10 superséries baseadas em livros, por Ademir Pascale

Como bom leitor, adoro assistir séries baseadas em livros (também sou cinéfilo) e nesses tempos conturbados de pandemia, passei a assistir a...

Mostrando postagens com marcador infantil. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador infantil. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 4 de agosto de 2021

Participe da antologia (e-book) CONTOS, MINICONTOS E POEMAS INFANTOJUVENIS


PARTICIPE DA ANTOLOGIA (E-BOOK): CONTOS, MINICONTOS E POEMAS INFANTOJUVENIS

REGRAS PARA PARTICIPAÇÃO NA ANTOLOGIA DIGITAL "CONTOS, MINICONTOS E POEMAS INFANTOJUVENIS":

1 - Escrever um conto, miniconto ou poema do gênero infantojuvenil (tema livre). Aceitaremos até 2 minicontos, poemas ou contos por autor. Caso sejam aprovados, os 2 textos serão publicados.

2 - SOBRE O CONTO, MINICONTO OU POEMA: até 4 páginas, fonte Times ou Arial, tamanho 12, incluindo título. Espaçamento 1,5.
     
3 - Tipo de arquivo aceito: documento do Word (arquivos em PDF serão deletados).

4 - O conto, miniconto ou poema não precisa ser inédito, desde que os direitos autorais sejam do autor e não da editora ou qualquer outra plataforma de publicação.

5 - Idade mínima do autor para participação na antologia: 18 anos completos. Menores de idade irão precisar de autorização dos pais ou responsável, caso o poema seja aprovado.

6 - Envie o poema pré-revisado. Leia e releia antes de enviá-lo.

7 - Data para envio do conto: do dia 09/07/21 até 10/08/21.

8 - Veja ficha de inscrição no final desse texto. Leia, copie as informações e preencha. Envie as informações da ficha + o conto ou poema para o e-mail: contato@edgarallanpoe.com.br. Escreva no título do e-mail: CONTOS, MINICONTOS E POEMAS INFANTOJUVENIS

CUSTO PARA O AUTOR:

R$ 50,00 por texto aprovado. Caso o autor envie 2 minicontos, contos ou poemas e tenha os dois selecionados, o valor será R$ 100,00. As informações para depósito serão informadas ao autor no e-mail que enviaremos caso o conto ou poema seja aprovado.
O valor servirá para cobrir os custos de leitura crítica e revisão, diagramação e divulgação da obra.

A antologia será digital (e-book) e gratuita para os leitores baixarem através de download, ela não será vendida. A antologia será amplamente divulgada nas redes sociais da Revista Conexão Literatura: Fanpage, Instagram e Grupos do Facebook, que somam cerca de 200 mil seguidores.

O resultado será divulgado no site www.revistaconexaoliteratura.com.br e na fanpage www.facebook.com/conexaoliteratura, até o dia 11/08/21.

OBS: Enviaremos certificado digital de participação para os autores selecionados.


NOSSOS CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO:

A) - Criatividade;

B) - Textos preconceituosos, homofóbicos, racistas ou que usem palavras de baixo calão, serão desconsiderados;

C) - Seguir todas as regras para participação.

OBS.: Ademir Pascale, idealizador do concurso, disponibilizou para download uma apostila intitulada "Oficina Jovem Escritor", com dicas para quem está iniciando no mundo da escrita. Baixe gratuitamente, leia e pratique: CLIQUE AQUI.


FICHA DE INSCRIÇÃO DO AUTOR(A)

Nome completo do autor(a):

Seu Pseudônimo (caso use), para publicação na antologia:

Idade:

Título da poesia, conto ou miniconto:

E-mail 1:
E-mail 2 (caso tenha):

Biografia em terceira pessoa (escreva sobre você num máximo de 7 linhas):


IMPORTANTE: Envie todas essas informações da ficha de inscrição para o e-mail: contato@edgarallanpoe.com.br. Escreva no título do e-mail: CONTOS, MINICONTOS E POEMAS INFANTOJUVENIS

O envio da ficha de inscrição + poesia para o e-mail indicado significa que o autor(a) leu todas as informações e regras dessa página para participação na antologia.

Não fique fora dessa. O concurso cultural será amplamente divulgado nas redes sociais.

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.


Compartilhe:

quarta-feira, 9 de dezembro de 2020

Raphael da Costa e o livro “I Love You Mamma - Eu Te Amo, Mamãe”

Foto divulgação

Raphael da Costa nasceu em 2010, escritor, pianista, baterista, compositor, youtuber, cria jogos/animações é autista, tem TDAH e superdotado. Transformou sua “disabilidade" em habilidade. Membro da Academia Internacional de Literatura. Atualmente mora nos Estados Unidos com sua mãe, seu cão de serviço e sua furão.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário? Quem te inspirou a escrever? 

Raphael da Costa: Minha mãe foi minha inspiração ao vê-la lendo e escrevendo o tempo todo.

Conexão Literatura: Você é autor do livro “I Love You Mamma - Eu Te Amo, Mamãe”. Poderia comentar?

Raphael da Costa: O livro fala das coisas que eu faço com minha mãe que eu mais gosto, então quis mostrar que a amo.

Conexão Literatura: Quanto tempo levou para concluir seu livro?

Raphael da Costa: Eu escrevi aos 7 anos mais ficou guardado até minha mãe encontrar os escritos após 2 anos. Não me lembro em quanto tempo escrevi.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho que você acha especial em seu livro?  

Raphael da Costa: Quando fala que vamos ao mercado e minha mãe me coloca dentro do carrinho de compras.

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário? 

Raphael da Costa: Está disponível pelo site Amazon, mas podem falar com minha mãe pelo Instagram @renata1981costa/@renatacosta1981 ou pelo meu Instagram @E3editions

Conexão Literatura: Pretende escrever mais livros?

Raphael da Costa: Já tenho mais 2 prontos para serem publicados. Se vou escrever mais? Não sei.

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário? 

Raphael da Costa: Atualmente estou me dedicando a composição musical porque sou pianista e já compus 3 músicas para 3 shows de TV nos EUA. E dedico também a criar jogos eletrônicos.

Compartilhe:

terça-feira, 15 de setembro de 2020

Um cílio de Ana Caetano, da dupla Anavitória, vira personagem de livro e música


Uma troca de mensagens de WhatsApp sobre um cílio encravado acabou se transformando em um conto ilustrado e em música
A cantora e compositora Ana Clara Caetano, uma das metades das ANAVITÓRIA, volta e meia é surpreendida por um cílio que insiste em nascer dentro do olho dela. Em uma dessas ocasiões, ela se queixou via mensagem de WhatsApp com seu produtor e amigo confidente, Felipe Simas. Sentia uma sensação de incômodo como se tivesse um grão de areia no olho.
No intuito de animar aquela cabisbaixa Ana, Aninha, Clara ou Clarinha (sim, seu nome composto possibilita diversas maneiras de chamá-la), Felipe temperou sua resposta com uma dose de ludicidade. A ideia era criar empatia com o motivo do tal incômodo. Resolveu, então, dar vida, personalidade, sonho e nome ao cílio. E, de quebra, ainda trouxe luz para a questão da singularidade, do reconhecimento da força da individualidade de cada um, tão importante para a autoestima de todos: crianças, adolescentes e adultos.
E, assim, surgiu “O Cílio do Olho da Clara”, um microconto escrito por Felipe e ilustrado com pinturas em nanquim e aquarela de Luciana Grether, professora de artes e design da PUC-Rio. Lançado pela Zit Editora e coeditado pela Universal Music, o livro está à venda nas principais livrarias e lojas digitais. A publicação terá também uma versão em audiobook, ainda dando acesso para cegos e deficientes visuais. Essa é a primeira incursão da Universal Music Brasil no universo literário.
O extrovertido cílio acabou ganhando também uma trilha sonora. A convite de Felipe, o músico Wem, do grupo musical infantil Tiquequê, compôs e gravou uma canção inspirada na história. Ela pode ser ouvida em todas as plataformas digitais (Spotify, Youtube, etc).
“'O Cílio do Olho da Clara' é fruto de uma conversa de WhatsApp com a minha amiga e sócia, Ana Clara. Em uma manhã  do  verão  de  2019,  Clara  se  queixava,  via  mensagem  de  texto,  de  um incômodo cílio que teimava em nascer dentro do olho dela. Querendo animá-la, respondi de bate-pronto com a imediatidade que esses aplicativos de mensagens instantâneas requerem. Acabei transformando aquela mensagem nesse livro lindamente ilustrado com pinturas de nanquim e aquarela da Luciana Grether”, conta Felipe Simas.
Sempre em busca de múltiplas formas de expressão artística, essa não é a primeira vez que as ANAVITÓRIA estão envolvidas em um projeto lúdico, direcionado ao público infantil. Em outubro de 2017, elas lançaram nas plataformas digitais o EP “Anavitória Canta para Pessoas Pequenas, Pessoas Grandes e Não Pessoas Também” (Universal Music).
O Cílio do Olho da Clara” (Zit Editora / Universal Music)
Autor: Felipe SimasIlustradora: Luciana GretherPreço de capa: R$39,90Gênero: InfantilJá à venda nas principais livrarias.
Compartilhe:

quinta-feira, 7 de maio de 2020

Ana Ferreira e o livro “Luan Luz e o Planeta Arco-Íris”

Ana Ferreira - Foto divulgação
Ana Ferreira, natural de Catalão/Go, especialista em gestão de pessoas e marketing pela Universidade Federal de Goiás, estudante de mestrado em estudos da linguagem, na mesma Universidade. Membro da Academia de Letras e Artes de Goiás, do NALAP – Núcleo de Letras e Artes de Portugal, da Academia Luminescence da Devoção as Artes e Letras – Sucursal Brasil (Academie Du Dévouement National – France), também da Academia Mineira de Belas Artes. Autora do livro “Expressando Sentimentos,” publicado pela Editora Porto de Lenha, Gramado/RS, dentre outras obras com visibilidade nacional e internacional. Possui algumas premiações em reconhecimento ao seu trabalho literário.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

Ana Ferreira: Desde muito jovem, sempre fui apaixonada pela escrita e a leitura fazia parte da minha rotina diária. Era muito tímida, retraída, calada. Então, buscava nos livros, um refúgio para não sentir-me tão sozinha no meu mundo imaginário. Sempre fui ótima aluna nas disciplinas de redação e literatura. Eu percebia que poderia me libertar através das minhas palavras descritas em pedaços de papel, nelas eu perdia minha timidez. Expressava meus sentimentos. Desde sempre, apreciava a pesquisa, acabei indo pelo caminho acadêmico voltado a gestão administrativa, minha primeira graduação é em Ciências contábeis. Fiquei focada em publicações de artigos de natureza científica. No ano de 2017, comecei  a escrever poemas num perfil do facebook que criei com o intuito de manter-me no anonimato. Mas, a interação com o público foi intensa e comecei a escrever relatos reais, de personagens virtuais que mantive um laço de amizade. Eram textos que refletiam a realidade e muitos acabavam compartilhando por se identificarem com o que estava escrito. Com essa notoriedade, convites para participar de coletâneas entre autores, forma surgindo e alguns prêmios chegando como reconhecimento foi me impulsionando a encarar esse desafio como profissão e desde então, já são vários títulos com a autoria Ana Ferreira. Porém, o desejo de oferecer obras literárias com base fundamentada, voltei para universidade e atualmente sou graduanda no curso de letras e mestranda em estudos da linguagem, com a linha da pesquisa voltada a literatura. Sou contadora por formação e escritora por amor.   


Conexão Literatura: Você é autora do livro “Luan Luz e o Planeta Arco-Íris”, com ilustração de Murillo Souza. Poderia comentar? 

Ana Ferreira: Luan Luz e o Planeta Arco-Íris é uma pequena fábula infantil, com as ilustrações do meu sobrinho Murillo Souza, um garotinho prodígio de apenas 11 anos de idade, com uma habilidade nata na arte de desenhar. Estamos com o livro para ser lançado, aguardando apenas o momento oportuno e iniciamos uma campanha no Catarse, site de financiamento coletivo, para a impressão dos exemplares, que irão ser doados. Uma maneira que encontramos para incentivar a cultura literária aos pequenos leitores. A historinha fala dos desafios do garotinho Luan, que precisou superar o medo e vencer os desafios. Fala também que a diferença está nos corações de quem não conhece o amor. Somos todos iguais e se fizermos um trabalho em equipe, a vitória é certa.  

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir sua trilogia? 

Ana Ferreira: Para todo e qualquer trabalho, para que seja bem executado, requer conhecimento e pesquisa. Cada trabalho que faço, prezo pela qualidade, independentemente do tempo que levar para sua construção. Sou detalhista e é o que exijo de mim mesma: apresentar uma obra que irá impressionar meus leitores.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho que você acha especial em seu livro?  

Ana Ferreira: “Luan Luz e o Planeta Arco-Íris não é uma simples obra literária. É um envelope, uma carta aberta, uma mensagem de amor endereçada à nova geração, aos herdeiros que, no amanhã, receberão, em mãos, o mundo que os seus pais estão construindo no hoje. Em suas breves páginas, encontramos bem mais que uma história de bravura e superação. É a receita do bem-viver, do respeito ao próximo; um apelo à consciência que nos lembra de que os seres humanos têm o mesmo berço; que nós somos iguais, mesmo quando não poderíamos ser mais diferentes.”

Trecho do prefácio por Jadiael Viana (escritor)

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário? 

Ana Ferreira: O livro estará disponível no site da editora Porto de Lenha, assim como algumas de minhas obras já estão e também em minhas redes sociais @anaferreiraautora, facebook.com/anaferreira.1706. Tenho uma interação rotineira com meus leitores e colegas da escrita, através desses canais. 

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

Ana Ferreira: Sim. Estou sempre com projetos saindo da gaveta, aliás, nem os deixo parados. Desde que decidi fazer da escrita uma profissão, busco sempre apresentar novidades nesse meio. Este ano, se tudo der certo, estaremos lançando duas obras na Bienal do Livro em São Paulo. S.O.S, sou mãe! E agora? Relatos da Maternidade Real, onde tenho como parceira na organização a autora Gia Oliver e a participação de mães autoras e profissionais da saúde, cada uma contribuindo na elaboração de uma obra sobre a protagonista mãe.

Perguntas rápidas:

Um livro: Éramos Seis 
Um (a) autor (a):  Cornélio Ramos
Um ator ou atriz: Selton Mello
Um filme: Como eu era antes de você
Um dia especial: Nascimento dos meus filhos (três dias especiais)

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário? 

Ana Ferreira: Eu tive e tenho pessoas do bem ao meu lado, meu esposo Flávio, meus filhos Brenner, Manuela e Sarah, minha família que estão sempre me apoiando. A Editora Porto de Lenha, que confia no meu trabalho e pode tornar meu sonho palpável, que deu cheiro de livro à ele. Também a Literarte, uma associação de escritores e artistas que tem como diretora a Izabella Valadares, sempre inovando para impulsionar nossa carreira literária e artística de um modo geral. Deixo registrado meu carinho aos meus leitores e amigos da escrita, por acreditarem e partilhar junto comigo essa aventura das palavras sem fronteiras. Agradeço também meus mestres Doutores da Literatura, Alexander Meireles e Fabianna Bellizzi, os quais me deram a oportunidade de compreender com maestria os conceitos e fundamentos literários. Por fim, gostaria encerrar com a #gratidão!  
Compartilhe:

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

O Sol e a Lua é o primeiro livro da jornalista Yoo Na Kim para o público infantil

Publicação bilíngue sobre lenda coreana ensina leitor a fazer dobraduras dos personagens

FullSizeRender (005)“O Sol e a Lua” é o primeiro livro infantil da jornalista e escritora coreana Yoo Na Kim. Inspirada em um conto tradicional coreano, a publicação narra a aventura de dois irmãos e um tigre malvado, ao mesmo tempo em que ensina o leitor a fazer origamis que recriam os personagens e cenários da história.

Na obra bilíngue, escrita em português e coreano, Yoo Na Kim quis ensinar, de uma forma divertida e leve, diversas palavras de sua terra natal através da história de Maria e Minrô que ficam esperando a mãe voltar do trabalho quando são surpreendidos com algo incomum que muda a trajetória das crianças.

No final do conto ricamente ilustrado, o leitor encontra o passo a passo de 15 dobraduras para que possa replicar os personagens e diversos elementos do livro, além de papéis coloridos para fazer os origamis.

O “Sol é a Lua” é o primeiro de uma série de 12 contos coreanos que a autora pretende lançar nos próximos meses. “Quero trazer um pouco da cultura coreana para as crianças brasileiras através desses contos e também contribuir para o desenvolvimento da criatividade e coordenação motora através das dobraduras, já que as crianças podem aprender a fazer personagens, animais, flores e outros elementos e criar suas próprias histórias”, acrescenta Yoo Na Kim.

SOBRE A AUTORA
Yoo Na Kim nasceu na Coreia do Sul e aos seis anos de idade se mudou para o Brasil. Formada em jornalismo pela faculdade Anhembi Morumbi, tornou-se escritora e empresária. Conhecida como embaixadora da Coreia no Bom Retiro, é diretora-fundadora do Centro Cultural Hallyu e dedica-se a divulgar a cultura coreana no Brasil.

Autora dos livros “A jovem Coreia: Um almanaque sobre uma das imigrações mais recentes do Brasil”, “Brasil e Coreia: 50 anos de Amizade”, “Na Moda 1,2 3” e “Aprendendo Hangul – Básico 1, 2 e 3”, Yoo Na Kim é apresentadora do programa Coreia Online na rádio Estação i.

www.yoonakim.com.br
facebook.com/yoonakimpage
youtube: Yoo Na Kim Canal
Instagram: portal-yoonakim

O SOL E A LUA
Autora: Yoo Na Kim
Editora: Dawon
Preço: 49,90
Compartilhe:

terça-feira, 20 de março de 2018

Livro: Como saber o que seu filho realmente precisa? - Especialistas em desenvolvimento infantil falam dos desafios da educação

Luciana Brites e Clay Brites - Foto divulgação
Especialistas em desenvolvimento infantil falam dos desafios da educação

Muitos pais fazem tudo o que os filhos querem só para agradá-los ou para compensar alguma ausência. Porém, isso pode custar muito caro no futuro das crianças. Para ajudar as famílias a enfrentar os desafios da educação, os especialistas em desenvolvimento infantil Clay e Luciana Brites, do Instituto NeuroSaber, lançam o livro "Como saber do que seu filho realmente precisa?".

A obra tem como objetivo orientar pais e ajudar os professores. A ideia é que todos possam saber como propiciar um ambiente mentalmente saudável aos pequenos que um dia serão adultos e que farão desse mundo um lugar melhor.

O livro pretende ensinar os sete pilares para educação de crianças: educar para frustração, educar para decisão, educar para a realização, educar para o conflito, educar para a aprender, educar para o diálogo e educar para ser feliz.

Serão discutidos assuntos sobre, por exemplo, como libertar a criança da bolha protetora, até que ponto a educação fica por conta da escola, como a ausência dos pais influência no desenvolvimento e como ter preparo emocional para educar. 

Educação na modernidade
Segundo o neuropediatra Clay Brites, a criação moderna tem deixado os pais literalmente de "cabelos em pé". Isso acontece pelo fato das crianças de hoje se desenvolverem com extrema rapidez e com exigências cada vez mais surpreendentes. "Isso coloca em xeque o futuro dessa geração".

- Por isso queremos mostrar aos pais e responsáveis sobre o que podemos e devemos fazer para que os nossos filhos tenham um futuro extraordinário – ressalta.

Motivação
Segundo a psicopedagoga Luciana Brites, muitos filhos se perdem quando chegam na adolescência e diversas crianças sem limites deixam os pais sem dormir, pensando em onde falharam. "Esses dilemas que nos motivaram a desenvolver o livro".

Luciana diz que esses resultados ruins acontecem devido aos erros que muitos pais cometem sem saber. Segundo ela, as boas intenções, ou as compensações equivocadas, podem custar caro no futuro das crianças. "Os pais precisam sempre ter em mente a necessidade de preparar os filhos para enfrentar os dias atuais".

- É comum o pai ou mãe querer compensar a sua ausência na vida das crianças com alguma coisa. Então, por conta disso fazem tudo para agradá-las e esquecem a responsabilidade de educar e de disciplinar - rebate.

Sobre os autores:
Luciana Brites é especialista em Educação Especial na área de Deficiência Mental e Psicopedagogia Clínica e Institucional pela UniFil Londrina e em Psicomotricidade pelo Instituto Superior de Educação Ispe - Cae São Paulo. Além disso, é coordenadora do Núcleo Abenepi em Londrina.

Dr. Clay Brites é formado em Pediatria e Neuropediatria pela Santa Casa de São Paulo, é membro titular da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), Doutorando em Ciências Médicas pela UNICAMP e vice-presidente da ABENEPI-PR.

Clay e Luciana Brites são fundadores do Instituto NeuroSaber (www.neurosaber.com.br). A iniciativa tem como objetivo compartilhar conhecimentos sobre aprendizagem, desenvolvimento e comportamento da infância e adolescência.

Livro Como saber do que seu filho realmente precisa?
Autores: Luciana e Clay Brites
Editora: Gente Editora
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 160 páginas
Gênero: Desenvolvimento / Educação
Preço de capa: R$ 29,90
Link para comprar:
http://livraria.folha.com.br/livros/autoajuda/saber-filho-realmente-precisa-luciana-brites-dr-clay-brites-1382227.html
https://www.editoragente.com.br/livro/454/como-saber-do-que-seu-filho-realmente-precisa
https://www.saraiva.com.br/como-saber-do-que-seu-filho-realmente-precisa-10064506.html
Compartilhe:

segunda-feira, 19 de março de 2018

Autora Brasileira participa da "Bologna Children's Book Fair"

Elizabete da Cruz - Foto divulgação
Na ocasião serão divulgados seus livros e o projeto Expedição Literária

A autora Elisabete da Cruz embarca esta semana para Itália para visitar a Feira de Bolonha, importante evento anual do setor literário voltado aos segmentos infantil e juvenil, que será realizado de 26 a 29 de março.

A autora marcará presença no evento divulgando seus livros. O primeiro livro chamado Meu Amigo Flip, aconteceu a convite da Editora Trilha das Letras, em 2015, e foi  um verdadeiro sucesso. Em 2016 vieram  "Crianças de cá e crianças de lá", com pré-lançamento na Frankfurt Book Fair, a maior feira literária do Mundo e  em 2017 "Mãos na terra" viajou para a Bologna Children´s Book Fair, ambos pela  Cria editora. "Biomilda- Diário de viagem", "Eu e meu amigo curumim" e "Cor de pele"  em 2017, chegaram preparados cuidadosamente pelas mãos habilidosas da  editora Suinara e conquistaram alunos e educadores. Ainda nesta editora para 2018, as temáticas relevantes para o processo de educação em edição: "Cor de pele", "Família monetária", "Ninho de cobra" (abraçando os valores) e "Quem sou eu" (sobre as profissões). Em preparação: "Muzunga" e "Bolas do mundo".

Elisabete faz questão de transformar seus livros em "projetos", o mais recente, "Expedição Literária", possui uma maneira diferente de trabalhar o incentivo a leitura e será apresentado  por ela na Feira, aproveitando a presença de editores, agentes literários, bibliotecários, autores e ilustradores de todo mundo.

"Queremos fomentar o despertar do hábito pela leitura e incentivar a formação de leitores acompanhados de orientação, para isso, mensalmente selecionamos livros cuidadosamente para os educadores utilizarem em diferentes faixas etárias", conta a autora e pedagoga.

Sabendo do grande desafio dos professores da educação básica em ensinar a leitura para os alunos, não só a decifrar letras, e sim a ter o hábito de ler, o projeto proporciona um repertório diferenciado para os educadores.

Elisabete da Cruz realizará visitação a livrarias, escolas e bibliotecas também.

Sobre a Feira:
A Feira Internacional do Livro infantil e juvenil de Bolonha (Bologna Children's Book Fair) é um evento literário realizado anualmente em Bolonha, na Itália, e é dedicada à literatura infantojuvenil.  Reúne editores, agentes literários, bibliotecários, autores e ilustradores de todo mundo. Durante o evento, a cada dois anos, são anunciados os ganhadores do Prêmio Hans Christian Andersen e do Prêmio Memorial Astrid Lindgren. A edição de 2014 teve o Brasil como país homenageado, apresentando a exposição Brasil: Incontáveis Linhas, incontáveis histórias.

Sobre Elisabete da Cruz:
Elisabete da Cruz é educadora, autora, empresária e produtora executiva na área de projetos culturais, educativos e de entretenimento, envolvendo públicos de todas as idades. Destaca-se em sua carreira pela concepção, produção e apresentação do programa "Educação que Bicho é esse?", da TV UOL, um dos pioneiros do segmento via web. Também foi responsável pela criação e implementação do Parque de Vivências Explora Mundi, onde realizou Festivais multiculturais de relevância ímpar para a educação. Projetos  renomados como  os Festivais  Indígena  Ymãguaré Ayguá e África Mundi,  Viajando pelo Mundo que Brinca, Uma viagem pelos Biomas brasileiros, O folclore nos cinco cantos do Brasil,  Sustentabilidade e Literatura & Brincadeiras, também fazem parte de seu currículo.  Com formação acadêmica em Pedagogia e especialização em Educação Transdisciplinar, atualmente presta consultoria de negócios para várias regiões do Brasil e é diretora executiva da Eloin – Educação pela Experimentação, uma empresa especializada em roteiros e projetos pedagógicos.
Compartilhe:

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Leia para uma criança

A leitura, durante a infância, amplia a capacidade cognitiva, social e de aprendizado.

Os primeiros anos de vida são decisivos na formação intelectual e emocional.

Ouvir histórias durante esta fase é fundamental para desenvolver o raciocínio e a formação de opinião.

Na fase escolar, crianças que escutam histórias têm facilidade de aprender e de se concentrar, além de maior interesse no processo de alfabetização.

Estudos mostram que a prática da leitura de pais para filhos está relacionada à ampliação do vocabulário, e que a leitura é importante para estimular alunos com dificuldades de aprendizado.

Com este intuito, queremos apresentar nosso mais novo lançamento, o livro "O mundo de Edmundo"

O livro é composto de 52 histórias das aventuras do dia-a-dia de Edmundo, um menino adorável, de 7 anos de idade.

Tem mais de 200 páginas e vem com 52 figurinhas autocolantes, para serem coladas uma em cada história, além de desenhos para colorir.

Saiba mais: http://www.leiaparaumacrianca.com.br

Fonte: http://www.leiaparaumacrianca.com.br


Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels