Arthur Machen - O mestre da dark fantasy, no Catarse

  ACESSE: http://www.catarse.me/machen

Mostrando postagens com marcador Pró-Livro. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Pró-Livro. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Instituto Pró-Livro apresenta os vencedores da 2ª edição do Prêmio IPL - Retratos da Leitura

Premiação teve Mauricio de Sousa como patrono e reuniu vencedores e representantes das entidades do livro

O Instituto Pró-Livro’ (www.prolivro.org.br) criado pelas entidades do livro – ABRELIVROS, Câmara Brasileira do Livro (CBL) e Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL), homenageou os 12 vencedores da 2ª edição do Prêmio IPL - Retratos da Leitura. A cerimônia ocorreu nesta segunda-feira, dia 04 de dezembro, às19h, no Unibes Cultural, em São Paulo, e contou com a presença de convidados do mercado editorial, do patrono do prêmio deste ano, Maurício de Sousa, do Secretário da Cultura do Município de SP, André Sturm e do Secretário da Economia da Cultura, Mansur Bassit.

Lançado desde 2016, pelo Instituto Pró-Livro’ - IPL, o prêmio tem como objetivo reconhecer e homenagear organizações que desenvolvem práticas de fomento à leitura e, deste modo, promover e difundir experiências para que ganhem amplitude e investimentos, orientem políticas públicas e inspirem outras iniciativas pelo Brasil. Estas iniciativas foram todas mapeadas através da Plataforma Pró-Livro (www.plataformaprolivro.org.br) que reúne informações destas práticas ao redor do país e, incentiva a troca de experiências. 

Como patrono do Prêmio, o pai da turma da Mônica, Mauricio de Sousa, apresentou a primeira de uma série de peças publicitárias que circularão na mídia, ao longo de 2018, com mensagens alusivas ao poder transformador da leitura. “O Mauricio de Sousa é membro da Academia Paulista de Letras, seus personagens recheiam as páginas de muitos livros no país, e mesmo seus gibis se atualizam às mudanças que acontecem na sociedade constantemente”, diz Luís Antonio Torelli, presidente do Instituto Pró-Livro’. “Ele é um ícone quando se fala de leitura por prazer e, é uma honra tê-lo como o patrono de tão importante prêmio”, acrescenta.

Os premiados desta segunda edição foram:

Cadeia produtiva
A Literatura no Cárcere – A formação do eu – Giostri Editora LTDA - São Paulo/SP;
Programa de leitura Adote um Escritor - Câmara Rio-Grandense do Livro - Porto Alegre/RS;
Carrinho de livros – Solisluna Design Editora - Lauro de Freitas/BA.

Organizações Sociais Civis
Tô na rede Pará - Instituto de Políticas Relacionais - São Paulo/SP;
Passaporte para o futuro - Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais / Banco de Livros - Porto Alegre/RS; 
Projeto Círculos de leitura - Instituto Fernand Braudel de Economia Mundial- São Paulo/SP.

Bibliotecas
Programa Prazer em ler - RNBC - Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias- Salvador/BA;
Ler é legal – Ministério Público do Distrito Federal e Territórios – Brasília/ DF; 
Leitores e mediadores em ação – Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage – Juiz de Fora/ MG.

Mídia
A menina que indica livros – São Paulo/ SP;
Quarta Capa - PUC TV Minas - Belo Horizonte/MG;
Blog do Galeno - Instituto Ideall - Ribeirão Preto/SP.

Os representantes das entidades vencedoras foram contemplados com troféu e selo (impresso e virtual) de participação. Os demais finalistas foram homenageados com o selo de participação. Os premiados passaram por um criterioso processo de avaliação. Primeiramente a comissão avaliadora, composta por especialistas da área, analisou se os projetos cadastrados atendiam aos critérios do prêmio e, num segundo momento, os jurados, compostos por Luiz A. Torelli - presidente IPL e CBL, Marcos da Veiga Pereira – presidente do SNEL; Mansur Bassit – Secretario de Economia Criativa, responsável pela Diretoria do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas, do Ministério da Cultura; Angela Dannemman - Fundação Itaú Social (premiada na 1ª edição) e Claufe Rodrigues - Globo News Literatura (premiado na 1ª edição), selecionaram os premiados dentre os finalistas.

As entidades do livro, mantenedores do IPL, também entregaram menção honrosa ao Instituto C&A, pelos dez anos de promoção do fomento a leitura, com o programa Prazer em ler; ao portal Publishnews, por ser a principal fonte de informação para e sobre o mercado editorial, a cadeia produtiva do livro e o mundo da leitura e para a Fundação Dorina Nowill para cegos, pelos 70 anos de contribuição à inclusão social pela leitura de pessoas com deficiência visual. Nesta homenagem, o IPL antecipou a criação de uma quinta categoria para a terceira edição do Prêmio, em 2018, – a de organizações que promovem a leitura inclusiva. 

Compartilhe:

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Que tal presentear os pequenos com livros no Dia das Crianças?

Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil aponta que quase 50% dos leitores afirmam terem sido presenteados com livros pelos familiares
 
O Dia das Crianças é amanhã e, com certeza, os pequenos já fizeram inúmeros pedidos de presentes. As listas estão recheadas de nomes de brinquedos, não é mesmo? E os livros? Entrou algum pedido de livro na lista? Claro que as crianças podem ganhar brinquedos, mas temos estimulado o potencial leitor de nossos filhos, sobrinhos, enteados, afilhados?

A quarta edição da Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil – encomendada pelo Instituto Pró-Livro ao Ibope Inteligência e considerada o maior e mais completo estudo sobre o comportamento do leitor brasileiro, aponta que 33% dos leitores respondentes sofreram a influência de alguém para começar a gostar de ler. Destes 33%, 19% dos entrevistados alegaram que algum dos responsáveis ou parente influenciou seu desejo pela leitura. Percebe-se a partir destes dados que a família tem grande relevância na formação de leitores.

Retratos da Leitura no Brasil – IPL – Base: Amostra (5.012) – Pessoas que influenciaram no gosto
pela leitura.
 
A pesquisa aponta ainda que, em relação ao hábito de leitura dos pais, 17% dos entrevistados leem com frequência, 24% leem às vezes e 53% nunca leem. Os resultados também demonstram que a relação entre a maior escolaridade dos pais de leitores quando comparada à escolaridade dos pais de não leitores. Nesta última pesquisa, apenas 12% das mães e 11% dos pais dos leitores são analfabetos. Já em relação aos não leitores, 28% das mães e 25% dos pais são analfabetos.

A pesquisa informa que as principais formas de acesso ao livro são: compra em loja física ou pela internet 43%, presente 23% e empréstimo de algum familiar ou amigo 21%. Entre os leitores, 48% afirmam receber livros como presentes da família. Entre os que compraram livros nos últimos 3 meses, esse percentual cresce para 56%.

Dentre os fatores que influenciam na escolha de um livro para a leitura, foram citados: tema ou assunto (30%), dicas de outras pessoas (11%) e o autor (12%). Já as principais razões para a leitura, foram citados: gosto (25%), atualização cultural ou conhecimento geral (19%) e distração (15%). O “tema ou assunto” influencia mais a escolha dos adultos e daqueles com escolaridade mais elevada, atingindo 45% das menções entre os que têm Ensino Superior. Já a “capa” de um livro é o principal motivo de escolha na faixa etária entre 5 e 13 anos. Nas faixas etárias correspondentes aos ciclos da escolarização básica (Ensino Fundamental e Médio), as “dicas dos professores” são as de maior peso para aqueles que estão entre os 5 e os 10 anos de idade. 
Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil – IPL – Base: Leitores (2798) – Fatores que influenciam na leitura de um livro.

De acordo com o estudo, ter um influenciador de leitura dentro de casa faz bastante diferença para criar novos leitores, crianças que crescerão com o hábito de ler. Os índices que se referem aos pais ainda são baixos, há muito a se melhorar. As políticas de fomento à leitura que o IPL promove têm como intuito proporcionar momentos literários e de estreitamento das relações entre os pais e filhos. 

Então, que tal aproveitar o Dia das Crianças e presentear com um livro? Escolha temas que sejam do interesse do seu filho, reserve tempo para ler com ele e ajude-o a descobrir novas aventuras e aprendizados por meio da leitura.
 
Sobre o Instituto Pró-Livro:

O Instituto Pró-Livro (IPL), foi criado no final de 2006 pelas entidades do livro – Abrelivros, CBL e SNEL, com o objetivo principal de fomento à leitura e à difusão do livro. Iniciou suas atividades em 2007. Atualmente é  mantido pelas entidades fundadoras e por contribuições voluntárias de editoras.  As entidades do livro, representando a cadeia produtiva, fundaram o Instituto Pró-Livro assumindo o compromisso de responsabilidade social junto a representantes do governo e sociedade civil, para a promoção de ações de fomento à leitura, orientado pela missão de transformar o Brasil em um país de leitores. O IPL realiza periodicamente a pesquisa Retratos da Leitura do Brasil, maior e mais completo estudo sobre o comportamento do leitor brasileiro, para avaliar impactos, orientar políticas públicas do livro e da leitura, promover a reflexão e estudos sobre os hábitos de leitura do brasileiro e, desta forma, melhorar os indicadores de leitura e o acesso ao livro. www.prolivro.org.br

 
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels