Mostrando postagens com marcador Pandorga. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Pandorga. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 13 de março de 2018

Sol e Sonhos na Copacabana de 1900


Obra ambientada no período da República Velha e, escrita pelo mineiro Aliel Paione, traz romance instigante entre um embaixador francês e uma meretriz

O escritor mineiro Aliel Paione acaba de lançar a obra Sol e Sonhos em Copacabana, publicação da Editora Pandorga. Na trama, que se passa em 1900 e durante o governo de Campos Sales, Jean-Jacques Chermont Vernier, um jovem diplomata francês, se muda para o Brasil para trabalhar na Embaixada da França como consultor econômico.

Depois de cerca de um ano morando no país, ele vê uma mulher lindíssima, Verônica, ao passar em frente ao cabaré de luxo Mère Louise, que realmente existiu na época e se localizava em Copacabana, no Rio de Janeiro. Sem conseguir tirar a imagem daquela morena de sua mente, resolve voltar ao local à noite para, enfim, poder conhecê-la e conversar com ela pessoalmente. Quando a vê descendo as escadas com Louise, administradora do cabaré, apaixona-se.

Jean-Jacques, num átimo, percebe estar diante da mulher mais linda entre todas que vira na vida. Jamais poderia imaginar criatura tão bela. Verônica era alta, um pouco maior que ele, e possuía a pele discretamente dourada; os cabelos eram negros, abundantes, e os olhos verde-claros, da cor de certos matos da Tijuca.

"Iludido e surpreendido com tanta beleza, estava diante de uma daquelas raríssimas tiranas de corações, pois Verônica seria capaz de levar um homem ao céu ou ao inferno com a mesma facilidade com que as folhas secas, caídas sobre o chão, são sopradas pelo vento".

Apesar de ser correspondido, Chermont sabe que Verônica é amante de um respeitável senador da república, José Fernandes Alves de Mendonça, que trabalha com o ministro da fazenda de Campos Sales, Joaquim Murtinho, nas negociações do Funding Loan. Tem-se, então, um triângulo amoroso de consequências e desdobramentos surpreendentes.

Em uma linguagem instigante e sensível que prende a atenção do leitor do início ao fim, Aliel Paione também induz os leitores a refletirem sobre questões políticas e históricas dos tempos da política do Café com Leite e do governo republicano de Campos Sales. O autor aborda e critica ainda a desilusão daqueles tempos criada por um capitalismo inescrupuloso e o cinismo debochado de políticos da época.

Sol e Sonhos em Copacabana fará com que os leitores se sintam fortemente presentes na narrativa e como se de fato estivessem vivendo a Copacabana de 1900.

Sobre o autor: 
Aliel Paione nasceu em Varginha, Minas Gerais. É engenheiro, Mestre em Ciências e Técnicas Nucleares pela UFMG, onde trabalhou no departamento. Atualmente é professor de Física na PUC. Porém, são atividades secundárias perante o seu amor e vocação literários.



Compartilhe:

terça-feira, 21 de novembro de 2017

O último ato do crime no Teatro Municipal

Diversos profissionais de comunicação estavam presentes no salão principal do Teatro Municipal, afinal ali aconteceria a mais cobiçada premiação para capacitados da área. O belo troféu dourado era honraria dedicada à aqueles escolhidos no evento. O último prêmio da noite condecoraria a Melhor Peça Publicitária, e os grandes vencedores do prêmio foram os irmãos Simão e Evandro Jordel, da Cria Ativos S.A.

A noite festiva ocorria normalmente conforme o planejado. O clima de confraternização exalava pelo salão do Teatro, que contava com a presença de diversas estrelas de novelas, apresentadores de televisão e algumas socialites vaidosas. Mas um fato horrendo mudaria os planos daquele animado evento.

O Lado Escuro da Madrugada irá instigar os leitores com uma investigação extremamente obscura e intrigante, e mostra os lados de uma sociedade coberta por preconceitos e mágoas.

Assassinato em pleno Teatro Municipal em São Paulo. Motivo – Discriminação racial? Drogas? Passional?

Na magnetizante trama policial O Lado Escuro da Madrugada, lançamento da Pandorga (272 páginas) o paulistano Roberto Giacundino narra a morte de um publicitário durante uma premiação e a busca incessante de uma jornalista pela verdade.

Entre uma punhalada de adaga e uma investigação perigosa, a obra aborda crimes de ódio, agressão dentro de casa, maus tratos, bullying, uso de drogas ilícitas, e descreve com maestria o universo da alta sociedade jornalística.

Sandra, mesmo atormentada pelo seu passado culposo, vivia para buscar o melhor das notícias. Querendo a veracidade e com voracidade mergulha em uma investigação para descobrir quem poderia ter assassinado o amigo publicitário.

Até o momento era apenas um crime, a não ser pelo fato que em poucos dias uma série de mortes sucedem o primeiro acontecimento e os envolve em uma rede de mistérios.

Sandra Garcia, a excepcional jornalista de guerra; Simão Jordel, irmão da vítima; Fábio Guedes, parceiro de emissora; e Henrique Diolli, um jovem e competente hacker, entram em uma intensa busca pelo verdadeiro assassino de Evandro Jordel. Porém, os detetives aventureiros nem imaginam onde a trama os irá levar e que o passado voltará para assombrar. O evento havia terminado de forma trágica, e o misterioso caso do Teatro Municipal começa para atormentar e instigar os leitores.

Sobre o autor

Roberto Giacundino descobriu desde criança o gosto pela leitura e o prazer de criar e escrever suas próprias histórias. Aos dezesseis anos passou a colaborar para pequenos jornais e periódicos de São Paulo, atuando como colunista de literatura e redigindo reportagens sobre assuntos locais. Formado em Gestão de Recursos Humanos e com MBA em Gestão da Qualidade e Produtividade, ocupou diversos cargos de liderança ao longo da carreira. É natural de São Paulo, cidade que serviu de cenário para “O lado escuro da madrugada”, seu romance de estreia. Mora com a esposa e seus dois cachorros, Marley e Scooby.


Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Posts mais acessados da semana

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels