Participe da antologia (e-book) POEMAS SOBRE A NATUREZA. Leia o edital

  Participe da antologia (e-book)  POEMAS  SOBRE A NATUREZA .  Leia o edital:  CLIQUE AQUI.

Mostrando postagens com marcador conhecimento. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador conhecimento. Mostrar todas as postagens

domingo, 30 de janeiro de 2022

Top 5: Dicas da SESI-SP Editora para o Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos

 

Neste domingo, dia 30 de janeiro, será celebrado o Dia nacional das histórias em quadrinhos, gênero literário que, muitas vezes, é a porta de entrada para o mundo dos livros e considerado, portanto, importantíssimo para a formação de novos leitores.  

Mais do que entretenimento, as HQs unem cultura e educação, por isso, a importância de homenagear autores, ilustradores, roteiristas e tantos outros profissionais do segmento nesta data especial.  

A seguir, confira o top five da SESI-SP Editora para comemorar a produção nacional das histórias em quadrinhos.

 

ANUÍ, do autor Marcelo Lelis

A obra traz a história da pequena Alice e sua caixa de música, fazendo com que o leitor acompanhe o seu mundo, sonhos, emoções e desejos. Conforme escreveu o jornalista Felipe Gabrich, “a linguagem é simples e apenas emoldura a beleza das ilustrações de um artista que fala com as mãos”.

 

ÂNSIA ETERNA, da autora Verônica Berta

Baseado em contos de Júlia Lopes de Almeida, escritora brasileira nascida em 1862, o livro transpõe as histórias com o olhar da autora Verônica Berta. Um verdadeiro carrossel que passa pelo suspense, surpresa, grotesco e tragédia e que toca em algumas discussões sociais sempre atuais.

 

SOBRENATURAL SOCIAL CLUBE (vol. 3), do autor Ronaldo Barata 

Jorge, um dos integrantes do Sobrenatural social clube, acaba se perdendo junto de sua família. No meio de uma estrada erma, por acaso acabam chegando em uma estalagem macabra. Ali, o garoto terá de superar obstáculos fantasmagóricos para liberar seus pais, que são enfeitiçados pelo estalajadeiro. Para isso, ele contará com uma ajuda um tanto inesperada do além.

 

SELVAGEM, do autor Clayton Junior

Silver é um cão pastor e vive em uma fazenda desde que foi adotado, ainda filhote. Suas únicas amigas são as ovelhas de quem toma conta. Um dia, ao ultrapassar os limites da propriedade, faz amigos inusitados e entra em contato com um mundo totalmente novo.

 

ISTO NÃO É UM ASSASSINO, dos autores Gustavo Machado e Hugo Aguiar

“Doutor, todas as noites eu tenho o mesmo sonho, mas, no final, eu não consigo vê-lo”. O livro é baseado em fatos surreais e uma homenagem ao pintor belga René Magritte (1898 – 1967). Na busca pelo desconhecido, os leitores são convidados a achar um significado para as imagens, onde nem tudo é o que parece ser.

SERVIÇO

SOBRE A SESI-SP EDITORA:

A SESI-SP Editora tem como ação principal organizar conhecimento nas áreas de cultura, educação, esporte, nutrição e saúde, cumprindo sua missão de apoiar a Entidade em seus mais diversos campos de atuação. Com mais de mil títulos em seu catálogo, em diferentes formatos (e-booksaudiobooks e impressos), tornou-se referência na edição de livros educacionais, infantojuvenis, de alimentação, de HQs nacionais e europeias, e de obras de interesse geral. Saiba mais em: www.sesispeditora.com.br.

Para conhecer os livros da SESI-SP Editora, visite o site: www.sesispeditora.com.br e as redes sociais @sesispeditora (Instagram e Twitter) e @editorasesisp (Facebook).

Compartilhe:

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Neurocientista e mãe de autista lança livro sobre transtornos de aprendizagem

Emanoele Freitas - AAPA
Como saber se uma criança tem ou não um transtorno de aprendizagem e como lidar? Esses são um dos objetivos do livro “Transtornos do Neurodesenvolvimento”, da escritora e neurocientista Emanoele Freitas. Publicada pela editora WAK, a obra busca ser um livro de cabeceira para sanar dúvidas de famílias e profissionais.

Segundo a autora, a ideia é transmitir as reais condições de desenvolvimento da criança e do jovem que apresenta algum transtorno do neurodesenvolvimento, mostrando os caminhos adequados para se conseguir uma realização pedagógica funcional, com a colaboração de todos os envolvidos nesse processo, como a família, médicos e professores.

- Como mãe de um autista adolescente e com TOD, entendo sobre as preocupações que passam na cabeça dos pais diante das dificuldades dos pequenos. Por meio do livro, pretendo auxiliar essas famílias que desejam ajudar seus filhos, mas que muitas vezes não sabem nem por onde começar - comenta.

Proposta
O livro explica sobre os transtornos do neurodesenvolvimento e suas especificidades, apresentando suas particularidades, ou seja, de que forma cada indivíduo pode desenvolver certos aspectos do transtorno. “Duas pessoas diagnosticadas com o mesmo transtorno podem, por exemplo, apresentar dificuldades bem distintas”.

A obra pretende também mostrar alguns processos facilitam no desenvolvimento de pequenas adaptações que favorecem a inclusão dessas crianças com Necessidades Especialistas Escolares (NEE) na sala de aula. “É preciso apresentar aos professores e pais os melhores caminhos de ensino e quais áreas cerebrais que podem interferir de maneira estratégica para o bom desenvolvimento”.

Entre os assuntos destacados, estão explicações sobre transtornos envolvendo espectro autista, déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), Transtorno Opositivo-Desafiador (TOD), microcefalia e transtorno de linguagem.

Dicas
Emanoele explica que os pais podem começar a observar detalhes das crianças a partir dos dois anos de idade. Nesse período, já é possível conhecer as pessoas pelo nome, há o uso predominante do meu, do eu e do você.  Na partir cognitiva, a criança já demonstra preferência por cores, possivelmente, o vermelho, arruma seus brinquedos, já mantém a colher na horizontal.

Aos quatro anos, a criança já deve ser capaz na destreza socioafetiva. É capaz de ir ao banheiro sozinha, já apresenta noção de perigo, demonstra paciência ao esperar sua vez. Na área da linguagem, consegue utilizar pronomes pessoais e possessivos, como, por exemplo, minha mão, meu brinquedo, minha cabeça.

Aos seis, na parte de cognição, geralmente, é capaz de pensar em símbolos e/ou palavras, inicia o estabelecimento da relação número e quantidade. “Na linguagem e comunicação, consegue diferenciar letras semelhantes, já nomeia todas as partes do seu corpo entre outras”.

- Quando a criança apresenta sérias dificuldades nesses quesitos, dentro da sua faixa de idade, é possível que tenha algum transtorno de aprendizagem. Nesse caso, busque uma equipe interdisciplinar composta, por exemplo, médicos, fonoaudiólogos, pediatras e psicopedagogos - alerta.

Ficha técnica
Livro: Transtornos do Neurodesenvolvimento – Conhecimento, planejamento e inclusão real
De Emanoele Freitas
Editora WAK
Valor: R$48,00
ISBN 978-85-7854-457-7
Formato: 14x21cm
Páginas: 184
Link para comprar: www.wakeditora.com.br
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA
clique sobre a capa

DO INCISIVO AO CANINO - BERT JR.

MAFRA EDITIONS

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

DIVULGUE O SEU LIVRO

FUTURO! - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels