Mostrando postagens com marcador fanzines. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador fanzines. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 18 de junho de 2018

GRATUITO: Winter Bastos e Wagner Teixeira promovem Oficina de Fanzines em 23/06 (sábado)


A 1ª Oficina & Exposição de Fanzines do projeto Literatura na Varanda vai acontecer no sábado 23/06 às 15h no Espaço Multi em Niterói (RJ). É muito fácil de chegar: fica na Av. Amaral Peixoto, 96, sl. 403. É simplesmente a avenida mais conhecida do Centro de Niterói. Chegando de barca vindo da cidade do Rio, é logo no primeiro quarteirão do lado direito.

Sobre os Participantes

Entre os presentes estarão Wagner Teixeira, Sérgio Lima e Winter Bastos. Wagner é o criador do lendário Anormal Zine, além de participar de diversos outros veículos independentes como a revista 4x4, o Coletivo Zine e outras iniciativas ousadas. Sérgio Lima é outro fera na área de publicações independentes, tanto por seu conhecimento sobre fanzines dos anos 80 (tendo uma grande coleção deles), quanto por seu atual trabalho no coletivo editorial Salamandra Negra. Winter Bastos é o criador (junto com Fabio da Silva Barbosa e com o saudoso Alexandre Mendes) do fanzine O Berro, que mantém até hoje, assim como o blogue Expressão Liberta, além de escrever no jornal alternativo Transversus.

O Evento
O evento é promovido pelo projeto Literatura na Varanda, que tem realizado feiras de trocas culturais e rodas de bate-papo sobre valiosos nomes da literatura. É realizado de maneira autônoma, sem patrocínio de instituições governamentais ou empresariais. A oficina e a exposição de fanzines serão feitas de maneira democrática e participativa, sendo que os público poderá trazer suas próprias publicações para expor ou trocar de maneira livre.

Evento em rede social:
https://www.facebook.com/events/168066257207146/
Compartilhe:

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Saiba mais e aprenda em 5 etapas o que é um fanzine e como criá-lo:

Thina Curtis ao fundo
1 - Conexão Literatura: Afinal, o que é um fanzineiro?
Thina Curtis: Ser fanzineiro(a) acima de tudo é ser apaixonado pelo que faz, é um estilo de vida.
Você não está necessariamente preocupado com dinheiro, mas sim pela emoção que é trocar fanzines, receber cartas e conhecer pessoas de todos locais possíveis. Tudo isso é devido aos fanzines.
Faço fanzines por amor, pois ele faz parte de mim. O fanzine é visceral em mim, faz parte da minha essência e da minha vida.

2 - Conexão Literatura: O que é preciso para criar um fanzine?
Thina Curtis: Primeiro você tem uma necessidade de expressar algo, seja poesias, artes de todas as formas e formatos, quadrinhos, política ou outros temas e à partir daí fazer algo. Você é o autor, protagonista e editor. Basta ter ideias e parafraseando Glauber Rocha: Uma ideia na cabeça, lápis e papel na mão. A ideia é que você faça algo você mesmo, fanzineiros são inquietos (rs).

3 - Conexão Literatura: O fanzineiro vai gastar muito dinheiro na produção do seu fanzine?
Thina Curtis: A ideia do fanzine é justamente não ter muito gasto, que o custo seja mínimo, então tudo vai de quantas cópias você vai fazer. 100 cópias é um número bacana pra divulgar e o preço sai mais em conta numa copiadora grande.

4 - Conexão Literatura: Após criar um fanzine, como ele poderá ser divulgado e lido pelos leitores?
Thina Curtis: Geralmente ele é divulgado em eventos, shows, Casas de Cultura, Bibliotecas e algumas escolas produzem e divulgam também.
Eles podem ser distribuídos em qualquer local. Já vi em trens, na Avenida Paulista(SP), Bares, Casas Noturnas, vernissages e Saraus.
O Café Ilustrado por exemplo foi lançado em um Encontro de Literatura e Bibliotecários na Rota Romântica na cidade de Picada Café/RS, numa Pousada Colonial.
O Poemas Ilustrados em uma grande Feira de Publicações Independentes em Porto Alegre.
O Unknow Pleasures lançado em 2013 foi lançado em um Sarau na Casa das Rosas. 

5 - Conexão Literatura: Como os interessados poderão conhecer e saber mais sobre os seus fanzines "Café Ilustrado", "Substance - Poesias em Quadrinhos" e "Poemas Ilustrados"?
Thina Curtis: As pessoas podem entrar em contato comigo pelo facebook (Thina Curtis), também tenho o grupo Fanzinada no facebook.
ou por e-mail: oficinadefanzine@gmail.com o  site é: www.fanzinada.com.br

Agradeço a você Ademir por ceder um espaço para se falar sobre os fanzines e pelo incentivo a nossa literatura nacional! Parabéns!!!
Thina Curtis: (Internacionalmente conhecida como Dona Fanzine, musa dos  fanzines e quadrinhos underground) é Andreense de nascimento, Poetisa, assídua Fanzineira, Arte-Educadora, Resenhista  de quadrinhos no site Impulso HQ, devoradora de quadrinhos e livros, dirigiu o documentário Punk S.A, ativista cultural desde a adolescência.
Produtora Cultural de Artes sem Medidas e Fronteiras. Ministra oficinas onde a literatura e a informação vem reforçar o senso crítico pela cidadania e consciência em debates sociais.
Responsável pelo evento de Fanzines, Publicações Independentes e Artes Integradas “Fanzinada” (A Fanzinada foi indicada ao Troféu HQ Mix na categoria de melhor evento).
A Fanzinada nasceu para se comemorar o Dia Internacional do Fanzine no Brasil, que é 29 de Abril que até então nunca tinha acontecido.
Publica Fanzines desde 1989, participou de inúmeros fanzines e editou outros tantos edita a 13 anos o Spell Work, Café Ilustrado, Poemas Ilustrados, Poesias em Quadrinhos, Closer, Unknow Pleasures.


Curta a fanpage da Revista Conexão Literatura: Clique aqui.

Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Anuncie e Divulgue Conosco

Posts mais acessados da semana

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels