Conexão Nerd: Teoria da Conspiração, por Ademir Pascale

Cena do filme Teoria da Conspiração POR ADEMIR PASCALE Hoje não irei comentar sobre colecionáveis ou heróis, mas sobre um filme, um li...

Mostrando postagens com marcador Para Nunca Mais Esquecer. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Para Nunca Mais Esquecer. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 11 de agosto de 2020

A História de Pinta Dalila, Para Nunca Mais Esquecer, por Ana Lúcia Vieira de Andrade


Livro dirigido a crianças acima de 8 anos. Narrada em primeira pessoa, a história mostra o ponto de vista de uma mulher adulta que se dirige, num tom de memória, a um leitor criança. Ela recorda seus tempos de infância, nos anos de 1970. A partir dessas primeiras lembranças, a narradora conta a experiência de seu convívio com um casal de pintos comprados em uma feira, cujo destino acaba sendo muito diferente daquele imaginado por ela enquanto menina. Tal situação acaba por provocar várias reflexões a respeito da natureza, da relação entre homens e animais e a respeito do próprio existir. O resgate do passado, feito através do relato, promove um sentimento de superação e resiliência que permite ao leitor, dentro de uma linguagem a ele acessível, perceber que a beleza da vida inclui, também, dor e tristeza, mas transformados em alegria.


Para adquirir ou saber mais: clique aqui.
Compartilhe:

segunda-feira, 10 de agosto de 2020

Ana Lúcia Vieira de Andrade e o livro A História de Pinta Dalila, Para Nunca Mais Esquecer


Ana Lúcia Vieira de Andrade é PhD em Estudos Hispânicos pela McGill University.  Viveu alguns anos no Canadá e tem uma filha canadense que mora no Brasil.  Foi professora universitária e pesquisadora de pós-doutorado da UNIRIO.  Atuou como colaboradora do JORNAL DO BRASIL online na qualidade de crítica de teatro.   Possui três livros publicados na área de história e crítica do teatro brasileiro.  Seu principal interesse enquanto pesquisadora tem sido o de estudar a dramaturgia escrita por mulheres no Brasil.  A HISTÓRIA DE PINTA DALILA, PARA NUNCA MAIS ESQUECER é o seu primeiro livro infantil.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

Ana Lúcia Vieira de Andrade: Sempre atuei no meio literário e artístico como crítica.  Como autora, trabalhei apenas no setor do audiovisual, na qualidade de roteirista e produtora.  A vontade de escrever para crianças surgiu ao acompanhar minha filha em seus estudos escolares e perceber que os alunos que passavam do ensino Fundamental I para o II tinham muitos problemas com os textos literários exigidos como leitura obrigatória no sexto ano, pois já eram textos de literatura adulta, ainda que, muitas vezes, adaptados.  E eles vinham com poucas ferramentas para lidar com o estilo e os conflitos mostrados por esse tipo de produção.  Assim, percebi que havia uma lacuna a ser preenchida e quis fazer isso com o meu trabalho.

Conexão Literatura: Você é autora do livro “A História de Pinta Dalila, Para Nunca Mais Esquecer”. Poderia comentar? 

Ana Lúcia Vieira de Andrade: É um livro dirigido a crianças entre 8 e 12 anos, aos pré-adolescentes, que estão saindo do Ensino Fundamental I e indo para o Fundamental II.   Seu objetivo é trazer as incertezas e os conflitos da literatura adulta para o universo da criança, dentro do paradigma da sua linguagem.  O texto fala de perdas, mas de uma maneira positiva, “para cima”, como dizem os jovens.  Minha intenção é dizer ao leitor:  “olha, daqui para frente, o mundo do faz de conta vai acabar, mas você não tem que chorar por isso, nem tem que querer ser criança para sempre.   A vida, quando encarada de frente, ainda que, às vezes, possa parecer bastante difícil, acaba por nos trazer, também, muita alegria”.  É um texto que conversa com o leitor nesse momento em que ele está perdendo a infância e se encontra meio perplexo.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do seu livro especialmente para os nossos leitores? 

Ana Lúcia Vieira de Andrade:  Gosto muito da frase inicial: “Às vezes, fico me perguntando: a lembrança é algo que a gente tem ou algo que a gente perdeu?”

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário?

Ana Lúcia Vieira de Andrade:   Hoje, as vendas são feitas unicamente através da página do livro no Facebook, intitulada A HISTÓRIA DE PINTA DALILA, PARA NUNCA MAIS ESQUECER.  Lá também tem informações sobre a publicação.

Conexão Literatura: Quais dicas daria para os autores em início de carreira?

Ana Lúcia Vieira de Andrade:  Se você tiver que escolher entre fazer um produto para agradar editoras ou escrever algo que o satisfaça como artista, não tenha dúvidas: siga o seu instinto e seja você mesmo, sempre.

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

Ana Lúcia Vieira de Andrade: Sim, mas no audiovisual.  Estou escrevendo um roteiro de longa-metragem.

Perguntas rápidas:

Um livro: A Ilíada, de Homero
Um (a) autor (a):  Um é difícil demais.  Tem que ser duas: Virginia Woolf e Clarice Lispector
Um ator ou atriz: Marcelo Mastroiani
Um filme: Morangos Silvestres, de Ingmar Bergman
Um dia especial:  Qualquer um em que o calor seja moderado e o sol esteja lindo.
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels