhos doutrinários, e conscientes de seu papel social, os médiuns e escritores que atuam junto à Boa Nova fazem com que os recursos obtidos com a venda de suas publicações sejam revertidos para diversos projetos sociais e assistenciais, inclusive, para a manutenção das atividades da Sociedade Espírita Boa Nova.

Sobre a Mauricio de Sousa Produções: A Mauricio de Sousa Produções é a maior empresa de entretenimento do Brasil, responsável por uma das marcas mais admiradas do país, a Turma da Mônica. A MSP investe em inovação e produz conteúdos em todas as plataformas com a mais alta tecnologia, alinhando educação, cultura e entretenimento. No licenciamento, trabalha com 150 empresas que utilizam seus personagens em mais de 4 mil itens. No universo digital, o canal no YouTube da Turma da Mônica já chegou a mais de 10 bilhões de visualizações, sendo a maior audiência para Mônica Toy, conteúdo desenvolvido exclusivamente para esta plataforma; além do engajamento e interações orgânicos com os fãs em mídias sociais. Na área editorial, possui um dos maiores estúdios do setor no mundo e já passou dos 300 títulos, com venda de mais de um bilhão de revistas, responsáveis pela alfabetização informal de milhões de brasileiros.
Compartilhe:

Turma da Mônica promove troca cultural na 19ª Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro

Mauricio de Sousa Produções aproxima crianças brasileiras de outras de países de língua portuguesa

A Mauricio de Sousa Produções (MSP), a maior produtora de conteúdo infantil do País, chega repleta de novidades na 19ª edição da Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, que acontecerá de 30 de agosto a 8 de setembro, no Riocentro – RJ. O estante, com 115 m2, leva o tema “Turma da Mônica navegando nas palavras”, onde o objetivo é demonstrar a grande contribuição que os personagens da turma têm dado para a divulgação da língua portuguesa por meio de princípios e valores da cultura brasileira.

Com o propósito de possibilitar uma dinâmica cultural, o estande da MSP irá facilitar a comunicação de crianças brasileiras com outras de oito países que, assim como o Brasil, possuem o português como idioma oficial. A MSP disponibilizará cartões postais ilustrados com a Turma da Mônica, ao lado dos principais ícones destes territórios, para uma divertida e educativa troca de correspondências. “No local, haverá garrafas sinalizadas com o nome de cada país, nas quais os visitantes poderão enviar mensagens, em uma alusão ao meio de comunicação dos antigos náufragos”, comenta o diretor de Licenciamento da Mauricio de Sousa Produções e responsável pela ação, Rodrigo Paiva.

Esta iniciativa será realizada em parceria com o Itamaraty, que estará responsável pela entrega dos postais aos alunos e escolas dessas nações. “O Itamaraty tem na Mauricio de Sousa Produções um grande apoio na difusão da língua portuguesa pelo mundo. Por isso, recentemente estabelecemos parceria para valorizar a diversidade das variantes do português na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), e que resultou em um belo livro em que a Turma da Mônica viaja pelos países lusófonos. A troca de cartões postais com crianças da CPLP é um desdobramento natural dessa parceria, que certamente ajudará a valorizar aqui no Brasil e nos outros países da Comunidade os laços históricos e afetivos que nasceram e se desenvolveram por causa de nossa língua comum”, revela a diretora do Departamento Cultural e Educacional do Itamaraty, Paula Alves de Souza.

Entre as atrações, a empresa que completa 60 anos em 2019, lançará, durante o evento, dez livros por sete editoras, além da participação de outras parceiras, totalizando 13 (Boa Nova, Ciranda Cultural, Companhia das Letras, Cortez, Culturama, Ave Maria, Rocco, Senac, Autêntica/Nemo, L&PM, Melhoramentos, Panini e Sextante).  E, durante a programação do evento, o desenhista Mauricio de Sousa participará de palestras e sessões de autógrafos, algumas com alguns personagens da Turma da Mônica.

E, pela primeira vez, o perfil da Turma da Mônica no Facebook usará um ChatBot para interagir com os fãs durante a Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro. A ferramenta irá oferecer as principais informações aos visitantes do evento como: agenda do Mauricio, agenda dos personagens, informações dos lançamentos, sobre como chegar à Bienal, compra de ingressos e também como acompanhar, em tempo real, o conteúdo que estará sendo produzido.

A interação será toda feita no Messenger do Facebook. Quando o usuário enviar uma mensagem para a página, será recepcionado por um dos personagens que dará todas as informações sobre o evento. Bastará clicar na opção desejada para recebê-las. Será possível voltar ao menu inicial e acessar outras informações.

O estande da MSP está localizado no Pavilhão Laranja, Rua F50, Quadra F60X.

Mauricio de Sousa Produções
A Mauricio de Sousa Produções (MSP) é uma empresa que produz histórias em quadrinhos no Brasil há 60 anos e é responsável por uma das marcas mais admiradas do país, a Turma da Mônica. Na área editorial, a empresa já lançou mais de 400 títulos até hoje, e detém mais de 80% do mercado de histórias em quadrinhos do Brasil. A companhia é responsável pela criação de 400 personagens, que já venderam mais 1,2 bilhão de revistas, responsáveis pela alfabetização informal de milhões de brasileiros. A MSP investe em tradição com inovação e produz conteúdos disponíveis em várias plataformas com a mais alta tecnologia, aliando educação, cultura e entretenimento. No licenciamento, a MSP trabalha com uma média de 150 empresas que utilizam seus personagens em mais de 3 mil produtos.

Compartilhe:

quarta-feira, 24 de julho de 2019

Saem os ganhadores do concurso “Escola em Quadrinhos”, promovido pelo Instituto Mauricio de Sousa em parceria com a Secretaria Estadual da Educação de São Paulo


Ao todo, foram enviadas mais de 7,5 mil histórias produzidas por mais de 26 mil alunos de 597 escolas estaduais

O Instituto Mauricio de Sousa divulgou os grupos vencedores do concurso “Escola em Quadrinhos”, realizado em parceria com a Secretaria Estadual da Educação de São Paulo. Ao todo, foram enviadas mais de 7,5 mil histórias em quadrinhos, produzidas por mais de 26 mil alunos de 597 escolas estaduais.
As escolas estaduais Gumercindo Gonçalves, de Sorocaba; José Pires Alvin, de Bragança Paulista; e a Professor Alberto Salotti, da região Sul 3 da Capital, foram as vencedoras (veja abaixo o nome dos alunos). Os trabalhos estavam divididos em três categorias: anos iniciais do Ensino Fundamental, anos finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio e Educação Jovens e Adultos (EJA).
Os alunos vencedores ganharão um passeio no Parque da Mônica ou poderão fazer uma visita monitorada aos Estúdios Mauricio de Sousa, além de receber gibis da Turma da Mônica e certificados. Já os professores e orientadores, além de acompanhar os alunos na visita, serão premiados também com um kit de produtos da Turma da Mônica.
Seleção
Para participar do concurso, os alunos precisavam criar uma história que envolvia o tema alimentação saudável e formar grupos de três a cinco pessoas. Cada unidade escolar poderia enviar até três trabalhos, que deveriam ser encaminhados às Diretorias de Ensino de cada região.
A seleção foi feita em etapas, primeiro pelos professores de cada escola, os melhores trabalhos de cada uma das categorias foram encaminhados à Diretoria de Ensino responsável. Em seguida, uma nova seleção foi feita pela Diretoria de Ensino, que enviou os escolhidos à sede CRE Mário Covas.
Na etapa final, a comissão julgadora, que era composta por profissionais da Secretaria da Educação, incluindo nutricionistas e docentes das áreas de artes e língua portuguesa, e dos estúdios Mauricio de Sousa selecionou o melhor trabalho de cada categoria.
Confira os vencedores:
Categoria Fundamental anos iniciais
Título: Turma da Mônica e Astronauta em Missão Saudável
Grupo: Giuliano dos Santos, Matheus de Souza e Arthur Bressani
Professor orientador: Érika Araújo
 

Categoria Fundamental anos finais
Turma JPA e Turma da Mônica em “Uma Vida Saudável”
Grupo: Emily Amaral, Isabela Martins, Luis Alberto Oliveira, Erick Coelho e Saulo Goes
Professor orientador: Luciano Prates
 

Categoria Ensino Médio
Turma da Mônica em Comilândia
Grupo: Karina Lima, Luiz Maia e Julia Nubi
Professor orientador: Celia Ribeiro
 

Sobre o Instituto Mauricio de Sousa (IMS)
Fundado em 1997, o IMS realiza projetos, campanhas e ações sociais focados na construção de conteúdos, que através de uma linguagem clara e lúdica, estimulam o desenvolvimento humano, a inclusão social, o incentivo à leitura, o respeito entre as diferenças, a formação de cidadãos conscientes e conhecedores de seus deveres e direitos.
Compartilhe:

sexta-feira, 14 de junho de 2019

Mauricio de Sousa Produções completa 60 anos



No dia 18 de julho de 1959, era publicada a primeira tira dos personagens Bidu e Franjinha

O desenhista Mauricio de Sousa (83 anos) quando está em algum evento onde dá palestras sempre pergunta para a plateia - Quem aqui aprendeu a ler com as revistas da Turma da Mônica?  Prontamente, mais de 90% levantam as mãos. Pessoas das mais diversas idades. Tanto o avô, quanto o pai e os netinhos conhecem e leem esses personagens que se tornaram tradição nas famílias brasileiras.

Tudo começou com as tirinhas do Bidu e Franjinha, publicadas desde 1959, nas páginas da então Folha da Tarde (atual Folha de São Paulo). E hoje, a Mauricio de Sousa Produções (MSP) se transformou na maior empresa de entretenimento do Brasil, responsável por uma das marcas mais admiradas do país, a Turma da Mônica. Única desse porte na América Latina. Só nos quadrinhos são produzidas mais de 1.200 páginas de historinhas por mês. Cerca de 150 empresas licenciam os personagens para mais de 3.500 itens. O reconhecimento é internacional com premiações no Japão, Itália, China, Coreia do Sul, França, EUA, entre outros países.

E, neste ano, a comemoração não fica só na história, a MSP já começou a trazer grandes novidades desde janeiro, com a vinda da nova personagem Milena e sua família para o bairro do Limoeiro, a entrada da Turma da Mônica Jovem nos Estados Unidos e Canadá, a exibição na National Geographic do documentário biográfico sobre Mauricio de Sousa, o alcance de 10 milhões de inscritos no canal da Turma da Mônica no Youtube, que já tem mais de 10 bilhões de visualizações, novos games como "Mônica e  Guarda dos Coelhos" e "Astronauta Toy: corrida espacial", e a abertura da nova subsidiária internacional da MSP no Japão - a "Mauricio de Sousa Productions Japan". Conheça mais novidades que ainda estão chegando:

FILME TURMA DA MÔNICA - LAÇOS - o primeiro live-action da Turma da Mônica, baseada na Graphic Novel brasileira mais vendida no país feita pelos irmãos Vitor e Lu Cafaggi. O filme será lançado nacionalmente no dia 27 de junho.

CIRCO TURMA DA MÔNICA - BRASILIS - O novo grande espetáculo da "Mauricio de Sousa Ao Vivo", superprodução circense-musical que enaltece a diversidade cultural do País, trazendo a representatividade das nossas origens, passando pela cultura indígena, africana e europeia de um jeitinho único e especial dentro do universo das criações de Mauricio de Sousa. Conta com mais de 100 figurinos, efeitos especiais e um elenco de artistas e bailarinos, além da Turma da Mônica.

GERAÇÃO 12 - Um novo selo de mangá MSP com a Turma da Mônica e seus personagens com 12 anos de idade. Sua coleção será dividida em temporadas com seis episódios cada.

EXPOSIÇÃO "OLÁ, MAURICIO!" - No prédio da FIESP, na Avenida Paulista, uma grande experiência com Mauricio e sua turminha como nunca antes formatada para que todos que amam a Turma da Mônica e seu criador se lembrem para sempre. Terá início no dia 17 de julho e término em 15 de dezembro de 2019.

NOVO PARQUE DA TURMA DA MÔNICA EM PERNAMBUCO - Depois de Goiânia, onde foi inaugurada a Estação Turma da Mônica dentro do Shopping Cerrado, agora é Olinda que terá um parque indoor no Shopping Patteo Olinda. O Nordeste agora tem um lugar para toda a família se divertir com a turminha.

COLEÇÃO MONTEIRO LOBATO COM A TURMA DA MÔNICA - No ano em que a obra de Monteiro Lobato entra em domínio público, a Turma da Mônica chega às livrarias para contar as histórias do escritor. Com ilustrações de Mauricio de Sousa, já foram lançadas Narizinho Arrebitado e O Sítio do Picapau Amarelo, publicadas pela Girassol Brasil Edições.

HOMENAGEM - 47º Festival de Cinema de Gramado homenageia, com o Troféu Cidade de Gramado, o desenhista Mauricio de Sousa pelos 60 anos da primeira tira publicada em julho de 1959, no Jornal Folha da Manhã (atual Folha de S.Paulo).

5... 4... 3... 2... 1... - Mônica e Menino Maluquinho perdidos no espaço reúne as criações máximas de Mauricio de Sousa e Ziraldo pela segunda vez. Neste livro, escrito por Manuel Filho e publicado pela Melhoramentos, repleto de fantasia e aventura, Mônica e Maluquinho contarão com a ajuda de seus amigos (até o Chico Bento participa!) para solucionar um mistério interplanetário! Se você pensou em extraterrestres, acertou! Aperte os cintos e prepare-se para a decolagem rumo à diversão.
Compartilhe:

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Crítica - Vamos Pensar Um Pouco?


Título: Vamos Pensar um Pouco?
Subtítulo: Lições Ilustradas com a Turma da Mônica
Autores: Mario Sergio Cortella e Mauricio De Souza
Editora: Cortez
Páginas: 80
Ano Lançamento: 2017 
Os autores afirmam instigar e estimular o pensamento é nobre, ainda mais nos tempos atuais.
Vamos pensar um pouco? Dá para notar que esse é convite muito diferente de Vamos pensar pouco? ... Esse um faz toda a diferença!

Na vida cada um faz toda a diferença mas não basta ser apenas um; pensamos melhor quando pensamos em turma, e, melhor ainda, acompanhados da Turma da Mônica, que nos anima a pensarmos mais, com persistência e alegria, com generosidade e liberdade, com inventividade e criatividade.

Esse é o principal motivo que juntou o desenhista (como o nosso genial Mauricio gosta de ser chamado), pai da turma, e o filósofo (Cortella), fã da turma, fazendo com que a arte da ilustração e arte da filosofia se encontrem para dialogar com quem acolhe esse convite. 

Análise:

Vamos pensar um pouco? Um convite irrecusável, ainda mais quando essa proposta é feita pelo grande filósofo, Mario Sergio Cortella, difícil recusar, não é? Cortella é um dos grandes pensadores dos últimos tempos. Ah! De quebra, na companhia da Turma da Mônica.

Na obra, vamos encontrar 35 reflexões dos mais variados temas, filosofia, ética, profissionalismo e cidadania. Cada reflexão contém ilustração da Turma da Mônica, fazendo uma breve demonstração da reflexão abordada. Deixando um livro interativo e divertido.

“Vamos pensar um pouco?” é indicado para crianças e adultos, com uma linguagem simples e direta, Cortella nos convida de forma magistral de questionarmos tudo ao nosso redor, valorizando o bem ao próximo e de toda sociedade.

Edição impecável! Contendo bons espaçamentos, fontes adequadas para proporcionar uma boa leitura. Um detalhe especial e encantado que encontramos no livro, deixando ainda mais espetacular, encontramos todos, ou quase todos os personagens da Turma da Mônica. Parceria de Cortella e Mauricio de Souza super combinou!

O livro é curtinho, contendo 80 páginas, de uma leitura rica em conteúdo filosófico e ético, destaco à fácil leitura da obra, fácil entendimento e uma fluidez que Cortella tira de letra, quando percebi, já estava nas cinco últimas páginas. Ah! Um ponto que gostei durante a leitura, Cortella discorre de forma incrível pelos 35 temas, deixando ainda mais rico o conteúdo, o autor coloca frases impactantes de filósofos e grandes pensadores do século.

Uma leitura divertida e profunda, do qual vai aproximar a filosofia para várias pessoas de todas as idades.


Compartilhe:

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Mauricio de Sousa e sua Turma chegam às livrarias em uma edição do clássico “Alice no país das maravilhas”

Com o texto original de um dos maiores clássicos da literatura infantil, a Turma da Mônica mergulha na toca do coelho e leva a turminha do Limoeiro para o mundo mágico de Alice

“Um coelho apressado, de colete, olhando as horas no relógio de bolso? Aquilo, sim, era bem esquisito. Ela ficou olhando e viu quando ele entrou numa toca logo mais à frente. Levantou-se depressa e saiu correndo atrás dele. Alice pulou e, já dentro da toca, percebeu que caía numa espécie de poço.”

Uma história que conquistou e conquista gerações de leitores de todas as idades, que inspirou centenas de livros, filmes e animações ganha uma nova edição reinterpretada pela dentucinha mais amada do Brasil e seus amigos. Sim, a Turma da Mônica caiu na toca do coelho e chega às livrarias em setembro, pela Girassol Brasil, com lançamento especial durante a Bienal do Livro do Rio de Janeiro.

Com o texto original da obra de Lewis Carroll, numa versão assinada pela ensaísta e tradutora Márcia Lígia Guidin, Mauricio de Sousa escalou a turminha para reviver Alice no país das Maravilhas.

Mônica se transforma em Alice, uma menina com uma imaginação enorme, uma curiosidade que a mete em muitos problemas e uma inocência que enche os nossos corações. Depois de perseguir um coelho, nesse caso o Cebolinha, Alice acaba num mundo novo e completamente maluco, onde vai aprender sobre amizade, respeito, humildade, justiça, família e sonhos.

Nesta edição especial, capa dura, com ilustrações em cores e movimentos que dão mais “realidade” as cenas icônicas de Alice e seus personagens, Mauricio e sua equipe conseguiram dar uma nova vida ao clássico, escalando um “elenco” de diversas histórias do universo Turma da Mônica. Rolo, Pipa, Louco, Magali e até o Mingau mergulharam nessa história e vão conquistar os leitores.

O lançamento oficial do livro vai acontecer durante a 18ª Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, com a presença de Mauricio de Sousa e a Turma da Mônica, nos dias 3 e 9 de setembro, no estande da Livraria Saraiva.

E como diria o Rei de Copas, comece pelo começo, vá lendo e, quando chegar ao fim... fique maravilhado!!!

“Para mim e para toda a turminha do bairro do Limoeiro, foi uma honra oferecer uma nova roupagem (bem ao nosso estilo) para uma obra tão clássica. Fizemos tudo com aquele carinho que nossos leitores conhecem há tanto tempo, para que a sua experiência seja, literalmente, uma maravilha”  - Mauricio de Sousa

Ficha Técnica:
Título: Alice no país das Maravilhas
Formato: 23,5 x 30,5 cm
Nº de págs: 80 (Capa dura e miolo colorido)
Preço: R$69,90

Sobre os autores:
Mauricio de Sousa iniciou sua carreira como ilustrador na região de Mogi das Cruzes, próximo de Santa Isabel, onde nasceu. Aos 19 anos, mudou-se para São Paulo e, durante cinco anos, trabalhou no Jornal Folha da Manhã (atual Folha de São Paulo), escrevendo reportagens policiais. Em 1959 criou seu primeiro personagem, o cãozinho Bidu. A partir daí vieram, Cebolinha, Cascão, Mônica, e tantos outros. Em 1970, lançou a revista Mônica. Depois de passar pela Editora Abril e Editora Globo, assinou contrato com a multinacional italiana Panini. Cerca de 150 empresas nacionais e internacionais são licenciadas para produzir mais de três mil itens, com os personagens de Mauricio de Sousa; suas criações chegam a cerca de 30 países

Lewis Carrol, o autor, chamava-se de fato Charles Lutwidge Dodgson. Ele nasceu em 1832 em Cheshire, na Inglaterra. Estudou em casa até os 12 anos e então foi para a Rugby School, em Warwickshire, e a seguir para o Christ Church College, em Oxford, onde cursou matemática. Quando se formou, passou a lecionar essa matéria na Universidade de Oxford. Lewis Carroll não teve filhos, mas contava histórias para os filhos de seus amigos, e as crianças adoravam ouvir os acontecimentos estranhos de Alice em um mundo mágico. A história original de Alice no País das Maravilhas foi publicada em 1865. O autor continuou a contar histórias até o fim da vida. Ele morreu em 1898, na casa da irmã, em Surrey, na Inglaterra.

Márcia Lígia Guidin, a tradutora, nasceu em São Paulo em 1950. É mestre e doutora em Letras pela USP, ensaísta e tradutora. É professora titular aposentada de Literatura Brasileira, Teoria Literária e Edição de Texto. Membro titular da Academia Paulista de Educação (cadeira 6), exerce na APE o cargo de Diretora de Comunicação. É autora de obras críticas de literatura, palestrante para as áreas de Educação e Literatura, e resenhista do Jornal Rascunho. Foi responsável pelo programa “Que tal seu português?” da Rádio USP, onde gravou mais de 100 miniaulas. Foi membro do Conselho Curador do Prêmio Jabuti da Câmara Brasileira do Livro por dez anos. Faz parte da Associação de Amigos e Patronos da Biblioteca Mário de Andrade. Atualmente dirige a Miró Editorial, que oferece assessoria e coaching para editores e escritores. Mas um de seus trabalhos favoritos é traduzir e adaptar obras infantis e juvenis.

Sobre a editora:
Fundada no ano 2000, a Girassol Brasil nasceu com o objetivo de levar a crianças e jovens leitores livros com altíssima qualidade editorial e gráfica, que pudessem despertar o interesse pela leitura, além de também proporcionar momentos de diversão. A cada página, uma viagem inesquecível ao mundo da imaginação, um desafio a ser resolvido, um desenho para pintar, uma emoção a ser vivida.  Referência no mercado editorial nos dias atuais, tem mais de três mil livros publicados ao longo de sua história.

Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Anuncie e Divulgue Conosco

Posts mais acessados da semana

COMUNIDADE INFLUXO

SONHOS FULGURANTES - ROBERTO MINADEO

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels