Participe da antologia (e-book) POEMAS CONTEMPORÂNEOS. Leia o edital

Participe da antologia (e-book) POEMAS CONTEMPORÂNEOS .  Leia o edital:  CLIQUE AQUI.

Mostrando postagens com marcador jovens. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador jovens. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

A pessoa diz não gostar de ler até encontrar um livro que gosta

 

Luciana de Gnone - Foto divulgação

Por Luciana de Gnone

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Pró-Livro revelou que o brasileiro lê em média 4,96 livros por ano. Pode parecer bastante, mas os franceses, por exemplo, chegam a ler mais de 20 obras no mesmo período. O que explica então o desinteresse pela leitura, especialmente entre os mais jovens, no nosso país?

Acredito que estas estatísticas negativas sobre leitura estão, em parte, ligadas à obrigatoriedade de ler os grandes clássicos da literatura brasileira durante o ensino básico. Não me entenda mal, não estou criticando os clássicos, longe de mim.

O que quero dizer é que a maioria das pessoas tem dificuldade em ler e interpretar a linguagem rebuscada dessas narrativas. Esta formalidade, aliada à obrigação imposta sobre estas leituras, acaba criando um afastamento entre os jovens e a literatura que infelizmente se estende para a vida toda.

Há algum tempo, em uma conversa de família, soube que minha sobrinha de 15 anos, que até então não gostava de livros, finalmente descobriu sua paixão pela leitura. Isso aconteceu porque ela estava lendo um livro que despertou seu interesse.

Este caso retrata minha crença que defendo quase como um mantra: a pessoa diz não gostar de ler até ler um livro que gosta. Não acho que o ser humano seja avesso à leitura. Acredito apenas que cada um tem estilos, gostos e interesses diferentes.

Desde que comecei a escrever romances profissionalmente, tento reverter este movimento contra a leitura que parece ter se enraizado na nossa cultura. Na verdade, todas as pessoas que não leem hoje são potenciais leitores, basta encontrar o livro certo.

Como escritora, uso meu ativismo pró-leitura para enfatizar a importância dos livros no desenvolvimento humano. Inclusive, costumo indicar três caminhos para quem não gosta de ler descobrir como identificar os títulos certos para investir seu tempo.

Para saber quais são os seus gêneros literários preferidos, basta analisar os filmes e séries que você mais assiste. Depois, vale procurar os trabalhos de autores destes gêneros e ler resenhas de livros escritos por eles para encontrar aquele que mais chama a sua atenção.

Tem ainda a regra 80/20: se você leu 20% do livro e não gostou, o melhor é deixá-lo de lado e começar uma nova leitura. Se até ali você não se encantou por aquela história, talvez não seja o livro certo ou mesmo o momento ideal para ele.

Se você conhece alguém que se encaixa neste perfil de brasileiros que não gostam de ler, sugira 

Luciana de Gnone é escritora e lançou recentemente o romance policial “Evidência 7: Segredo Codificado”.

Compartilhe:

domingo, 8 de março de 2020

Curso de Escrita Criativa do Sesc Belenzinho ajuda jovens para o mercado de trabalho


Projeto Empregabilidade Jovem tem cursos, oficinas e bate-papos para instrumentalizar aqueles que procuram ingressar no mercado de trabalho

A partir do dia 14 de março de 2020, o Sesc Belenzinho recebe Ricardo Lísias no curso de Escrita Criativa para Jovens. Atividade acontece até 4 de abril, aos sábados às 11h, na Sala de Oficinas III da unidade. 

A prática da escrita criativa ampliou-se ao alcançar um público que não só está em busca das relações literárias da atividade, mas, também, de desenvolver habilidades de concentração e sair dos padrões textuais, podendo dar um trato mais elaborado às produções. Partindo disso, profissionais das mais variadas áreas de atuação encontraram na escrita criativa uma nova possibilidade de sair do senso comum e mergulhar em diferentes gêneros textuais, como poemas, crônicas, contos, romances e roteiros de cinema.

O curso do professor Ricardo Lísias desenvolve habilidades necessárias para o aprofundamento da capacidade de redação, por meio da prática, usando a crônica como gênero de análise principal, por sua característica central de aproximação e retrato da vida cotidiana.

Com quatro encontros, o curso se dá através de encontros divididos em duas partes metodológicas. Na primeira delas, Lísias apresenta uma discussão teórica sobre a escrita criativa, crônica e dicas de redação, passos que preparam os alunos para a segunda etapa, onde é feita a leitura e análise dos textos produzidos antes de cada aula.

A atividade integra o projeto Valorização Social do Sesc São Paulo, que propõe atividades que estimulam a compreensão das etapas de criação e produção em suas dimensões simbólicas e materiais, por meio do desenvolvimento de habilidades criativas e estímulo ao protagonismo, bem como o projeto Empregabilidade Jovem do Sesc Belenzinho, que instrumentaliza o jovem com cursos, oficinas e bate-papos na busca do primeiro emprego.

Ricardo Lísias é escritor, autor dos romances O céu dos suicidas, Divórcio, A vista particular, entre outros. Criou a Família Tobias, com a qual produz diversas obras em várias plataformas, como o e-book Delegado Tobias e o livro-objeto Inquérito Policial Família Tobias, assim como a peça Vou, com Meu Advogado, Depor sobre o Delegado Tobias onde atuou como dramaturgo e ator. É doutor em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (USP), com estágio de pós-doutorado na Unifesp.

ESCRITA CRIATIVA PARA JOVENS

Com Ricardo Lísias
De 14 de março a 4 de abril de 2020. Sábados, das 11h às 13h
Local: Sala de Oficinas III
Grátis mediante inscrição prévia presencial a partir de 6/3 (público geral)
Recomendação etária: indicado para maiores de 14 anos
Sesc Belenzinho
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000.
Belenzinho – São Paulo (SP)
Telefone: (11) 2076-9700

Estacionamento
De terça a sábado, das 9h às 22h. Domingos e feriados, das 9h às 20h.
Valores: Credenciados plenos do Sesc: R$ 5,50 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional. Não credenciados no Sesc: R$ 12,00 a primeira hora e R$ 3,00 por hora adicional.

Para espetáculos pagos, após as 17h: R$ 7,50 (Credencial Plena do Sesc - trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo). R$ 15,00 (não credenciados).

Transporte Público
Metro Belém (550m) | Estação Tatuapé (1400m)
Compartilhe:

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Favela Mundo completa oito anos com festas na Cidade de Deus e Rocinha

Foto divulgação
ONG que beneficiou mais de 4.500 crianças e jovens comemorará aniversário com 700 crianças e adolescentes

Muita festa e animação com comemoração em dose dupla: Dia das Crianças e aniversário de oito anos da ONG Favela Mundo. Ontem aconteceu a comemoração na Cidade de Deus, com 350 crianças e adolescentes. Na segunda-feira, dia 15, será a vez da Rocinha. O tema das comemorações é Alice no País das Maravilhas, com muito encantamento, brilho e brincadeiras.

Atualmente,a ONG desenvolve atividades para 673 crianças e adolescentes na Cidade de Deus e Rocinha. "Comemorar 8 anos, com reconhecimento internacional e ver que o trabalho continua cada vez mais forte e consolidado é um motivo de orgulho para toda nossa equipe", comenta Marcelo Andriotti, fundador da Favela Mundo.

Fundada em setembro de 2010,a ONG Favela Mundo passou por onze comunidades e beneficiou mais de 4.500 crianças e jovens. A Favela Mundo tem em seu currículo o reconhecimento de "Modelo de Inclusão Social nas Grandes Cidades", feito pela ONU em 2014, no World Cities Day, em Nova York, além de representar nosso país em outros eventos nos Estados Unidos, Canadá, México, Cuba e Marrocos.

A ONG conta com patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura, LAMSA e MetrôRio, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura - Lei do ISS, e apoio do Instituto Invepar.

Foto divulgação
SERVIÇO

ONG Favela Mundo completa 8 anos com grandes festas nos dias 10 (Cidade de Deus) e 15 (Rocinha) de outubro, às 14h e às 15h. Confira os endereços abaixo:
Rocinha: Biblioteca Parque da Rocinha, Estrada da Gávea 454.
Cidade de Deus: EDI Senhora Perciliana de Alvarenga, Rua Moisés s/n.
Informações:www.favelamundo.org.br ou pelos telefones 2236-4129 ou 3349-2548.
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA
clique sobre a capa

DO INCISIVO AO CANINO - BERT JR.

MAFRA EDITIONS

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

DIVULGUE O SEU LIVRO

FUTURO! - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels