Conexão Nerd: Teoria da Conspiração, por Ademir Pascale

Cena do filme Teoria da Conspiração POR ADEMIR PASCALE Hoje não irei comentar sobre colecionáveis ou heróis, mas sobre um filme, um li...

Mostrando postagens com marcador Orelo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Orelo. Mostrar todas as postagens

domingo, 25 de outubro de 2020

"Palco Literário Digital" chega a Orelo com podcast que traz adaptações dramatizadas das grandes obras literárias


“Senhora”, “Dom Casmurro”, “Memórias póstumas de Brás Cubas”.... com certeza você já ouviu falar ou até mesmo já leu esses clássicos brasileiros, especialmente na hora de estudar para os vestibulares mais tradicionais do País.

E foi pensando em inovar na forma de trazer esses clássicos a estudantes, leitores e curiosos que a Orelo está com uma parceria inédita com o grupo de teatro “Palco Literário Digital”. A partir de 20/10, o grupo traz em formato de podcast adaptações detalhadas e dramatizadas das grandes e principais obras literárias - que passam por Machado de Assis, Lima Barreto, José de Alencar, dentre outros. E o mais importante: os ouvintes não perdem nada da história, já que o grupo se dedica a oferecer o máximo de detalhes e informações que estão presentes nos livros.

Dirigido por Mário Marcio Bandarra, ex-diretor da rede Globo que atuou durante 40 anos na emissora, e Priscila Lessa, o lançamento traz para o áudio o projeto de dramatização dos livros clássicos que já acontecia de forma presencial em escolas públicas e particulares pelo grupo.  

“O nosso objetivo é levar ao maior número de jovens, em sua maioria, a nossa literatura. Apostamos neste novo formato, pois entendemos que é algo que a geração de hoje tem muito contato. E por que não ajudar eles a estudarem para o vestibular de um jeito diferente e que é muito mais atrativo?” questiona Bandarra.

Os episódios são quinzenais (às terças) e o primeiro deles, que conta a história de “O Homem que Sabia Javanês” estará disponível em 20/10, na Orelo, novo aplicativo de podcasts que pode ser baixado na Apple Store e Google Play.

Compartilhe:

quinta-feira, 30 de julho de 2020

Orelo chega ao mercado com aplicativo exclusivo de podcast e promete inovar a categoria com remuneração inédita


Já nos primeiros meses de operação, o serviço prevê o repasse de mais de R$ 10 milhões de reais via streaming e assinaturas para seus creators

A Orelo anuncia sua chegada ao mercado com o lançamento do seu aplicativo exclusivo de podcasts. O projeto, que é a nova aposta do empreendedor Luiz Felipe Marques, ex-Yellow, oferece aos usuários produções originais, além de um vasto catálogo global com mais de 700 mil títulos, e inaugura um novo modelo de negócio para remuneração dos podcasters.

O objetivo foi criar uma plataforma que valoriza o bom conteúdo e a experiência do usuário, reunindo em um só lugar muitos títulos que estão sendo produzidos no mercado de podcasts, além de produções exclusivas de peso. O aplicativo traz funcionalidades e vantagens que vão desde curadorias com listas de diversos assuntos até permitir que o usuário viva uma experiência particular dentro da plataforma, seja descobrindo novos títulos ou compartilhando suas produções favoritas com amigos e familiares.

“O Brasil já é o segundo maior mercado de podcasts do mundo, com cerca de 20 milhões de ouvintes diários. Diante deste cenário, o propósito da Orelo é ser o primeiro aplicativo de podcast a dar destaque e remunerar os podcasters, pelos plays recebidos, além de financiar novos projetos por crowdfunding, impulsionando a indústria criativa. Com essas iniciativas, queremos contribuir com toda a cadeia de produção incentivando e dando maior visibilidade aos produtores e seus conteúdos”, explica Luiz Felipe Marques, presidente da Orelo.

A marca chega como sendo pioneira nesse modelo de remuneração, no qual todos os podcasters – sendo exclusivos ou não –, serão pagos por stream. Além disso, a empresa ainda irá repassar um percentual do valor de sua receita de assinatura (cerca de 30%) diretamente aos produtores de conteúdo. A plataforma permite ainda  que os próprios ouvintes contribuam com seus podcasters, por meio de mecanismos de financiamento coletivo. Priorizando o investimento e incentivo à arte, cultura e o jornalismo, a marca prevê, já nos primeiros meses  de operação repassar aos seus creators (artistas, jornalistas e personalidades) mais de R$ 10 milhões de reais via streaming e repasse de assinaturas.

Para ter o serviço no smartphone é muito simples. O aplicativo é gratuito e está disponível nas lojas virtuais da Play Store e Apple Store, compatível com os sistemas iOS e Android.  Após baixá-lo, o usuário cria o seu perfil e já pode começar a ouvir seus podcasts. Para acessar integralmente o serviço e os conteúdos originais, o usuário pode realizar a assinatura por R$ 6,90 mensais.

A ideia é oferecer diversidade de conteúdo e trazer, além de assuntos do dia a dia, formatos inovadores, como novelas para os públicos adulto e infantil, suspense, além de documentários e outros conteúdos já consagrados em podcasts. Para as produções originais, a empresa realizou diversas parcerias com renomados produtores, artistas e personalidades do país, vários deles sendo trazidos para o universo de podcasts a partir da Orelo. Destaque para nomes como Bravo!, Bazar, Marina Person, Chico Felitti, Alê Santos, Thomas Traumann, Xico Sá, Laura Carvalho, Renê Silva, Carter Batista e Pathy dos Reis, entre outros

A start-up chega com um time de peso, reunindo nomes fortes na produção e curadoria de conteúdo, como sua head editorial, Marina Santa Helena (ex-MTV e uma das podcasters mais conhecidas do país), com advisors, investidores, publicitários e profissionais de start-ups de sucesso como 99, Yellow, Rappi e Nubank. Um dos nomes por trás da empreitada é o de Ariel Lambrecht, um dos fundadores da 99, primeiro unicórnio brasileiro.

“Vimos que milhões de brasileiros já têm o podcast como uma realidade e um hábito em suas vidas. Porém, ainda existem muitos que não conhecem o formato. Parte disso porque diversos gêneros, abordagens e temas ainda não foram explorados em podcast e é exatamente isto o que a Orelo quer: trazer muitos e novos podcasts para o segmento. E, muito mais do que isso, trazer muitos ouvintes de podcasts para o mercado”, comenta o executivo.

Para o futuro, a Orelo ainda faz planos de ir além. “Nós estamos presenciando um crescimento muito grande no uso do áudio como um todo. Podemos pegar como exemplo o sucesso dos fones inteligentes  e também dos assistentes pessoais, como Alexas e Siris. O futuro da Orelo passa obrigatoriamente por isso: trazer cada vez mais possibilidades em áudio para as pessoas”, finaliza Marques.

Sobre a Orelo

A Orelo é um aplicativo de conteúdo em áudio, que oferece podcasts originais, além de um vasto catálogo global com mais de 700 mil títulos, valorizando o bom conteúdo e a experiência do usuário. O app conta com a contribuição de criadores renomados para o desenvolvimento de conteúdos especiais, abordando diferentes temáticas como notícias, cultura, esportes, entretenimento e muito mais. Pioneira, a Orelo é a primeira plataforma exclusiva de podcasts a remunerar os criadores de conteúdo do formato por streaming. Foi criada pelo empreendedor Luiz Felipe Marques.

Instagram | @orelo.audio
Twitter | @orelo_audio
Linkedin | linkedin.com/company/oreloaudio
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels