9 grupos no Facebook que todo bom leitor deve conhecer

Por Ademir Pascale Todos os dias são criados novos grupos no Facebook sobre assuntos e gostos diversos. Nós leitores e apaixonados...

Mostrando postagens com marcador Poetisa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Poetisa. Mostrar todas as postagens

domingo, 6 de dezembro de 2020

Participe da antologia (ebook) Poesias ao Vento - Manifestações artísticas. Leia o edital


PARTICIPE DA ANTOLOGIA (E-BOOK): POESIAS AO VENTO - MANIFESTAÇÕES ARTÍSTICAS

REGRAS PARA PARTICIPAÇÃO NA ANTOLOGIA DIGITAL "POESIAS AO VENTO - MANIFESTAÇÕES ARTÍSTICAS":

1 - Escrever um poema sobre qualquer tema (livre). Aceitaremos até 2 poemas por autor. Caso sejam aprovados, os 2 poemas serão publicados.

2 - SOBRE O POEMA: até 4 páginas, fonte Times ou Arial, tamanho 12, incluindo título.
     
3 - Tipo de arquivo aceito: documento do Word (arquivos em PDF serão deletados).

4 - O poema não precisa ser inédito, desde que os direitos autorais sejam do autor e não da editora ou qualquer outra plataforma de publicação.

5 - Idade mínima do autor para participação na antologia: 18 anos completos. Menores de idade irão precisar de autorização dos pais ou responsável, caso o poema seja aprovado.

6 - Envie o poema pré-revisado. Leia e releia antes de enviá-lo.

7 - Data para envio do conto: do dia 14/11/20 até 14/12/20.

8 - Veja ficha de inscrição no final desse texto. Leia, copie as informações e preencha. Envie as informações da ficha + o conto ou poema para o e-mail: contato@edgarallanpoe.com.br. Escreva no título do e-mail: POESIAS AO VENTO

CUSTO PARA O AUTOR:

R$ 50,00 por poema. Caso o autor envie 2 poemas e tenha os dois selecionados, o valor será R$ 100,00. As informações para depósito serão informadas ao autor no e-mail que enviaremos caso o conto ou poema seja aprovado.
O valor servirá para cobrir os custos de leitura crítica e revisão, diagramação e divulgação da obra.

A antologia será digital (e-book) e gratuita para os leitores baixarem através de download, ela não será vendida. A antologia será amplamente divulgada nas redes sociais da Revista Conexão Literatura: Fanpage e Grupos do Facebook, Instagram e Twitter, que somam cerca de 150 mil seguidores.

O resultado será divulgado no site www.revistaconexaoliteratura.com.br e na fanpage www.facebook.com/conexaoliteratura, até o dia 15/12/20.

OBS: Enviaremos certificado digital de participação para os autores selecionados.


NOSSOS CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO:

A) - Criatividade;

B) - Textos preconceituosos, homofóbicos, racistas ou que usem palavras de baixo calão, serão desconsiderados;

C) - Seguir todas as regras para participação.

OBS.: Ademir Pascale, idealizador do concurso, disponibilizou para download uma apostila intitulada "Oficina Jovem Escritor", com dicas para quem está iniciando no mundo da escrita. Baixe gratuitamente, leia e pratique: CLIQUE AQUI.


FICHA DE INSCRIÇÃO DO AUTOR(A)

Nome completo do autor(a):

Seu Pseudônimo (caso use), para publicação na antologia:

Idade:

Título da poesia:

E-mail 1:
E-mail 2 (caso tenha):

Biografia em terceira pessoa (escreva sobre você num máximo de 7 linhas):


IMPORTANTE: Envie todas essas informações da ficha de inscrição para o e-mail: contato@edgarallanpoe.com.br. Escreva no título do e-mail: POESIAS AO VENTO

O envio da ficha de inscrição + poesia para o e-mail indicado significa que o autor(a) leu todas as informações e regras dessa página para participação na antologia.

Não fique fora dessa. O concurso cultural será amplamente divulgado nas redes sociais.

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.


Compartilhe:

terça-feira, 4 de agosto de 2020

Primavera Editorial lança "A Mensageira das Violetas", da poetisa Florbela Espanca


A Primavera Editorial está lançando, no Brasil e em versão digital, as obras da poetisa portuguesa Florbela Espanca. O segundo volume da série Bela Flor - "A Mensageira das Violetas" - estará disponível para os leitores a partir de agosto. Em fevereiro deste ano, a editora lançou "Poemas Selecionados".

São Paulo, 4 de agosto de 2020 – O segundo volume da coleção Bela Flor, em homenagem à poetisa portuguesa Florbela Espanca, estará disponível para os leitores de Língua Portuguesa a partir de agosto. Lançado em e-book,A Mensageira das Violetas traz mais de 60 poesias e sonetos de uma escritora excepcional e uma mulher à frente do seu tempo, que transformou um ousado diário íntimo em literatura de excepcional qualidade. O lançamento integra o portfólio digital da Primavera Editorial.   

Uma das marcas da produção literária de Florbela Espanca é o arrebatamento e a linguagem telúrica, elementos com os quais construiu uma obra com forte teor confessional: densa, amarga e triste. A expressão poética – via contos, poemas, cartas e sonetos – é marcada por sentimentos como amor, saudade, sofrimento, solidão e morte, mas sempre em busca da felicidade. São textos que convidam o leitor, sobretudo as mulheres, a refletir sobre o amor, a devoção e o erotismo de uma forma deslocada do tempo. Aliás, a produção literária dessa portuguesa socialmente inovadora, nascida no século XIX, dialoga perfeitamente com as defesas feministas contemporâneas.

Segundo Larissa Caldin, publisher da Primavera Editorial e autora do prefácio, Florbela sempre teve uma necessidade de colocar para fora os próprios sentimentos, o que torna a sua obra tão pessoal e biográfica. “Florbela nunca precisou levantar bandeiras, porque ela em si já era a personificação da emancipação feminina em sua época. É impossível passar incólume à sua obra, que cozinha amor, erotismo e devoção – devoção esta, muitas vezes, submetidas ao amor de um homem, sim, mas sempre consciente em ser uma escolha, não uma imposição”, analisa Larissa.

SOBRE FLORBELA ESPANCA | Florbela Espanca é uma poetisa que já tem poema no próprio nome. Embora ofuscada muitas vezes pela figura de poetas como Fernando Pessoa, foi um dos grandes nomes da poesia portuguesa. Nascida em 8 de dezembro de 1894, na região do Alentejo, Florbela Espanca – cujo nome de batismo era Flor Bela Lobo – é fruto de uma relação extraconjugal entre João Espanca e Antônia da Conceição Lobo, que a registrou como “filha de um pai incógnito”.  Com a morte prematura da mãe, passou a ser criada pelo pai e a esposa, Mariana do Carmo Toscano. O reconhecimento como filha legítima só veio após a morte da madrasta. Com 18 anos, Florbela iniciou o ensino secundário, sendo uma das primeiras mulheres a estudar, o que configurava um escândalo para a sociedade da época. Após se casar, a poeta decide voltar a estudar e ingressa a Faculdade de Direito de Lisboa – era uma das 14 mulheres entre 347 estudantes homens.

Não foram apenas os estudos que tornaram Florbela uma mulher à frente do seu tempo. Em 1921, ela se apaixonou por António Guimarães e decide, então, pedir o divórcio a Alberto, primeiro marido (ela se divorciaria, depois, de Antônio também). Embora o ato tenha sido completamente condenado pela sociedade, Florbela não se importou; não queria seguir os mesmos passos da mãe, pois estava mais interessada em buscar a própria felicidade. Morreu aos 36 anos, de uma overdose de barbitúricos, deixando uma obra da mais alta qualidade literária.

SOBRE A EDITORA | A Primavera Editorial é uma editora que busca apresentar obras inteligentes, instigantes e acalentadoras para a mulher que busca emancipação social e poder sobre suas escolhas. www.primaveraeditorial.com

Compartilhe:

sábado, 29 de fevereiro de 2020

Poetisa Luiza Moura é destaque da nova edição da Revista Conexão Literatura (Março/2020)


EDITORIAL

Nossa nova edição destaca a poetisa Luiza Moura e seu livro A Pequena Flor-de-Lis, o Beija-Flor e o imenso AmarElo. Confira a entrevista exclusiva que fizemos com ela nas páginas da edição.

Você também poderá conferir novas entrevistas com escritores, contos, dicas de livros, crônicas e muito mais.

“Os espelhos são usados para ver o rosto; a arte para ver a alma.” - George Bernard Shaw

Para saber como participar das nossas próximas edições, clique no link:
www.revistaconexaoliteratura.com.br/p/midia-kit.html

As nossas edições são gratuitas, basta baixar para ler. A única coisa que pedimos encarecidamente é que você curta a nossa fanpage e se possível compartilhe nossas publicações com seus amigos. Esse é nosso trabalho em prol do incentivo à leitura ;)

Acesse e curta:
Para baixar a edição da Revista Conexão Literatura nº 57: CLIQUE AQUI.

Assine a nossa newsletter e receba em seu e-mail notícias atualizadas sobre o mundo da literatura. Chegará um e-mail para você confirmar a inclusão:

Insira o endereço do seu e-mail logo abaixo e receba nossas atualizações:


Ademir Pascale - Editor-Chefe
Compartilhe:

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Resenha: Chronus de Joana Santos Silva


"Abraça-me com palavras
Que me dão força às pernas
Este caminho que lavras
De melodias eternas"

(trecho do poema  Medodia - Joana Santos Silva)

Compartilhe:

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Escritora leva poesia a alunos de escolas públicas em periferias

Débora Garcia - Foto Divulgação
Por meio do projeto "Encontro com a Autora – Semear poesia, colher cidadania", artista visita instituições de ensino de SP

Na tentativa de valorizar o diálogo e a troca literária, a poetisa Débora Garcia dá sequência à agenda do projeto "Encontro com a autora Débora Garcia – Semear poesia, colher cidadania" faz quatro palestras em três escolas neste mês de setembro, somando cerca de 400 alunos em contato com a poesia. As ações ocorrem entre os dias 12 e 18, são gratuitas e realizadas em escolas públicas.

Os encontros são a forma que Débora Garcia encontrou para partilhar sua experiência de superação pessoal através da literatura e também para divulgar o livro e trabalhar na construção de seu público leitor.

"No encontro com a autora, eu relato um pouco da minha trajetória de vida. Falo sobre a importância dos estudos e de como a literatura abriu meus horizontes. Foi a partir do estudo e do contato com a literatura que eu me reconheci enquanto mulher negra, que eu passei a entender a conjuntura sociopolítica brasileira. Foi o conhecimento que fez eu compreender o meu lugar de fala e o quanto ele é importante para as transformações que almejo enquanto indivíduo e sociedade. É um bate papo bem descontraído, no qual os alunos fazem perguntas e participam ativamente. Os encontros sempre são encerrados com poesia e música, para que a nossa vivência seja completa", explicou a autora.

O projeto é desenvolvido desde 2014, mas recentemente, há maior procura por unidades de ensino, especialmente na zona leste, região onde a autora reside e atua. "Os encontros tem sido mais requisitados e eu penso que isso reflete-se na consolidação do meu trabalho e atuação na região", completou.

As palestras geralmente são desenvolvidas em escolas da rede pública municipal que já têm no plano pedagógico atividades que visam o incentivo à leitura, como as Academias Estudantis de Letras (AEL) e o Projeto de Mediação de leitura. Nestes projetos os alunos são envolvidos em ações de leitura dentro e fora das escolas. Mas não há nenhum tipo de restrição já que escolas estaduais e particulares também podem receber a palestra.

"Esse reconhecimento por parte da comunidade reflete o fortalecimento da sua identidade. Antes de a nossa literatura – periférica - entrar na comunidade escolar, os alunos frequentemente escolhiam autores de outras épocas e que integram o cânone da literatura brasileira. Hoje, eles querem homenagear o artista local, pois se reconhecem na sua imagem e na sua obra. Reconhecer o artista local é reconhecer a si mesmo, e eu fico realizada em fazer parte disso", destacou.

Além da palestra com os alunos, Débora também realiza formação para os professores. Nesta, aborda com os profissionais o contexto da produção literária nas periferias, bem como, a possibilidade de desenvolver o protagonismo dos alunos através da realização de atividades literárias, tais como saraus, slams, feiras e encontros literários.

Serviço
Confira a agenda dos encontros:
12.09 às 19h30
Emef Prof. Maílson Delane, Cidade Tiradentes, SP
13.09 às 12h30
Emef Dep. Caio de Toledo, Cidade Tiradentes, SP
15.09 às 10h
Emef Dep. Caio de Toleto, Cidade Tiradentes, SP
18.09 às 19h
Emef Idêmia de Godoy, Guaianazes, SP

Para agendar uma visita em sua escola, acesse:
E-mail: deboragarcia.info@yahoo.com.br
Facebook: facebook.com/deboragarciapoetisa
(11) 98598-4495

Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels