Conexão Nerd: Teoria da Conspiração, por Ademir Pascale

Cena do filme Teoria da Conspiração POR ADEMIR PASCALE Hoje não irei comentar sobre colecionáveis ou heróis, mas sobre um filme, um li...

Mostrando postagens com marcador esporte. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador esporte. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

George Ornellas e o livro Lendário e a saga do gol mil (Drago Editorial)


SOBRE O AUTOR: 

George Ornellas é professor de Educação Física, historiador  e geógrafo. Começou a escrever há mais de vinte anos. É autor da trilogia Amores e Crimes, e, Lendário e a Saga do Gol mil. O autor é amante de esportes, viagens e literatura.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

George Ornellas: Meu início no meio literário se deu através de um romance que escrevi há mais de vinte anos, e que foi publicado recentemente. Quando ele foi lançado na Bienal, resolvi dar prosseguimento a carreira literária.

Conexão Literatura: Você é autor do livro “Lendário e a saga do Gol Mil” (Drago Editorial). Poderia comentar?

George Ornellas: Lendário e a  Saga do Gol Mil, conta a historia de um garoto brasileiro, que com muita dificuldade torna-se um famoso jogador de futebol. Após fazer grande sucesso  nos gramados brasileiros, ele é vendido para um grande clube da Inglaterra, e então torna-se uma lenda, se transformando no melhor jogador do mundo, e virando um herói mundial.

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro?
.
George Ornellas: Esse livro começou com uma brincadeira com alguns amigos. Inventei um personagem que além de ser um jogador de futebol, também era como um herói mundial. Ele ajudava a polícia  a prender bandidos, salvava pessoas de perigos, sabia lutar, cantar, entre outros atributos. Então comecei rascunhando algumas aventuras dele, e acabei criando várias histórias para ele. Depois, em um período de aproximadamente seis meses, juntei tudo, e acabou saindo o livro.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do qual você acha especial em seu livro?

George Ornellas: Geovan e Cadinho criaram um lema para eles. Esse lema é de que estariam sempre juntos. Sempre quando iam embora, gritavam:
- Sempre Juntos!
Estavam sentados sozinhos no velho estádio, conversavam alegremente e Geovan dizia:
- Sabe, Cadinho, daqui a alguns anos vamos estar jogando em um grande clube do Brasil.
- Com certeza, e também pela seleção, disputando uma Copa do Mundo e sendo campeões. Seria lindo, não é mesmo Geovan?
- Seria sim meu amigo. E nós dois sempre juntos. Agora, aproveito para lhe fazer as Sete promessas.
- As sete promessas?
- Sim. Sete promessas que irei cumprir.

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir um exemplar do seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário?

George Ornellas: O livro está disponível na Drago Editorial, e em breve estará em vários sites de venda.

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta?

George Ornellas: Sim. Tenho dois livros engatilhada para lançar em 2019. “A Garota “ e  “ A Assistente”.

Perguntas rápidas:

Um livro: Por Quem os Sinos Dobram.
Um (a) autor (a): Ernest Hemingway.
Um ator ou atriz: Robert De Niro.
Um filme: O Sol é Para Todos.
Um dia especial: Lançamento do meu primeiro livro na Bienal.

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?

George Ornellas: Desejo anos de paz, e que possamos viver em um mundo com mais amor e  tolerância entre as pessoas.

Gostaria também de encerrar com uma citação do Ernest Hemingway;
Não há nada nobre em ser superior ao seu semelhante. A verdadeira nobreza é ser superior ao seu antigo eu.

Ernest Miller Hemingway.
Compartilhe:

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Uma obra para quem ama a corrida


Em Running - A Revolução na Corrida, lançado pelo selo Sportbook da Edipro, Nicholas Romanov mostra um verdadeiro guia para os corredores que querem ir mais longe, mais rápido, sem ter lesões e para sempre

Para quem olha de longe, correr parece ser algo simples e natural, e de certa forma é, mas a verdade é que o movimento vai além de colocar um pé na frente do outro. Em tempos remotos, há milhares de anos, o homem tinha de correr em busca da caça; correr do perigo ou até mesmo para se deslocar de um ponto ao outro. Sem tênis ou técnica, apenas correr, correr e correr. Até que um dia a corrida se transformou em um esporte.

Apesar de ser uma prática milenar, a aplicação de técnicas para melhorar a performance de um atleta é fruto de pesquisas recentes, já que a corrida sempre foi tratada como algo nato. Nas décadas de 70 e 80 surgiram os primeiros trabalhos que focavam na biomecânica da corrida. Uma das pesquisas mais notáveis entre elas é o Método Pose – desenvolvido pelo treinador olímpico Nicholas Romanov, apresentado no livro Running – A Revolução da Corrida, do selo Sportbook, da Edipro.

O lançamento conta com prefácio de Marcos Paulo Reis, técnico da seleção brasileira de triatlo em Jogos Pan-Americanos, técnico da seleção brasileira de triatlo em Olimpíadas e diretor técnico da MPR Assessoria Esportiva.

MÉTODO POSE

O Método Pose visa melhorar a técnica dos atletas, elevar ao máximo a performance, desenvolver o potencial de cada corredor e evitar lesões, já que cerca de dois terços dos corredores se lesionam a cada ano – número que seria considerado inaceitável em qualquer outra prática esportiva. Para isso Romanov tem como chave a pisada com o médio pé e o uso da gravidade em favor do atleta, baseado em poses biomecanicamente ideais para economizar energia e obter resultados melhores.

Atletas de alto nível mundial como Michael Johnson (medalhista de ouro nas provas de 200 e 400 metros nas Olímpiadas de 1996, em Atlanta) e o fenômeno Usain Bolt são alguns dos corredores que tem suas técnicas semelhantes às propostas por Romanov. As passadas curtas, entrecortadas, aliadas a uma postura ereta ao correr fizeram Bolt chocar o mundo ao bater o recorde mundial dos 100m em Berlim em 2009. Os 9,58 segundos são frutos de 41 passos, sendo eles 3,20 segundos no solo e 6,38 no ar, meta jamais alcançada por outro esportista. O jamaicano literalmente voou na prova.

As técnicas apresentadas em Running – A Revolução da Corrida foram descobertas com a observação dos melhores corredores do mundo e se tornou uma das principais obras mundiais para o treinamento de corrida. O livro é um verdadeiro guia ilustrado, útil para atletas profissionais e amadores, instrutores, professores e qualquer entusiasta da corrida.

Ficha técnica:
Editora: Sportbook
Assunto: Corrida
Tradutor: Eloise de Vylder
Preço: R$ 59,00
ISBN: 9788569371069
Edição: 1ª edição, 2018
Tamanho: 23x16 cm
Número de páginas: 224

Sobre os autores:
Dr. Nicholas Romanov foi técnico olímpico e é um cientista esportivo mundialmente renomado. Como recordista em salto em altura, criou o Método Pose na década de 1970. Fundou a Academia Romanov na década de 1990 para certificar e educar treinadores que ensinam técnicas de esporte. Hoje há milhares de especialistas na Técnica do Método Pose certificados no mundo inteiro. Nas últimas décadas, o Método Pose tem sido utilizado em grandes organizações, incluindo o Exército dos Estados Unidos, no Crossfit e em programas de esportes profissionais, como os das equipes de Triatlo Nacional da Grã-Bretanha, dos Estados Unidos e da Rússia. Ele também trabalha com fisioterapeutas, pediatras e cirurgiões ortopédicos. Viaja pelo mundo fazendo pesquisas, consultando organizações esportivas e ministrando palestras motivacionais.

Kurt Brungardt cobriu a área de esportes e fitness por quase vinte anos. Escreveu dez livros sobre fitness e treinamento esportivo, incluindo os best-sellers The Complete Book of Abs e The Complete Book of Core Training. Foi redator das revistas Men’s Health, SLAM e Vanity Fair. Seu artigo de 2007 para a Vanity Fair, Galopando com Medo, foi nomeado para um Prêmio Genesis. Produziu a renomada série documentária Undrafted para a SLAMonline. É editor associado do site ProHoopStrenght.com (produzido pelos técnicos da NBA). Também produziu e dirigiu vídeos de exercícios, dentre os mais conhecidos o clássico Billboard Top 10 Abs of Steel for Men, bem como Action Sports Camp (para crianças), apresentado pelo campeão da NBA Sean Elliot.
Compartilhe:

sábado, 8 de setembro de 2018

Livro "Jogue Para Vencer": método que consagrou Agassi agora disponível aos tenistas brasileiros

Em edição inédita no Brasil, publicada pelo selo SportBook, obra escrita por Brad Gilbert apresenta as técnicas de como uma estratégia mental pode ajudar nas conquistas dentro das quadras

Mesmo com 20 títulos na carreira e tendo alcançado o Top 4 do mundo em janeiro de 1990, o ex-tenista e ex-treinador norte-americano Brad Gilbert sempre reconheceu que não tinha o mesmo talento dos rivais, como o alemão Boris Becker, o tcheco Ivan Lendl e seu compatriota John McEnroe. Mas, se Gilbert era inferior tecnicamente, como, em muitas oportunidades, ele conseguiu vitórias incríveis contra seus adversários? Seriam apenas dias de sorte?

O tenista pode não ter sido o mais habilidoso de sua geração, mas com certeza era o que melhor sabia usar o cérebro e aplicava o jogo mental contra os oponentes. Tal capacidade o levou à melhor temporada da carreira, vencendo 20 dos 21 jogos disputados, 17 deles de maneira consecutiva. Todas as técnicas utilizadas são descritas por ele no livro Jogue Para Vencer, que este mês chega ao Brasil publicado pelo selo SportBook, da Edipro.

A obra, que se tornou um dos livros sobre tênis mais vendidos de todos os tempos, é um verdadeiro manual para combate nas quadras. Todas as dicas são baseadas nas estratégias utilizadas por Brad Gilbert, e por outros grandes esportistas da atualidade, como Roger Federer, Novak Djokovic, Andy Murray e também pelas irmãs Williams, para vencer os oponentes mentalmente e explorar suas fraquezas na partida.

Gilbert foi considerado um dos principais tenistas no cenário do esporte por 10 anos, além de defender os Estados Unidos na Copa Davis por sete anos (1986-1993), e conquistar a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de 1988, em Seul. Fora das quadras, Brad também compartilhou suas técnicas ao ser treinador de grandes nomes do tênis, como Kei Nishikori, Alex Bogdanovic, Andy Roddick, Andy Murray, e o maior deles, André Agassi, que sob a tutela do norte-americano conquistou seis de oito títulos disputados em Grand Slams.

O livro ainda conta com um capítulo escrito pelo próprio André Agassi, no qual ele explica toda a importância das técnicas de Brad Gilbert para a evolução da carreira, e de como os ensinamentos foram essenciais para as conquistas. Com esta edição inédita no mercado brasileiro, a SportBook amplia cada vez mais seu catálogo voltado ao tênis. Assim como as obras mais recentes, Jogue Para Vencer conta com revisão técnica do jornalista José Nilton Dalcim, editor do site Tênis Brasil.

“O que BG [Brad Gilbert] fez para meu jogo desde que nos aproximamos é inigualável e ninguém poderia ter feito algo parecido porque ninguém mais conhece esse esporte melhor do que ele. Não há dúvida na minha mente. Ele tem um entendimento enorme de tudo: estratégia, táticas, dinâmicas de partida e como aplicá-las para derrotar caras como Pete [Sampras], Michael Chang, Boris [Becker], [Jim] Courier e outros”. André Agassi (pg. 248).

Jogue Para Vencer se tornou uma verdadeira bíblia para inúmeros jogadores de todo o mundo, sejam eles amadores ou profissionais, ao apresentar dicas valiosas de como ganhar as partidas, mesmo sem jogar tão bem quanto o adversário.

Ficha técnica:
Editora: SportBook
Assunto: Tênis
Tradutor: Flávia Yacuban
Preço: R$ 69,00
ISBN: 9788569371052
Edição: 1ª edição, 2018
Tamanho: 21x14 cm
Número de páginas: 256

Sobre os autores:
Brad Gilbert é considerado um dos melhores estrategistas do tênis. Um feroz competidor cuja abordagem mental superou alguns dos maiores jogadores do mundo. Conquistou vinte títulos em quarenta finais, ganhou uma medalha de bronze nos Jogos Olímpicos, chegou a duas quartas de final do Grand Slam, ficou em segundo lugar na inauguração do Grand Slam Cup e representou os Estados Unidos na Copa Davis de 1986 a 1993. Em sua melhor temporada como profissional, venceu 20 de 21 jogos, incluindo 17 vitórias seguidas. Aposentou-se como jogador em 1994 e desde então se estabeleceu como um dos principais treinadores e analistas do mundo. Treinou Andre Agassi, que descreveu Gilbert como "o melhor treinador de todos os tempos". Atualmente, trabalha como analista e comentador de tênis na ESPN. Em sua carreira, Gilbert acumulou um recorde de 27 vitórias e seis derrotas contra o Top 10, incluindo uma vitória sobre o número 2 do mundo, John McEnroe, no Nabisco Masters em Nova York, em 1986.

Steve Jamison é coautor deste livro e de outros best-sellers. Foi produtor executivo do premiado documentário John Wooden: Values, Victory e Peace of Mind – sobre a lenda da UCLA John Wooden – e criador do John Wooden Leadership Course.
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels