Quem foi Charles Dickens?, por Ademir Pascale

Charles Dickens "Com poucos anos de idade, Dickens carregava o peso de sustentar a devedora e pobre família." *Por Ademir Pasc...

Mostrando postagens com marcador idiomas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador idiomas. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 4 de junho de 2020

Youtuber Brancoala oferece dicas espertas para aprender novos idiomas

Brancoala - Foto divulgação
O produtor de conteúdo já conheceu diversos países e procura incentivar os filhos pequenos para que aprendam novas línguas

Dominar um novo idioma pode parecer uma tarefa muito complicada, mas na verdade há formas de facilitar o estudo de uma nova língua. Além dos cursos tradicionais que podem ser feitos online ou presencialmente, existem algumas dicas que podem colaborar com esse processo, melhorando o entendimento de conteúdo falado e escrito, além da conversação.

Brancoala, youtuber e produtor de conteúdo há mais de dez anos, já morou em diferentes países do mundo junto com a sua família e por esse motivo precisou aprender e se adaptar a diversos idiomas. “O inglês sempre foi primordial para toda a família, por isso sempre incentivamos a melhor forma de aprender em casa, além das aulas, é claro. Com isso, eles se acostumam mais facilmente e desenvolvem o aprendizado de forma mais eficiente”, ele explica.

Por essas razões o youtuber separou algumas dicas simples de como tornar esse estudo mais tranquilo. Confira a lista abaixo: 
Brancoala e família
Leia livros no idioma que quer aprender - Vale a leitura em qualquer idioma e de qualquer livro que seja, dos mais simples aos mais complexos. Inicialmente, livros infantis podem ajudar a colocar o objetivo em prática, até mesmo quadrinhos valem. Com o passar do tempo, podem ser adicionados romances e livros técnicos à rotina de leitura.

Acompanhe as letras das músicas - Ouvir músicas em inglês ou qualquer outra língua é ótimo, pois ajuda a entender as palavras de forma plena: além do significado, se aprende também a pronúncia.

Assista séries e filmes legendados - Qualquer um desses é uma boa opção, especialmente se já existe alguma familiaridade com o que está sendo assistido. Ainda assim, uma boa dica é utilizar animações, uma vez que os diálogos são mais simples.

Ouça podcasts em inglês - Essa modalidade de conteúdo tem crescido muito em todos os países. Para começar a aprender o inglês, por exemplo, há bons canais que podem ajudar. Além de canais mais conhecidos, como o New York Times (para quem já tem algum entendimento), há também canais brasileiros como o Inglês Nu e Cru Rádio, com episódios curtos e interessantes.

Assista vídeos no YouTube - Além de diversos canais internacionais com os mais diferentes temas, há também opções focadas apenas no aprendizado de novos idiomas, sendo o inglês o mais comum.

Faça cursos online -  Há muitos cursos disponíveis na internet, sejam pagos ou não, com professores especializados que podem dar mais atenção a pontos de dificuldade. Além disso, uma outra vantagem dessa modalidade é que, por poder ser feito à qualquer hora, pode ser adaptado à rotina do estudante.

Utilize aplicativos - Com o celular sempre disponível, é possível dedicar alguns minutos diariamente para entender melhor uma nova língua. Aplicativos de dicionários são uma boa ideia para aumentar o vocabulário. Já aplicativos como o Duolingo, que tem diversas aulas de muitos idiomas ajudam a desenvolver melhores diálogos e novas palavras também.

Sobre Brancoala

Com mais de 7 milhões de seguidores, Branco, ou “Brancoala”, possui um canal com conteúdo voltado para a família. Atualmente, ele mora nos Estados Unidos com a esposa e os dois filhos. É um papai style, cantor, produtor musical, designer gráfico, youtuber e escritor. Passa a maior parte do tempo gravando, editando vídeos, bebendo chimarrão, tocando violão e brincando de “Hot Wheels”. Branco também lançou o livro “Brancoala e Familia”, explicando como é possível reconecta-se com seu propósito de vida aprendendo a alinhar com seus objetivos e sonhos. Além do conteúdo sobre autoconhecimento, há uma parte dedicada a história da família, como eles começaram a vida em outro país do zero, qual a melhor hora para ter um filho e como os pais de primeira viagem podem lidar com as próprias ansiedades e dúvidas. São situações engraçadas e inusitadas pelas quais todos os pais passam. Para saber mais, acesse - https://brancoala.com/. No Youtube, pelo https://www.youtube.com/user/brancoala, canal com mais de 7 milhões de seguidores  e instagram @brancoala, onde mais de 280 mil pessoas recebem diariamente novos conteúdos
Compartilhe:

quarta-feira, 17 de abril de 2019

Dia do Livro Infantil: as 10 melhores leituras para quem está começando a aprender uma nova língua

Foto divulgação
Dia 18 de abril é o Dia do Livro Infantil. Em homenagem a este companheiro tão querido, linguistas do aplicativo de idiomas Babbel selecionaram os 10 melhores livros infantis para quem está aprendendo inglês, espanhol, francês, italiano e alemão.

Histórias simples acompanhadas por ilustrações facilitam a aprendizagem e são perfeitas para memorizar vocabulários e expressões fundamentais. Confira as recomendações de especialistas em idiomas da Babbel, empresa que conta com mais de 150 especialistas de 15 países.

Língua inglesa

Título: Here the wild things are
Autor: Maurice Sendak
Sobre: Onde vivem os monstros, de Maurice Sendal, é um dos livros infantis preferidos de Obama, o ex-presidente dos Estados Unidos. Em 2016, ele até performou uma leitura do livro com a  então primeira-dama, Michelle Obama, na Casa Branca. O livro é inspirado na infância do autor, sua juventude no Brooklyn (Nova Iorque) e seu relacionamento com seus pais. Quando Maurice era criança, sua mãe costumava chamá-lo de "vilde chaya", que significa "animal selvagem" em iídiche (uma versão do idioma alemão falada por uma parte dos judeus).

Título: Guess How Much I Love You
Autor: Sam McBratney
Sobre: O autor de Adivinhe o quanto eu amo você (tradução livre) trabalha há 40 anos escrevendo livros, contos e roteiros de rádio. Esse livro, em especial, já vendeu 30 milhões de cópias e foi traduzido para 53 idiomas.

Língua espanhola

Título: Cuentos de la selva
Sobre: Contos da selva (tradução livre), do autor uruguaio Quiroga (1878-1937), é um clássico da literatura infantil. As oito histórias do livro têm como personagens animais selvagens – jacarés, flamingos, tigres e quatis – representados de forma humanizada ao fazerem uso da palavra e do pensamento.

Título: Mafalda
Autor: Quino.
Sobre: O cartunista argentino Quino é o criador da famosa personagem Mafalda. Ano passado, ele comemorou os seus 86 anos na província de Mendoza, na Argentina. O autor começou a publicar as tirinhas em 1964 e, hoje, já foram traduzidas para 27 idiomas. Apesar de a tirinha ter nascido há 50 anos, suas reflexões continuam atuais. A menina de 8 anos questiona o status quo, fazendo referências a problemas políticos, de gênero e questões sociais diversas. Mafalda: Femenino Singular é a última compilação, que traz o melhor da Mafalda feminista.

Língua francesa

Título: Le petit Nicolas
Sobre: O pequeno Nicolau é uma série de quadrinhos que foi publicada entre 1956 e 1964. Foi escrita por René Goscinny e ilustrada por Jean-Jacques Sempé. O protagonista das histórias é um garotinho que nunca entende a reação dos adultos. No Brasil, duas adaptações para o cinema foram lançadas: O pequeno Nicolau (2009) e As férias do pequeno Nicolau (2014).

Título: Astérix
Autores: René Goscinny e Albert Uderzo.
Sobre: Asterix é uma série de histórias em quadrinhos criada na França, em 1959, por Albert Uderzo e René Goscinny. A obra foi inspirada nas histórias do povo gaulês e, principalmente, no chefe guerreiro Vercingetorix. O volume 38 será lançado em outubro deste ano em comemoração aos 60 anos de Astérix.

Língua italiana

Título: Favole al telefono
Sobre: O autor italiano (1920-1980) foi escritor, professor e jornalista. Em 1970, recebeu o Prêmio Hans Christian Andersen, o mais importante da literatura infantil e juvenil internacional. Em Fábulas por telefone (publicado no Brasil pela Editora 34), o senhor Bianchi, que vive viajando, toda noite pegava o telefone para contar para sua filha histórias extraordinárias. Países curiosos são cenários para personagens anticonformistas, eventos inesperados e ruas de chocolate.

Título: Pinocchio
Autor: Carlo Collodi
Sobre: Esqueça a adaptação da Disney, As aventuras de Pinóquio (título publicado no Brasil pela Companhia das Letras) é muito mais sombria do que a história adaptada para o cinema infantil. Sua versão original foi publicada pela primeira vez em 1883. Em seu percurso de transformação de boneco de madeira em menino, Pinóquio enfrenta as intempéries de noites longas e frias, se depara com a autoridade da lei, padece de uma fome terrível e descobre a solidão da condição humana. 

Língua alemã

Título: Eine Woche voller Samstage
Autor: Paul Maar
Sobre: Na segunda, seu Catunda cai de bunda. Na terça, seu Cereja tem dor de cabeça. Na quarta, ele topa com uma careta e uma lagarta. Na quinta ele descobre uma nova pinta. Na sexta, vê seu chefe com cara de besta. E no sábado? Bem, no sábado seu Cereja adota Ábado, uma criatura que põe sua vida de pernas para o ar. Sem papas na língua, Ábado adora jogos de palavras e com eles ajuda seu Cereja a enfrentar D. Flor, a dona da pensão, ou desmascarar o chefe Pena Branca e a inútil rotina de seu escritório. No Brasil, Uma semana cheia de sábados foi lançado pela Editora 34.

Título: Nicht lustig
Autor: Joscha Sauer.
Sobre: Joscha Sauer (41) é o cartunista mais famoso da Alemanha hoje. Ele começou a publicar seus quadrinhos há 19 anos no nichtlustig.de. Nicht lustig significa sem graça. O autor escolheu este nome porque acreditava que ninguém acharia graça em seu humor irônico e cínico. No entanto, a página tornou-se um sucesso. Depois de três anos, a editora alemã Carlsen se ofereceu para publicar as histórias “sem graça”.

“Durante a leitura, não tente entender todas as palavras do texto, mas a ideia geral da história. Com o tempo, a compreensão do texto será cada vez maior. Contos de fada conhecidos também são ótimos para iniciantes em uma nova língua. Conhecer o enredo ajuda a fazer assimilações linguísticas corretas”, comenta a linguista da Babbel Camila Rocha Irmer. 
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels